Artigo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

Meaípe, breve histórico

Meaípe, breve histórico

Bourguignon, Leonardo Nascimento;

Artigo:

A palavra Meaípe vem do Tupi ubeim (“torta doce”) com aipe (“mandioca”), significando então, torta doce de mandioca.2 O saboroso substantivo revela que desde seus primórdios a pequena e charmosa vila de pescadores tem seu nome atrelado à gastronomia.

Artigo:

A palavra Meaípe vem do Tupi ubeim (“torta doce”) com aipe (“mandioca”), significando então, torta doce de mandioca.2 O saboroso substantivo revela que desde seus primórdios a pequena e charmosa vila de pescadores tem seu nome atrelado à gastronomia.

Palavras-chave: -,

Palavras-chave: -,

DOI: 10.5151/wcacem-19

Referências bibliográficas
  • [1] A SEREIA DE MEAÍPE. Lendas de Guarapari. Disponível em: . Acesso em 03 jan. 2016.
  • [2] BOURGUIGNON, Leonardo Nascimento. Assumindo novas identidades: resistência indígena no litoral sul do Espírito Santo (Século XVIII). 2018. 283 f. Tese (Doutorado) – Doutorado em História Social das Relações Políticas, Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória.
  • [3] CARVALHO, José Augusto. Estudos de língua portuguesa. São Paulo: Cajuína, 2019.
  • [4] COSTA, Henrique Antônio Valadares. Arqueologia do Estado do Espírito Santo: subsídios para gestão do patrimônio arqueológico no período de investigação acadêmica de 1966 a 1975. 2013. 186 f. Tese (Doutorado) – Doutorado em Arqueologia, Universidade de São Paulo, São Paulo.
  • [5] DEAN, Warren. A ferro e fogo: a história e a devastação da Mata Atlântica brasileira. 1. ed. São Paulo: Cia. das Letras, 1996.
  • [6] LEITE, Serafim. História da Companhia de Jesus no Brasil. Rio de Janeiro: Imprensa Nacional, 1938-1950, Tomo VI – Livro II.
  • [7] LELLIS, Jorge. Pesquisa da Ufes comprova efeitos benéficos das areias monazíticas de Guarapari. Vitória, 20 de Dezembro de 201 Disponível em: . Acesso em: 02 fev. 2019.
  • [8] LOPES, Aglisson, BOURGUIGNON, Natália. A guerra de Guarapari: uma história sobre praias tropicais, bombas atômicas, riqueza e exploração no litoral brasileiro. Vitória, 29 de agosto de 2015. Disponível em: . Acesso em: 02 fev. 2019.
  • [9] MARQUES, Cezar Augusto. Diccionario Historico, Geographico e Estatistico da Província do Espírito Santo. Rio de Janeiro: Typographia Nacional, 1878.
  • [10] OLIVEIRA, José Teixeira de. História do Estado do Espírito Santo. 3ª ed., Vitória, Arquivo Público do Estado do Espírito Santo/Secretária de Estado de Cultura, 2008.
  • [11] SALVADOR, Frei Vicente do. História do Brasil. 1500-1627. São Paulo-Belo Horizonte, EDUSP-Itatiaia, 1982.
  • [12] SANTOS, Estilaque Ferreira dos. Uma devassa contra os jesuítas do Espírito Santo (1761). Vila Velha: Edição do autor, 2014.
  • [13] VASCONCELLOS, Ignácio Accioli de. Memória estatística da Província do Espírito Santo escrita no ano de 1828. Vitória: Arquivo Público do Estado do Espírito Santo, 1978.
  • [14] WIED-NEUWIED, Maximiliano, Príncipe de. Viagem ao Brasil. Trad. Edgar Süssekind de Mendonça e Flávio Poppe de Figueiredo. Belo Horizonte: Itatiaia; São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 1989.
Como citar:

Bourguignon, Leonardo Nascimento; "Meaípe, breve histórico", p. 22-30 . In: . São Paulo: Blucher, 2019.
ISSN 2358-9337, DOI 10.5151/wcacem-19

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações