Pôster - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

INTERVENÇÃO PRECOCE COM ATIVIDADES MOTORAS AQUÁTICAS NA PROMOCÃO DO DESENVOLVIMENTO NEUROPSICOMOTOR DE BEBÊS: INTERVENÇÃO CENTRADA NA FAMÍLIA E NA ESCOLA

INTERVENÇÃO PRECOCE COM ATIVIDADES MOTORAS AQUÁTICAS NA PROMOCÃO DO DESENVOLVIMENTO NEUROPSICOMOTOR DE BEBÊS: INTERVENÇÃO CENTRADA NA FAMÍLIA E NA ESCOLA

Araujo, Luize Bueno de; Mélo, Tainá Ribas; Israel, Vera Lúcia; , ;

Pôster:

Justificativa

O estudo sobre odesenvolvimento neuropsicomotor (DNPM) é promissor. Na realidade brasileira,faltam pesquisas com intervenção precoce em ambiente aquático para aprimorar oDNPM de bebês, com abordagem biopsicossocial e que envolvam a família e escolano processo ativo de intervenção.

Objetivo(s)

Verificar os efeitos de umPrograma de Intervenção Precoce Aquático (PIPA) sobre o DNPM e qualidade devida (QV) de bebês de 4 a 18 meses de idade de creches públicas de Curitiba-PR.

Método(s)

Pesquisa quaseexperimental, com avaliação cega, realizada no ambiente da creche, aprovadapelo Comitê de Ética, n.º 1.714.810. Para avaliação do DNPM foram aplicados aAlberta Infant Motor Scale e o teste de triagem de Denver II e da QV oInventário Pediátrico sobre Qualidade de Vida do Bebê. O PIPA foi realizado empiscina terapêutica, com grupos de 5 famílias, com atuação do familiar naintervenção e mediação de fisioterapeutas, durante 4 semanas, 2 vezes porsemana, associado a orientações domiciliares. Para análise dos dados aplicou-setestes específicos e análise do tamanho do efeito.

Resultado(s)

Participaram 61 famílias,37 do grupo controle (GC) e 24 do grupo intervenção (GI). O GI apresentoumelhor DNPM pós-intervenção (p=0,001) e na retenção (p=0,002), com efeito deintervenção grande (Ƞ2=0,178 e 0,156) e melhora no domínio capacidadefísica da QV (p=0,023), com efeito intermediário (d=0,573).

Conclusão(ões)

O PIPA teve efeitos positivosno DNPM e na capacidade física dos bebês participantes. O que endossa aparticipação da família e escola em conjunto com profissionais da saúde paraintervenções precoces nessa fase peculiar.

Pôster:

Justificativa

O estudo sobre odesenvolvimento neuropsicomotor (DNPM) é promissor. Na realidade brasileira,faltam pesquisas com intervenção precoce em ambiente aquático para aprimorar oDNPM de bebês, com abordagem biopsicossocial e que envolvam a família e escolano processo ativo de intervenção.

Objetivo(s)

Verificar os efeitos de umPrograma de Intervenção Precoce Aquático (PIPA) sobre o DNPM e qualidade devida (QV) de bebês de 4 a 18 meses de idade de creches públicas de Curitiba-PR.

Método(s)

Pesquisa quaseexperimental, com avaliação cega, realizada no ambiente da creche, aprovadapelo Comitê de Ética, n.º 1.714.810. Para avaliação do DNPM foram aplicados aAlberta Infant Motor Scale e o teste de triagem de Denver II e da QV oInventário Pediátrico sobre Qualidade de Vida do Bebê. O PIPA foi realizado empiscina terapêutica, com grupos de 5 famílias, com atuação do familiar naintervenção e mediação de fisioterapeutas, durante 4 semanas, 2 vezes porsemana, associado a orientações domiciliares. Para análise dos dados aplicou-setestes específicos e análise do tamanho do efeito.

Resultado(s)

Participaram 61 famílias,37 do grupo controle (GC) e 24 do grupo intervenção (GI). O GI apresentoumelhor DNPM pós-intervenção (p=0,001) e na retenção (p=0,002), com efeito deintervenção grande (Ƞ2=0,178 e 0,156) e melhora no domínio capacidadefísica da QV (p=0,023), com efeito intermediário (d=0,573).

Conclusão(ões)

O PIPA teve efeitos positivosno DNPM e na capacidade física dos bebês participantes. O que endossa aparticipação da família e escola em conjunto com profissionais da saúde paraintervenções precoces nessa fase peculiar.

Palavras-chave: -,

Palavras-chave: -,

DOI: 10.5151/sabara2020-28

Referências bibliográficas
  • [1] -
Como citar:

Araujo, Luize Bueno de; Mélo, Tainá Ribas; Israel, Vera Lúcia; , ; "INTERVENÇÃO PRECOCE COM ATIVIDADES MOTORAS AQUÁTICAS NA PROMOCÃO DO DESENVOLVIMENTO NEUROPSICOMOTOR DE BEBÊS: INTERVENÇÃO CENTRADA NA FAMÍLIA E NA ESCOLA", p. 28 . In: Anais do 5º Congresso Internacional Sabará de Saúde Infantil. São Paulo: Blucher, 2020.
ISSN 2357-7282, DOI 10.5151/sabara2020-28

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações