Artigo completo - Open Access.

Idioma principal

Limites e sutilezas da construção do conhecimento científico: uma discussão sobre os conflitos epistemológicos do design

Barbosa, Ana Carolina de Moraes A.; Campos, Fábio;

Artigo completo:

Este trabalho pretende situar o estudocientífico da abordagem multidisciplinar do design dentro do universoepistemológico, em especial, diante dos pilares qualitativos e quantitativosdas ciências clássicas. Tratam-se de etapas emétodos científicos estudados de forma a compreender não só os propósitos econceituações, mas também as sutilezas e astúcias que podem trazerinterferências inesperadas à qualidade da evidência estudada. A estruturação dacompreensão argumentativa deste estudo utiliza como ferramenta para facilitar aarticulação epistemológica uma problemática piloto de pesquisa que envolve odesign e seu caráter multidisciplinar. O resultado obtido demonstra que osquestionamentos a cerca do tema partem da complexa noção da construção doconhecimento científico.

Artigo completo:

Palavras-chave: Epistemologia, design e conhecimento científico,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/cidi2017-048

Referências bibliográficas
  • [1] ALVES, Zélia Mana M. B.; SILVA, MARIA HELENA G. F. D. Análise qualitativa de dados de entrevista: uma proposta. Paidéia, Ribeirão Preto, SP, 1992. AZEVEDO, Bernardo Varjão; AZEVEDO, Bernardo Montalvão. O Método Fenomenológico Proposto por Edmund Husserl e o Caso Escola Base. Síntese, Brasil, 27 de Dezembro de 2010. BITENCOURT, M. C. A Perspectiva de Bacon e Hume quanto ao Método Indutivo. Disponível em: Acesso em: 30/03/2016.
Como citar:

Barbosa, Ana Carolina de Moraes A.; Campos, Fábio; "Limites e sutilezas da construção do conhecimento científico: uma discussão sobre os conflitos epistemológicos do design", p. 502-510 . In: . São Paulo: Blucher, 2018.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/cidi2017-048

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações