Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

O BNDES e os ciclos de política industrial: uma análise de sua atuação entre 1990 e 2016

REDIVO, André da Silva; CARIO, Silvio Antonio Ferraz;

Artigo Completo:

Este trabalho tem por objetivo analisar a atuação do BNDES a partir de 1990, frente às transformações ocorridas na economia brasileira. Além disso, realiza-se uma apresentação dos Bancos de Desenvolvimento. Também se busca demarcar a trajetória do Banco durante a evolução da economia brasileira, desde sua fundação. Apresentam-se, para o entendimento de sua atuação, dados operacionais do Banco, e também informações obtidas nos relatórios anuais divulgados pela instituição. Para o período que constitui o foco deste trabalho, nota-se que o BNDES teve atuação distinta nos seguintes períodos: 1990 a 2002; 2003 a 2014; e 2015-2016. No primeiro, marcado pela introdução do modelo liberal na economia brasileira, com abertura, privatizações e programas austeros de estabilização, o Banco deixa de atuar como instituição estruturante. Marca sua atuação, e por consequência esta nova fase, o fato do BNDES ser o gestor do processo de privatizações. No período seguinte, 2003 a 2014, que marca a volta de um modelo desenvolvimentista, o Banco volta a ter uma postura estruturante e atuando na elaboração, gestão e agenciamento financeiro dos programas de desenvolvimento elaborados nesta nova fase. Apesar de ser bastante recente, nota-se que há a volta de um padrão de atuação similar ao observado no período 1990-2002, notadamente em função do volume dos desembolsos realizados.

Artigo Completo:

This research aims to analyze the performance of BNDES in the recent period, 1990-2016, regarding the changes in the Brazilian economy. Moreover, this study presents the Development Bank and its trajectory during the evolution of the Brazilian economy since the Bank’s foundation. In order to understand the Bank’s operations, it is presented its operational data and the information obtained in the annual reports published by the institution. For the period that is the focus of this study, it is perceived that the BNDES had different performance in the following periods: 1990 to 2002, 2003 to 2014, and 2015-2016. In the first period, marked by the introduction of the liberal model in the Brazilian economy, with openness, privatization and austere stabilization programs, the Bank ceases to act as a structuring institution. The fact of BNDES being the manager of the privatization process highlights its performance and, consequently, this new phase. Finally, in the following period, from 2003 to 2014, which marks the return of a developmental model, the Bank retakes its structuring posture, acting on elaboration and financial management and agency of the development programs elaborated in this new phase. Although recent, it can be observed that there is a pattern of action similar to that observed in the period 1990-2002, mainly due to the volume of disbursements made.

Palavras-chave: BNDES, Banco de Desenvolvimento, Privatização, Política Industrial,

Palavras-chave: BNDES, Development Bank, Privatization, Industrial Policy,

DOI: 10.5151/enei2017-61

Referências bibliográficas
  • [1] ALEM, Ana Claudia; CAVALCANTI, Carlos Eduardo. O BNDES e o Apoio à Internacionalização das Empresas Brasileiras: Algumas Reflexões. Revista do BNDES. Rio de Janeiro, 2005. v.12, n.24, PP.43-75.
  • [2] AMSDEN, Alice. A Ascensão do Resto. São Paulo: Editora da UNESP, 2007. 586p.
  • [3] ARAUJO, Victor Leonardo Figueiredo Carvalho de. Revisitando o Desenvolvimentismo Brasileiro: o BNDES e Financiamento de Longo Prazo - 1952-1964. 2007. 197 f. Tese (Doutorado) - UFF, Niterói, 2007.
  • [4] AREND, M. 50 anos de industrialização do Brasil (1955-2005): uma análise evolucionária. Tese (Doutorado em Economia) – Programa de Pós-graduação em Economia – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2009. 251 p.
  • [5] BARKER, Wendy. Os Bancos, a indústria e o Estado no Brasil. Revista de Economia Política (REP). Vol. 10, nº 2, 0 – 1990. São Paulo.
  • [6] BATISTA, Jorge Chami. O BNDES e o desenvolvimento brasileiro. In: SEMINÁRIO ESPECIAL 50 ANOS DE DESENVOLVIMENTO, 1. 2002, Rio de Janeiro. Seminário. Rio de Janeiro: Inae - Instituto Nacional de Altos Estudos, 2002. p. 1 - 30. Disponível em: . Acesso em: 30 set. 2009.
  • [7] BIELSCHOWSKY, R. Pensamento econômico brasileiro: o ciclo ideológico do desenvolvimento. RJ: IPEA – INPES, 1982.
  • [8] BNDES. BNDES 50 anos de desenvolvimento. 2002. Disponível em: . Acesso em: 03 nov. 2011.
  • [9] BNDES. BNDES 50 anos de desenvolvimento. 2002. Disponível em: . Acesso em: 03 nov. 2011.
  • [10] BNDES. BNDES, 40 Anos: um agente de mudanças. Rio de Janeiro, BNDES, 1992a.
  • [11] BNDES. Relatório de Atividades. Rio de Janeiro: 1990, 1991, 1992b, 1993, 1994, 1995, 1996, 1997, 1998, 1999, 2000, 2001, 2002b, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2008, 2009, 2010, 20
  • [12] BNDES. Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social. Disponível em: . Acesso em: 05 mar. 20
  • [13] BNDES. Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social. Serviço de Informação ao Cidadão, ago. 2012b.
  • [14] BNDES. Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social. Disponível em: . Acesso em: 05 out. 2015.
  • [15] CARNEIRO, Ricardo. Desenvolvimento em crise: a economia brasileira no último quarto do século XX. São Paulo (SP): Editora UNESP, 2002. 423p.
  • [16] COUTINHO, Luciano. A terceira revolução industrial e tecnológica: As grandes tendências de mudança. Revista Economia e Sociedade – UNICAP. São Paulo, n.1, 1992.
  • [17] CURRALERO, Cláudia. A atuação do Sistema BNDES como instituição financeira de fomento no período 1952-1996. 176f. Dissertação (Mestrado) - UNICAMP, Campinas, 1998.
  • [18] DEOS, Simone; MENDONÇA, Ana Rosa Ribeiro de. Uma proposta de Delimitação Conceitual de Bancos Públicos. In: JAYME JUNIOR, Frederico G.; CROCCO, Marco. Bancos Públicos e Desenvolvimento. Rio de Janeiro: Ipea, 2010. p. 43-72.
  • [19] DIAMOND, William. Development Banks. 5.ed. London: Johns Hopkins, 1969. 128 p.
  • [20] DRAIBE, S. Rumos e metamorfoses – Estado e industrialização no Brasil – 1930/1960. RJ: Paz e Terra, 1985, 396 p.
  • [21] FREITAS, Carlos Eduardo de. A experiência brasileira com instituições financeiras de desenvolvimento. In: Financiamento Del Dessarrollo. N.155. Projeto Cepal/BID: “El reto de acelar El crecimiento em América Latina y el Caribe. Santiago de Chile, Nov 2005.
  • [22] IPEADATA. Banco de Dados IPEADATA. Disponível em: . Acesso em: 07 mar. 2015.
  • [23] MANTEGA, Guido. O Programa de Privatizações Brasileiro e a sua Repercussão na Dinâmica Econômica. EAESP/FGV/NPP – Núcleo de Pesquisas e Publicações/Relatório de Pesquisa nº 53/2001. Nov-2005. São Paulo.
  • [24] MARTINS, Luciano. Estado Capitalista e Burocracia no Brasil pós 64. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1985.
  • [25] MONTEIRO FILHA, Dulce Corrêa. A contribuição do BNDES para a formação a estrutura setorial da indústria brasileira no período 1952/1989. Revista do BNDES, Rio de Janeiro, v. 2, n. 3, p.151-166, jun. 1995.
  • [26] PEREIRA, Thiago; SIMÕES, Adriano; CARVALHAL, André. Mensurando o resultado fiscal das operações de empréstimo do tesouro ao BNDES: custo ou ganho líquido esperado para a União? Texto para Discussão IPEA. Rio de Janeiro, n. 1665, set. 2011.
  • [27] PROCHNIK, Marta; MACHADO, Vivian. Fontes de Recursos do BNDES 1995-2007. Revista do Bndes, Rio de Janeiro, v. 14, n. 29, p.3-34, jun. 2008.
  • [28] PROCHNIK, Marta. Fontes de Recursos do BNDES. Revista do Bndes, Rio de Janeiro, v. 2, n. 4, p.143-180, dez. 1995.
  • [29] SUZIGAN, W. A Indústria Brasileira Após uma Década de Estagnação: questões para política industrial. Economia e Sociedade, nº 1, 1992. Campinas: IE-Unicamp.
  • [30] TEIXEIRA, A. O movimento da industrialização nas economias capitalistas centrais no pós-guerra. Dissertação (Mestrado em Economia) – Programa de Pósgraduação em Economia – Universidade Federal do Rio de Janeiro, 1983, 248 p.
  • [31] VIDOTTO, Carlos Augusto. Caráter Estratégico dos Bancos Federais: A Experiência Brasileira Recente. In: JAYME JUNIOR, Frederico G.; CROCCO, Marco. Bancos Públicos e Desenvolvimento. Rio de Janeiro: Ipea, 2010. p. 73-104.
Como citar:

REDIVO, André da Silva; CARIO, Silvio Antonio Ferraz; "O BNDES e os ciclos de política industrial: uma análise de sua atuação entre 1990 e 2016", p. 1129-1148 . In: . São Paulo: Blucher, 2017.
ISSN 2357-7592, DOI 10.5151/enei2017-61

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações