Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

O DEPARTAMENTO DE ESTILO NA WILLYS OVERLAND DO BRASIL E SEU PIONEIRISMO NA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA BRASILEIRA

Barana, Marcia; Braga, Marcos da Costa ; Landim, Paula da Cruz;

Artigo Completo:

O presente trabalho registra e investiga através da análise de referências bibliográficas e entrevistas, a implantação do Departamento de Estilo na Willys Overland, o primeiro do gênero na indústria automotiva instalada no Brasil.

Artigo Completo:

Palavras-chave: Design; História do Design; Design no Brasil.,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/despro-ped2016-0039

Referências bibliográficas
  • [1] ABDI. PRODUTO E LINGUAGEM. São Paulo: ABDI. v. 1, n. 1, primeiro trimestre. 1965.
  • [2] ALBERTI, V. Manual da História Oral. Rio de Janeiro: FGV, 2005
  • [3] BARROS, José D’ Assunção. "Sobre a feitura da micro-história". Revista OPSIS, vol. 7, nº 9, p. 167-185, 2007.
  • [4] CARDOSO, Rafael. O advento da produção em massa. In: Uma introdução à história do Design. 3 ed. 2 reimp., São Paulo, Blucher, 2008. Cap.4, p. 109 – 117.
  • [5] CARLOS, Luis. Breve História do Erro Willys. Disponível em: < http://carroslokoscarros.blogspot.com.br/2012/11/breve-historia-do-aero-willys.html>. Acesso em: 30 dez. 2014.
  • [6] CIVITA, Roberto (ed). Palácio sobre rodas. Revista Quatro Rodas. São Paulo, n. 544, p. 40, out. 2005.
  • [7] ______. Pessoas que puseram as coisas nos eixos nos últimos 50 anos. Revista Quatro Rodas. São Paulo, n. 607, p. 128-154, 170, aug. 2010.
  • [8] CIVITA, Victor (ed.). Estes são os carros do Brasil. Revista Quatro Rodas. São Paulo, n. 2, p. 6-11, set. 1960.
  • [9] ______. Estes são os carros do Brasil. Revista Quatro Rodas. São Paulo, n. 2, p. 6-11, set. 1960.
  • [10] ______. Salão foi mais salão. Revista Quatro Rodas. São Paulo, n. 2, p. 26-27, set. 1960.
  • [11] ______. Estilismo brasileiro começa bem. Revista Quatro Rodas. São Paulo, n. 2 , p. 28-29, set. 1960.
  • [12] ______. É um carro lindíssimo. Revista Quatro Rodas. São Paulo, n. 9, p. 61-62, abr. 1961.
  • [13] ______. Os homens que constroem automóveis. Revista Quatro Rodas. São Paulo, n. 12, p. 20-27, jul. 1961.
  • [14] ______. Aero-Willys. Revista Quatro Rodas. São Paulo, n. 19, p. 76-89, fev. 1962.
  • [15] ______. Aero-Willys com carimbo internacional. Revista Quatro Rodas. São Paulo, n. 29, p. 66-67, dez. 1962.
  • [16] ______. Willys quer carro popular. Revista Quatro Rodas. São Paulo, n. 66, p. 70-71, jan. 1966.
  • [17] _____. Corcel vem a galope. Revista Quatro Rodas. São Paulo, n. 93, p. 20, abr. 1968.
  • [18] Coleção Digital Quatro Rodas.
  • [19] _____. A linha Willys 69 tem 406 inovações. Revista Quatro Rodas. São Paulo, n. 101, sem número de página, dez. 1968.
  • [20] CURCIO, Gustavo; MUYLAERT, Marília. Antonio A. De Mitry: na prática, a teoria é outra. SENAI-SP Editora. 2014.
  • [21] FIORI, André. Contra o relógio. Revista Quatro Rodas. São Paulo, n. 556, p. 162 - 165. set. 2006.
  • [22] HABARA, Claudio. Biografia do automóvel brasileiro: o design das multinacionais. Tempo $ Memória, 2006.
  • [23] NASCIMENTO, Paulo César do. A História do automóvel no Brasil: arte e evolução. Editora Komedi, São Paulo, 2011.
  • [24] ONO, Maristela Mitssuko. Contextualização histórica dos setores automobilístico, moveleiro e de eletrodomésticos do Brasil . Tese de Doutorado. São Paulo: FAU/USP, 2006.
  • [25] PENNA, José Roberto; SOLARI, Jean; VASSÃO, Nehemias. A guerra começou... Revista Quatro Rodas. São Paulo, n. 66, p. 50-55, jan. 1966.
  • [26] RIBEIRO, Hamilton. Automóvel é nosso. Revista Quatro Rodas , São Paulo, 1962 , n. 27, p. 80 - 93.
  • [27] SALLES, Mauro. Veja lá em cima o oval, Mr. Salles. Revista Quatro Rodas. São Paulo, n. 518, p. 30. set. 2003.
  • [28] SEVERINO, Antônio Joaquim. Metodologia do trabalho científico. Cortez. 23 ed. rev. ampl. 2007.
  • [29] VASSÃO, Nehemias. Histórias Secretas. Revista Quatro Rodas. São Paulo, n. 556. p. 178-179, jun. 2006.
  • [30] Ford do Brasil S.A. Disponível em . Acesso em: 06 dez. 2014.
  • [31] Biblioteca Digital da Redarte. Disponível em: . Acesso em: 06 dez. 2014.
  • [32] VEIGA, Edison. 2012. Um registro dos primeiros carros que circularam em São Paulo. Disponível em: < http://sao-paulo.estadao.com.br/blogs/edison-veiga/foto-historica-familia-santos-dumont-a-bordo-dos-primeiros-carros-de-sp/>. Acesso em: 08/12/2014.
  • [33] WIKIPEDIA. Aero Willys. Disponível em: < https://pt.wikipedia.org/wiki/Aero_Willys>. Acesso em: 22 mai. 2016.
Como citar:

Barana, Marcia; Braga, Marcos da Costa ; Landim, Paula da Cruz; "O DEPARTAMENTO DE ESTILO NA WILLYS OVERLAND DO BRASIL E SEU PIONEIRISMO NA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA BRASILEIRA", p. 449-464 . In: Anais do 12º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design [= Blucher Design Proceedings, v. 9, n. 2]. São Paulo: Blucher, 2016.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/despro-ped2016-0039

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações