Dezembro 2020 vol. 7 num. 3 - VIII Simpósio de Engenharia de Produção

Artigo completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

MANUTENÇÃO NO SEGMENTO NAVAL: UM DIAGNÓSTICO À LUZ DOS CUSTOS DE MANUTENÇÃO

MANUTENÇÃO NO SEGMENTO NAVAL: UM DIAGNÓSTICO À LUZ DOS CUSTOS DE MANUTENÇÃO

Oliveira, Maria de Lara Moutta Calado de; Moraes, Felipe Naves de;

Artigo completo:

A definição dos custos de manutenção para alguns segmentos é simples e depende de poucas variáveis em geral conhecidas. No caso do reparo naval é fundamental compreender que existe uma diversidade de tipos de embarcações e como diretrizes para a definição e o entendimento do reparo, esse mercado não deve ser considerado como algo homogêneo e padronizado. O objetivo desse artigo é compreender os custos de manutenção das embarcações, mais especificamente de um petroleiro, possibilitando a redução de incertezas e como consequência garantindo um melhor direcionamento para a operação dos reparos periódicos na frota brasileira. Neste trabalho foi usado diversas pesquisas bibliográficas, documentos, dados e informações primárias e secundárias, caracterizando nesse aspecto uma pesquisa predominantemente qualitativa. Por outro lado, os custos foram organizados em séries temporais, o que permitiu a realização de análises quantitativas. Os desdobramentos indicam custos elevados para cumprimento da legislação, sobretudo quando associado aos custos por perdas da embarcação parada em virtude da manutenção preventiva. Os dados sugerem que as perdas por paradas são praticamente semelhantes em percentuais aos custos dos reparos periódicos, havendo, portanto, um rico ambiente para redução de custos, desperdícios e melhorias.

Artigo completo:

A definição dos custos de manutenção para alguns segmentos é simples e depende de poucas variáveis em geral conhecidas. No caso do reparo naval é fundamental compreender que existe uma diversidade de tipos de embarcações e como diretrizes para a definição e o entendimento do reparo, esse mercado não deve ser considerado como algo homogêneo e padronizado. O objetivo desse artigo é compreender os custos de manutenção das embarcações, mais especificamente de um petroleiro, possibilitando a redução de incertezas e como consequência garantindo um melhor direcionamento para a operação dos reparos periódicos na frota brasileira. Neste trabalho foi usado diversas pesquisas bibliográficas, documentos, dados e informações primárias e secundárias, caracterizando nesse aspecto uma pesquisa predominantemente qualitativa. Por outro lado, os custos foram organizados em séries temporais, o que permitiu a realização de análises quantitativas. Os desdobramentos indicam custos elevados para cumprimento da legislação, sobretudo quando associado aos custos por perdas da embarcação parada em virtude da manutenção preventiva. Os dados sugerem que as perdas por paradas são praticamente semelhantes em percentuais aos custos dos reparos periódicos, havendo, portanto, um rico ambiente para redução de custos, desperdícios e melhorias.

Palavras-chave: Reparo naval. Manutenção preventiva. Custos de manutenção,

Palavras-chave: Reparo naval. Manutenção preventiva. Custos de manutenção,

DOI: 10.5151/viisimep-315630

Referências bibliográficas
  • [1] BOX, G. E. P.; JENKINS, G. M.; REINSEL, G.C. Time Series Analysis: forecasting and control. 4ª Edição.
  • [2] Hoboken, John Wiley & Sons INC, 2011.
  • [3] CAMARGO, B. G. Procedimentos de Manutenção de Navios na Área de Máquinas Durante a Docagem.
  • [4] 2017. 38 p. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Naval e Oceânica) - Escola Politécnica,
  • [5] Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2017.
  • [6] DREWRY SHIPPING REPAIRS AND MAINTENANCE, London 2005/200
  • [7] GARCIA, R. A. Análise dos Métodos de Previsão de Demanda: estudo de caso em unidades distintas de
  • [8] uma escola de idiomas. São Mateus: UFES, 2011. 89 p. – Programa de Graduação. Departamento de
  • [9] Engenharias e Computação, Universidade Federal do Espírito Santo, São Mateus, 2011.
  • [10] HIGUCHI, A. K. A previsão de demanda de produtos alimentícios perecíveis: três estudos de caso. REARevista Eletrônica de Administração, v. 5, n. 2, 2006.
  • [11] KARDEC, A.; NASSIF, J. Manutenção: função estratégica. Rio de Janeiro. Qualitymark, 2001.
  • [12] MARINHA DO BRASIL – Diretoria de Portos e Costas. Normas da Autoridade Marítima para Embarcações
  • [13] Empregadas na Navegação em Mar Aberto – Normam-01/DPC. 2005.
  • [14] RIBEIRO, M. A. M. Contribuição ao Estudo do Impacto Ambiental das Pilhas a Combustível de Baixa e
  • [15] Média Temperatura Através da Metodologia Delphi. São Paulo. USP, 2009. 316 p. Tese (Doutorado),
  • [16] Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009.
  • [17] TUBINO, D. F. Planejamento e Controle da Produção. Teoria e Prática. Editora Atlas. 2009.
  • [18] VASQUES, R. Procedimento de Docagem. 2016. 78 p. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em
  • [19] Engenharia Naval e Oceânica) - Escola Politécnica, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro,
  • [20] 2016.
  • [21] VEIGA, C. R. P.; VEIGA, C. P.; DUCLÓS, L. C. A Acurácia dos Modelos de Previsão de Demanda Como
  • [22] Fator Crítico para o Desempenho Financeiro na Industria de Alimentos. Pro futuro: Programa de Estudos
  • [23] do Futuro, São Paulo, v. 2, n. 2, p. 83-107, jul./dez. 2010.
  • [24] XENOS, H. G. Gerenciando a Manutenção Produtiva. O Caminho para Eliminar Falhas nos
  • [25] Equipamentos e Aumentar a Produtividade. Editora de Desenvolvimento Gerencial (EDG). Belo Horizonte.
  • [26] Minas Gerais.1998
Como citar:

Oliveira, Maria de Lara Moutta Calado de; Moraes, Felipe Naves de; "MANUTENÇÃO NO SEGMENTO NAVAL: UM DIAGNÓSTICO À LUZ DOS CUSTOS DE MANUTENÇÃO", p. 1347-1362 . In: Anais do VIII Simpósio de Engenharia de Produção . São Paulo: Blucher, 2020.
ISSN 2357-7592, DOI 10.5151/viisimep-315630

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações