Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

MODELAGEM PARA DESCRIÇÃO DA CINÉTICA DE SECAGEM DE FOLHAS DE PARIRI (Arrabidaea chica (Humb. & Bonpl) B. Verlot) POR INFRAVERMELHO E SECADOR DE BANDEJAS

FERREIRA, M. M.; CUNHA, R. N.;

Artigo Completo:

As folhas da espécie Arrabidaea chica (Humb. & Bonpl) B. Verlot, conhecida como Pariri vêm sendo utilizadas na cosmetologia devido ao efeito adstringente de seu extrato. O estudo fitoquímico de plantas medicinais se baseia na secagem prévia das folhas. Objetivou-se, neste estudo, determinar e modelar as curvas de secagem das folhas de Pariri por infravermelho e secador de bandejas. Faz ainda parte do escopo a avaliação da influência da temperatura sobre o coeficiente de difusão efetivo. As secagens foram conduzidas nas temperaturas de 50, 60, 65, e 70ºC. Aos dados experimentais foram ajustados modelos matemáticos, cujas magnitudes do coeficiente de determinação (R2) foram utilizadas para verificar o grau de ajuste dos modelos. Do estudo concluiu-se que: a) o comportamento das curvas de secagem das folhas de Pariri foi semelhante ao da maioria dos produtos agrícolas; b) o modelo matemático de secagem proposto por Midilli et al. foi o que melhor se ajustou aos dados experimentais; c) qualitativamente verifica-se que a cor das folhas de Pariri sofreu alterações devido à temperatura de secagem tornando-se mais escuras devido à perda de clorofila.

Artigo Completo:

Palavras-chave: cinética de secagem,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeqic2017-406

Referências bibliográficas
  • [1] BROOKER, D. B.; BAKKER-ARKEMA, F. W.; HALL, C. W. Drying and storage of grains and oilseeds. Westport: AVI, 1992. 450 p.
  • [2] CELESTINO, S. M. C. Princípios da Secagem de Alimentos. – Planaltina, DF: Embrapa Cerrados, 2010, 51 p. – (Documentos/ Embrapa Cerrados, ISSN 1517- 5111, ISSN online 2176- 5081 ; 276).
  • [3] CORRÊA, Ricardo Monteiro. Rendimento de óleo essencial e caracterização organoléptica de folhas de assa-peixe submetidas a diferentes métodos de secagem. 2004. Ciência e Agrotecnologia vol.28, n.2, Lavras Mar./Apr. 2004.
  • [4] FERREIRA, Margarete Martins Pereira. Desenvolvimento, caracterização e secagem de sementes com cobertura artificial. 2003. 265 f. Monografia (Especialização) - Curso de Engenharia Química, Centro Tecnológico de Ciências Exatas, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos- Sp, 200 Cap.
  • [5] GONELI, A. L.; CORRÊA, P. C.; Resende, O.; Reis Neto, S. A. Estudo da difusão de umidade em grãos de trigo durante a secagem. Ciência e Tecnologia de Alimentos, v.27, p.135-140, 2007.
  • [6] HARBORNE, J.B. Comparative biochemistry of the flavonoids-VI. : Flavonoid patterns in the bignoniaceae and the gesneriaceae. 1967. Phytochemistry vol 6, Issue 12, December 1967, Pages 1643-1651.
  • [7] JUNQUEIRA, Maria Heloisa. Modelagem estatística do processo de secagem de folhas de espinheira-santa (Maytenus ilicifolia Mart. ex Reiss). 2016. 15 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Engenharia Agrícola, Universidade Federal da Grande Dourados, Dourados – Ms, 2016.
  • [8] MARTINAZZO A. P., CORRÊA P.C., OSVALDO RESENDE E EVANDRO DE C. M. Análise e descrição matemática da cinética de secagem de folhas de capim-limão. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental v.11, n.3, p.301–306, 2007.
  • [9] PAULETTI, Patrícia Mendonça et al. Constituintes químicos de Arrabidaea samydoides (Bignoniaceae). 2003. Química Nova v.26, n.5, São Paulo set./out. 2003.
  • [10] PEREIRA, Aline Gabriela Martins. Influência da intensidade de radiação infravermelha na secagem do sistema semente-gel. In: VIII Congresso Brasileiro de Engenharia Química em Iniciação Científica, 8., 2009, Uberlândia. Online. Uberlândia: Galoá, 2009. v. 8
  • [11] RADÜNZ1, Lauri Lourenço et al. AVALIAÇÃO DA CINÉTICA DE SECAGEM DE
  • [12] CARQUEJA. 2011. REVENG vol.19, n. 1, p.19-27, Engenharia na agricultura, 2011. Viçosa - mg
  • [13] REIS, Renata C. dos et al. Cinética de secagem de folhas de manjericão (Ocimum basilicum L.) via infravermelho. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande - Pb, v. 16, n. 12, p.1346-1352, 24 dez. 2011.
  • [14] SALAGNAC, P. et al. Numerical modeling of heat and mass transfer in porous medium during combined hot air, infrared and microwaves drying. 2004. International Journal of Heat and Mass Transfer vol 47, Issues 19–20, September 2004, Pages 4479–4489.
  • [15] SILVA,L. A. et al. Cinética de secagem e difusividade efetiva em folhas de jenipapo (Genipa americana L.). 2014. Rev. Bras. de Plantas Med. 2015, vol.17, n.4, suppl.2, p.953-963.
  • [16] SOUSA, F.C. Predição de modelos sobre a cinética de secagem de folhas de Ziziphus joazeiro Mart. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, Campina Grande - Pb, v. 17, n. 2, 02 jul. 2015.
  • [17] TAFFARELLO, Denise. Extrato de Arrabidaea chica (Humb. & Bonpl) Verlot obtidos por processos biotecnológicos: otimização da extração e avaliação farmacológica. 2008. 191 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia)- Instituto de Ciências Biomédicas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009.
Como citar:

FERREIRA, M. M.; CUNHA, R. N.; "MODELAGEM PARA DESCRIÇÃO DA CINÉTICA DE SECAGEM DE FOLHAS DE PARIRI (Arrabidaea chica (Humb. & Bonpl) B. Verlot) POR INFRAVERMELHO E SECADOR DE BANDEJAS", p. 3269-3274 . In: Anais do XII Congresso Brasileiro de Engenharia Química em Iniciação Científica [=Blucher Chemical Engineering Proceedings, v. 1, n.4]. ISSN Impresso: 2446-8711. São Paulo: Blucher, 2017.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeqic2017-406

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações