Artigo completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

Oportunidades de desenvolvimento: a complexidade econômica como guia para o Estado de São Paulo

Development opportunities: economic complexity as a guide for the State of São Paulo

Avila, Matheus; Luna, Ivette;

Artigo completo:

O nível de complexidade econômica é a mensuração da capacidade de uma economia em produzir bens com um maior (ou menor) nível de conhecimento embarcado. Assim, sob a ótica da complexidade econômica, este estudo discorre sobre as oportunidades de crescimento e desenvolvimento das cidades do estado de São Paulo. Nossa hipótese principal é que a heterogeneidade estrutural brasileira e paulista cria cenários de desigualdade no território. Portanto, municípios possuem trajetórias distintas de desenvolvimento a depender das suas capacidades e estruturas produtivas vigente. Os resultados indicam uma substancial desigualdade de complexidade no território estadual, com os melhores indicadores concentrados em cidades como São Paulo e Campinas. Constatou-se também a correlação entre o nível atual de complexidade dos municípios e seu nível de produto e prognóstico de complexidade. Assim, a partir das oportunidades apresentadas para cada município e seu engajamento nesse processo de transformação, o cenário aqui descrito sugere que as cidades se desenvolverão em velocidades diferentes e, de acordo ao panorama atual, realçarão as desigualdades existentes.

Artigo completo:

The level of economic complexity is the measurement of an economy's ability to produce goods with a higher (or lower) level of embedded knowledge. Thus, from the perspective of economic complexity, this study lectures about growth and development opportunities for cities in the state of São Paulo. Our main hypothesis is that the structural heterogeneity in Brazil, and São Paulo, creates scenarios of inequality in the territory. Therefore, cities have different development trajectories depending on their current economic capacities and productive structures. Our results indicate a substantial inequality of complexity in the state territory, with the best indicators centered around cities such as São Paulo and Campinas. We also found a correlation between the current municipal levels of complexity and their levels of product and forecasts of potential complexity. Hence, based on the opportunities presented for each municipality and their engagement in this transformation process, the detailed scenario suggests that cities will develop at different speeds and intensify their existing inequalities.

Palavras-chave: Complexidade Econômica; São Paulo; Desenvolvimento; Desigualdade; Brasil,

Palavras-chave: Economic complexity, São Paulo, Development, Inequality,

DOI: 10.5151/v-enei-619

Referências bibliográficas
  • [1] BALASSA, B. (1965), Trade Liberalisation and Revealed Comparative Advantage, The Manchester School, 33, 99-123.
  • [2] BLANKENBURG, S.; PALMA, J. G.; TREGENNA, F. Structuralism. The New Palgrave Dictionary of Economics. Second Edition. Eds. Steven N., Durlauf and Lawrence E. Blume. Palgrave Macmillan, 2008. The New Palgrave Dictionary of Economics Online, 2010.
  • [3] BRESSER-PEREIRA, Luiz. O Conceito Histórico de Desenvolvimento Econômico. Escola de Economia de São Paulo, Fundação Getúlio Vargas (Brasil), Textos para discussão, 2006.
  • [4] BRITTO, Gustavo. P. ROMERO, João. FREITAS, Elton. COELHO, Clara. The great divide: economic complexity and development paths in Brazil and South Korea. 1404-1425. 10.5151/engpro-1enei-078, 2018.
  • [5] DAHER, Talita; OLIVEIRA, Luiz Guilherme. Reflexões sobre a heterogeneidade estrutural brasileira e as cadeias globais de valor. Anita Kon• Elizabeth Borelli, p. 29, 2017.
  • [6] DATAVIVA. DataViva. 2020a. Disponível em . Acessado em: 6 de abril de 2021.
  • [7] FERRER, Aldo. Raúl Prebisch y el dilema del desarrollo en el mundo global. Revista cepal, 2010.
  • [8] FREITAS, E. E., PAIVA, E. A. Diversificação e sofisticação das exportações: uma aplicação do product space aos dados do Brasil, Revista Econômica do Nordeste, v. 3, n. 46, p 79-98, 2015.
  • [9] FREITAS, E. E.; BRITTO, G.; AMARAL, P. Tamanho das regiões, complexidade econômica e geração de emprego. (Anpec, Ed.)XXIV Encontro Regional de Economia. Anais...Fortaleza: Anpec, 201
  • [10] FUNDAÇÃO SISTEMA ESTADUAL DE ANÁLISE DE DADOS (SEADE) PIB Municipal Disponível em: Acesso em: 09/03/2020.
  • [11] FURTADO, C., Teoria e política do desenvolvimento econômico. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1983.
  • [12] GALA, PAULO; ROCHA, IGOR; MAGACHO, GUILHERME. The structuralist revenge: economic complexity as an important dimension to evaluate growth and development. Brazil. J. Polit. Econ., São Paulo, v. 38, n. 2, p. 219-236, June 2018.
  • [13] GARCEZ, L. C.; AREND, M.; GIOVANINI, A. Complexidade econômica e desequilíbrios regionais em Santa Catarina. Textos de Economia, v. 22, n. 1, p. 04–31, 2019.
  • [14] HARTMANN, et al. Linking Economic Complexity, Institutions, and Income Inequality. World Development, 93, 75–93, 2017.
  • [15] HAUSMANN, R.; HWANG, J.; RODRIK, D. What you export matters. Journal of Economic Geography, v. 12, n. 1, p. 1–25, 2007.
  • [16] HAUSMANN, Ricardo e KLINGER, Bailey. The Structure of the Product Space and the Evolution of Comparative Advantage. Boston, Center for International Development at Harvard University, Working Paper n. 146, 2007.
  • [17] HAUSMANN, R. et al. The atlas of economic complexity - mapping paths to prosperity. Hollis: Puritan Press, 364 p., 2011.
  • [18] HAUSMANN, Ricardo et al. Diagnóstico de crecimiento de Chiapas: la trampa de la baja productividad. Center for International Development at Harvard University, 2015.
  • [19] HERRERA, W. D. M., STRAUCH, J. C. M., BRUNO, M. A. P., Complexidade econômica das regiões brasileiras no período 1998- 2017. 18º Seminário de Diamantina, Belo Horizonte: UFMG/Cedeplar, 20
  • [20] HIDALGO, C. A.; HAUSMANN, R. The building blocks of economic complexity. Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America, v. 106, n. 26, 2009.
  • [21] HIDALGO, C. A et al. The product space conditions the development of nations. Science, v. 317, n. 5837, p. 482–7, 2007.
  • [22] IANONI, M. Teoria do estado desenvolvimentista: uma revisão da literatura. Sinais Sociais, 24, pp.81-106, 2016
  • [23] JANKOWSKA, Anna; NAGENGAST, Arne; PEREA, José. (2012). The Product Space and the Middle-Income Trap: Comparing Asian and Latin American Experiences. Organisation for Economic Co-operation and Development Centre Policy Insights. 5. 10.1787/5k9909j2587g-en.
  • [24] LEDERMAN, Daniel; MALONEY, William F. 2012. Does what you export matter? In search of empirical guidance for industrial policies. Latin American development forum. Washington, DC: World Bank Group.
  • [25] MORÁN H., W. D.; MERCEDES S., J. C.; PINHO B., M. A. Complexidade econômica das regiões brasileiras no período 1998-2017. (Cedeplar, Ed.)18° Seminário de Diamantina. Anais...Diamantina, MG: UFMG, 2019.
  • [26] NÚCLEO DE ECONOMIA REGIONAL E URBANA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO (NEREUS). Dados e Programas Disponível em: < http://www.usp.br/nereus/?dados=brasil> Acesso em: 09/03/2020.
  • [27] OLIVEIRA, Fernando. A desindustrialização brasileira e o emprego industrial entre 2003 e 2017. 2020. Dissertação de Mestrado em Ciências Econômicas– Universidade Estadual de Campinas. Campinas. 2020.
  • [28] PÉREZ-BALSALOBRE, Santiago; LLANO VERDURAS, Carlos; DIAZ-LANCHAS, Jorge. Measuring subnational economic complexity: An application with Spanish data. JRC Working Papers on Territorial Modelling and Analysis, 2019.
  • [29] PREBISCH, R. The Economic Development of Latin America and its Principal Problems. United Nations, New York, 1950.
  • [30] PREBISCH, Raúl et al. O manifesto latino-americano: e outros ensaios. Contraponto, 2011.
  • [31] SALLES, Fernanda. ROCHA, Elisa. PORTO, Ivana. VASCONCELLOS, Felipe. A armadilha da baixa complexidade em Minas Gerais: o desafio da sofisticação econômica em um estado exportador de commodities. Revista Brasileira de Inovação, 2018.
  • [32] SECRETARIA DO COMÉRCIO EXTERIOR (SECEX). Estatísticas de Comércio Exterior. Disponível em: Acesso em: 09/03/2020.
  • [33] SIMÕES A. J. G., HIDALGO C. A. The Economic Complexity Observatory: An Analytical Tool for Understanding the Dynamics of Economic Development. Workshops at the Twenty-Fifth AAAI Conference on Artificial Intelligence, 2011.
Como citar:

Avila, Matheus; Luna, Ivette; "Oportunidades de desenvolvimento: a complexidade econômica como guia para o Estado de São Paulo", p. 124-142 . In: Anais do V Encontro Nacional de Economia Industrial e Inovação (ENEI): “Inovação, Sustentabilidade e Pandemia”. São Paulo: Blucher, 2021.
ISSN 2357-7592, DOI 10.5151/v-enei-619

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações