Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

O PROJETO GRÁFICO EM SUPERFÍCIES AZULEJARES: UM ESTUDO DE CASO SOBRE AZULEJOS EM CAMPINA GRANDE – PB

Guimarães, Víctor Veríssimo; Queiroz, José Eustáquio Rangel de; Melo, Alcília Afonso de Albuquerque e;

Artigo Completo:

O presente artigo tem como objeto de estudo superfícies azulejares, uma alternativa construtiva/decorativa para edifícios que, ao longo do tempo, adaptou-se a diversos contextos culturais e se tornou uma referência de representação de várias culturas. Objetivou-se, por meio deste estudo, analisar esse tipo de superfície a partir de requisitos específicos da linguagem visual adotada em projetos gráficos. Como estudo de caso, foram selecionados dois exemplares de azulejos encontrados na cidade de Campina Grande, ambos pertencentes a edificações de linha estilística modernista. A abordagem de estudo adotada justifica-se pela reduzida quantidade de pesquisas relacionadas ao contexto apresentado, bem como pela crescente importância dos princípios de design da interação no desenvolvimento de produtos. A metodologia utilizada fundamenta-se na análise da imagem do painel azulejar como uma mensagem compreendida entre a expressão e a comunicação, em que devem ser considerados os elementos constituintes para se definir um contexto, conforme Joly (2015). Para a construção do aporte teórico, tomou-se como referência as definições de Design de Superfície de Rüthschilling (2002), reafirmadas em Schwartz (2008), bem como os estudos de Dondis (2007), acerca da sintaxe da linguagem visual e de Wong (2014), sobre os princípios da forma e do desenho.

Artigo Completo:

Palavras-chave: Linguagem Visual; Superfície; Painel Azulejar,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/despro-ped2016-0439

Referências bibliográficas
  • [1] DONDIS, D. Sintaxe da Linguagem Visual. São Paulo.Livraria Martins Fontes, 2007.
  • [2] FACHINI, R. Design de superfície: um estudo sobre o uso do desenho infantil na criação de padrões, para superfícies têxteis destinadas a ambientes infantis. 2015. Dissertação (mestrado). Centro Universitário Univates. Curso de Design.
  • [3] FANNING, J.; JONES, M. A arte e o Ofício do Azulejo. 1. ed. Lisboa, Portugal: Estampa, 2001.
  • [4] JOLY, M. Introdução à análise da imagem. Campinas: Papirus, 2015.
  • [5] MANZINI, E. A Matéria da invenção. CPD, Lisboa. 1993.
  • [6] MICHAELIS, Dicionário. Disponível em:< http://michaelis. uol. com. br>. Acesso em 08 maio, 201
  • [7] MOLLERUP, P. Wayshowing - A Guide to Environmental Signage: Principles & Practices. Lars Muller Publishers, Baden. 2005.
  • [8] PORTER,T. Architectural Color. Whitney Library of Design, New York. 1982.
  • [9] RUTHSCHILLING, E. Design de superfície: prática e aprendizagem mediadas pela tecnologia digital. 2002. 187f. Dissertação (mestrado). 2002. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Curso de Pós Graduação em Informática da Informação.
  • [10] SCHWARTZ, A. Design de superfície: por uma visão projetual geométrica e tridimensional. 2008. 216p. Dissertação (mestrado). Universidade Estadual Paulista. Curso de Pós Graduação em Design.
  • [11] SIMÕES, J. Azulejaria Portuguesa no Brasil (1500-1822). Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1990.
  • [12] WONG, W. Princípios da forma e desenho. São Paulo. 2. Ed. Livraria Martins Fontes, 2014.
Como citar:

Guimarães, Víctor Veríssimo; Queiroz, José Eustáquio Rangel de; Melo, Alcília Afonso de Albuquerque e; "O PROJETO GRÁFICO EM SUPERFÍCIES AZULEJARES: UM ESTUDO DE CASO SOBRE AZULEJOS EM CAMPINA GRANDE – PB", p. 5130-5140 . In: Anais do 12º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design [= Blucher Design Proceedings, v. 9, n. 2]. São Paulo: Blucher, 2016.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/despro-ped2016-0439

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações