Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

O DESIGN PARA EMOÇÃO NA EXPERIÊNCIA DE ECONOMIZAR RECURSOS FINANCEIROS: IDENTIFICAÇÃO DE CONCERNS CONFLITANTES

Grigoletto, Tania; Costa, Filipe Campelo Xavier da; Scaletsky, Celso Carnos;

Artigo Completo:

Este artigo apresenta uma reflexão teórica e resultados de uma pesquisa acerca de como o design, a partir de uma perspectiva projetual com foco nas emoções , pode auxiliar na identificação e conciliação de concerns conflitantes presentes na experiência de economizar recursos financeiros. A pesquisa é fundamentada na teoria dos appraisals, oriunda da psicologia cognitiva, na qual três v ariáveis fazem parte do processo de desencadeamento das emoções com o produto: o interesse ou demanda das pessoas (concern), o estímulo (produto ou serviço) e a avaliação (appraisal). Vale observar que os concerns que orientam as interações cotidianas, muitas vezes, são conflitantes, como a gestão das finanças pessoais. Para tanto, realizou-se uma pesquisa direta com usuários para identificação dos concerns envolvidos no ato de poupar, a partir de seis entrevistas em profundidade, com ca sais residentes em Porto Alegre. Com os dados gerados, foram sinalizados os principais conflitos e construído um perfil de concerns. Também foram destacados concerns rele vantes para a ação projetual.

Artigo Completo:

Palavras-chave: design para emoção; concerns conflitantes ; experiência; poupança,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/despro-ped2016-0158

Referências bibliográficas
  • [1] ÁVILA, Flávia; BIANCHI, Ana M. (org.). Guia de Economia comportamental. Tradução Laura Teixeira Motta. São Paulo: Economia Comportamental, 2015.
  • [2] BARBOSA, Livia. Sociedade de consumo. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2004.
  • [3] BUCHANAN, Richard. Declaration by design: Rhetoric, argument, and demonstration in design practice. Design Issues, p. 4-22, 1985.
  • [4] ______. Design research and the new learning. Design issues, v. 17, n. 4, p. 3-23, 2001.
  • [5] CARDOSO, R. Uma introdução à história do design. São Paulo: Edgard Blucher, 2004.
  • [6] CARÙ, Antonella; COVA, Bernard. Consuming Experience. New York: Routledge, 2007.
  • [7] Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) . Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), abril/2016. Disponível em: < http://www.cnc.org.br/noticias/economia/percentual-de-familias-endividadas-cai-para-596-em-abril>. Acesso em: 05 mai. 2016.
  • [8] Confederação Nacional da Indústria (CNI)-IBOPE. Retratos da Sociedade Brasileira: Inclusão Financeira, 2012. Disponível em: . Acesso em: 10 jan. 2016.
  • [9] DESMET, P. Designing emotions. Delft, The Netherlands. Tese de Doutorado. Delft University of Technology, 225 p. 2002.
  • [10] ______. P. Nine sources of product emotion. Proceedings of IASDR, [S.l.], n. 7, p. 1-15, 2007. Disponível em: . Acesso em: 21 set. 2015.
  • [11] ______. Three levels of product emotion. In: Proceedings of the International Conference on Kansei Engineering and Emotion Research. p. 236-246. 2010.
  • [12] ______; HEKKERT, Paul. Special issue editorial: Design & emotion.International Journal of Design, v. 3, n. 2, 2009.
  • [13] DEMIR, E.; DESMET, P.; HEKKERT, P. Appraisal Patterns of Emotions in Human-Product Interaction. International Journal of Design, 3(2):41-51. 2009.
  • [14] ______.; OZKARAMANLI, D.; DESMET, P. M. A. How to design for emotions: experiences in a course. In: PROCEEDINGS OF THE INTERNATIONAL DESIGN & EMOTION CONFERENCE, 7., 2010. Chicago. Anais… Chicago, 2010.
  • [15] FERREIRA, Vera Rita de Mello. Psicologia econômica: estudo do comportamento econômico e da tomada de decisão. Rio de Janeiro: Elsevier, 2008.
  • [16] FRIJDA, Nico H. The emotions: Studies in emotion and social interaction. Maison de Sciences de l'Homme. Paris,1986.
  • [17] ______; Kuipers, P., & Ter Schure, E. Relations among emotion, appraisal, and emotional action readiness. Journal of Personality and Social Psychology, 57(2), 212- 228, 1989.
  • [18] KATONA, George. Psychological economics. New York: Elsevier, 1975.
  • [19] MEIRELLES, Valéria M. Atitudes, crenças e comportamentos de homens e mulheres em relação ao dinheiro na vida adulta. Tese de Doutorado. PUC-São Paulo, 2012. Disponível em: http://www.valeriameirelles.psc.br/assets/tese_valeriameirelles.pdf. Acesso em: 21 set. 2015.
  • [20] MERONI, Anna. Strategic design: where are you now? Reflection around the foundations of a recent discipline. Strategic Design Research Journal, volume 1, número1, julho-dezembro 2008.
  • [21] NYHUS, Ellen K. Psychological determinants of household saving behaviour. Tese de doutourado. Norwegian School of Economics and Business Administration. Bergen, 2002.
  • [22] OZKARAMANLI, Deger; DESMET, Pieter MA. I knew I shouldn’t, yet I did it again! Emotion-driven design as a means to motivate subjective well-being. International journal of design, 6 (1), 2012.
  • [23] PAPALIA, D.E; OLDS, S.W; FELDMAN, R.D. Desenvolvimento Humano. Tradução: Carla F. M. Pinto Vercesi [et al]. 10ª. ed. RS: Porto Alegre: Artes Médicas McGrawHill, 2010.
  • [24] SCHERER, K. R. Appraisals considered as a process of multilevel sequential checking. In K. Scherer, A. Schorr, T. Johnstone (Eds.), Appraisal processes in emotion: Theory, methods, research. New York: Oxford University Press, 2001.
  • [25] SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA. A Classe Média Brasileira. Brasília: N. 1, nov. 2014. Disponível em: < http://www.sae.gov. br/wp-content/uploads/ebook_ClasseMedia1.pdf>. Acesso em: 02 de nov. 2015.
  • [26] SHEFRIN, Hersh M.; THALER, Richard H. The behavioral life cycle hypothesis. Economic inquiry, v. 26, n. 4, p. 609-643, 1988.
  • [27] SURI, F. The experience of evolution: developments in design practice. The Design Journal, 6(2):39-48, 2003.
  • [28] VERGANTI, R. Design, meanings, and radical innovation: A metamodel and a research agenda. Journal of product innovation management, v. 25, n. 5, p. 436-456, 2008.
Como citar:

Grigoletto, Tania; Costa, Filipe Campelo Xavier da; Scaletsky, Celso Carnos; "O DESIGN PARA EMOÇÃO NA EXPERIÊNCIA DE ECONOMIZAR RECURSOS FINANCEIROS: IDENTIFICAÇÃO DE CONCERNS CONFLITANTES", p. 1862-1873 . In: Anais do 12º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design [= Blucher Design Proceedings, v. 9, n. 2]. São Paulo: Blucher, 2016.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/despro-ped2016-0158

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações