Dezembro 2018 vol. 4 num. 1 - VI Congresso Médico Universitário São Camilo

Poster - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

LEUCEMIA DE CÉLULAS PLASMÁTICAS: UM RELATO DE CASO

LEUCEMIA DE CÉLULAS PLASMÁTICAS: UM RELATO DE CASO

Alves, R.H.T.; Ferreira, I.B.; Macovicchio, A.D.; Torres, V.H.M.; Souza, I.F.; Silva, P.M.; Medeiros, ; J.E., ;

Poster:

A leucemia de células plasmáticas (LCP) é uma desordem linfoproliferativa muito rara. Seu diagnóstico é realizado com a presença de > 20% de plasmócitos no sangue periférico ou > de 2000 plasmócitos/mm³ com imunofenotipagem confirmando clonalidade. A leucemia de células plasmáticas pode ser primária, quando ocorre sem o antecedente de mieloma múltiplo (MM) ou secundária quando é uma evolução rara e agressiva do MM, tendo uma proporção de 60% e 40% respectivamente. A expectativa de vida sem tratamento é de aproximadamente de 12 meses. A maior incidência ocorre na sexta década de vida em homens e afrodescendentes. As principais manifestações são: insuficiência renal, comprometimento da medula óssea e suas séries (anemias, plaquetopenia e citopenia), efusão pleural e comprometimento neurológico.

Poster:

A leucemia de células plasmáticas (LCP) é uma desordem linfoproliferativa muito rara. Seu diagnóstico é realizado com a presença de > 20% de plasmócitos no sangue periférico ou > de 2000 plasmócitos/mm³ com imunofenotipagem confirmando clonalidade. A leucemia de células plasmáticas pode ser primária, quando ocorre sem o antecedente de mieloma múltiplo (MM) ou secundária quando é uma evolução rara e agressiva do MM, tendo uma proporção de 60% e 40% respectivamente. A expectativa de vida sem tratamento é de aproximadamente de 12 meses. A maior incidência ocorre na sexta década de vida em homens e afrodescendentes. As principais manifestações são: insuficiência renal, comprometimento da medula óssea e suas séries (anemias, plaquetopenia e citopenia), efusão pleural e comprometimento neurológico.

Palavras-chave: Leucemia Plasmocitária,

Palavras-chave: Leucemia Plasmocitária,

DOI: 10.5151/comusc2018-20

Referências bibliográficas
  • [1] Kyle RA, Maldonado JE, Bayrd ED. Plasma cell leukemia. Report on 17 cases. Arch Intern Med 133: 813-818, (1974)
  • [2] Sher T, Miller KC, Deeb G, Lee K, Chanan-Khan A. Plasma cell leukaemia and other aggressive plasma cell malignancies. Br J Haematol, 150: 418-427, (2010
  • [3] Gangadhar P, Ahmed Z, Pai MR, Sandhya I. Primary plasma cell leukemia: A report of two cases of a rare and aggressive variant of plasma cell myeloma with the review of literature. Indian J Pathol Microbiol. ;59:541-4, (2016)
  • [4] Fernández de Larrea C, Kyle RA, Durie BG, Ludwig H, Usmani S, et al. Plasma cell leukemia: Consensus statement on diagnostic requirements, response criteria and treatment recommendations by the International Myeloma Working Group. Leukemia; 27:780-91, (2013)
  • [5] Evdoxia Gounari et al. Utility of Hematology Analyzer and Flow Cytometry in Timely and Correct Detection of Circulating Plasma Cells: Report of Three Cases. International clinical cytometry society, (2016)
  • [6] Tiedemann RE, Gonzalez-Paz N, Kyle RA, Santana-Davila R, Price Troska T, Van Wier SA, et al. Genetic aberrations and survival in plasma cell leukemia. Leukemia. 2008;22(5):1044–52.
  • [7] Wd T, Brambilla E, Hermelink HK, Eds HCC, Eble JN, Sauter G, et al. World Health Organization Classification of Tumours This book and all other volumes of the series can be purchased : From all countri es. 2008;(4th edition):167–78.
  • [8] Ramsingh G, Mehan P, Luo J, Vij R, Morgensztern D. Primary plasma cell leukemia: A surveillance, epidemiology, and end results database analysis between 1973 and 2004. Canlcer. 2009;115(24):5734–9.
  • [9] Gonsalves WI. Primary Plasma Cell Leukemia : A Practical Approach to Diagnosis and Clinical Management. 13(3):21–5.
  • [10] Donk N Van De, van de Donk NWCJ, Lokhorst HM, Anderson KC, Richardson PG. How I treat plasma cell leukemia. Blood [Internet]. 2012;120(12):2376–89. Available from: http://www.pubmedcentral.nih.gov/articlerender.fcgi?artid=3757364&tool=
  • [11] Musto P. Progress in the Treatment of Primary Plasma Cell Leukemia. J Clin Oncol [Internet]. 2016;34(18):2082–4. Available from: http://jco.ascopubs.org/cgi/doi/10.1200/JCO.2016.66.6115
Como citar:

Alves, R.H.T.; Ferreira, I.B.; Macovicchio, A.D.; Torres, V.H.M.; Souza, I.F.; Silva, P.M.; Medeiros, ; J.E., ; "LEUCEMIA DE CÉLULAS PLASMÁTICAS: UM RELATO DE CASO", p. 233-241 . In: Centro Universitário São Camilo. São Paulo: Blucher, 2018.
ISSN 2357-7282, DOI 10.5151/comusc2018-20

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações