Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

Inovação tecnológica, relação universidade-empresa e modelo teórico da Hélice Tripla

Coutinho, Gustavo Alberto Silva; Silva, André Vasconcelos da;

Artigo Completo:

O presente artigo de revisão de literatura teve como objetivo realizar um recorte da produção científica a respeito da inovação tecnológica como vantagem competitiva, papel das universidades nesse contexto e a relação destas com as empresas para transferência de tecnologia, no contexto do modelo teórico da Hélice Tripla, proposto por Etzkowitz e Leydesdorff (2000). Para tanto, foram utilizados como referências artigos científicos que tratam dos temas apresentados e recentemente publicados. Como resultado, tem-se que no Brasil as empresas apresentam características próprias que dificultam o investimento em pesquisas, o que acaba por concentrar nas pesquisas realizadas pelas universidades a maior parte da produção de inovações tecnológicas. O modelo teórico da Hélice Tripla de relacionamento entre universidades, empresas e Estado, tem como finalidade criar ambiente favorável para aproximação entre universidades e empresas e facilitar a transferência de tecnologia da academia para o mercado.

Artigo Completo:

Palavras-chave: inovação; relação universidade-empresa; Hélice Tripla,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/sma2016-004

Referências bibliográficas
  • [1] BRASIL. 2006. Lei complementar 123, de 14 de dezembro de 2006. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 15 dez. 2006. Disponível em: . Acesso em: 29 abr. 2016.
  • [2] _________. Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq.Censo do Diretório dos Grupos de Pesquisa no Brasil. Brasília, DF, 2014.
  • [3] _________. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE. Estatísticas do Cadastro Central de Empresas. Rio de Janeiro, RJ, 2015.
  • [4] _________. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE. Pesquisa de Inovação. Rio de Janeiro, RJ, 2013.
  • [5] _________. Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – SEBRAE. Participação das Micro e Pequenas Empresas na Economia Brasileira – Relatório Executivo. Brasília, DF, 201
  • [6] ALBERTIN, Eduardo Vicente; AMARAL, Daniel Capaldo. Contexto da parceria como qualificador da gestão de projetos universidade-empresa. Produção, v. 20, n. 2, p. 224-236, abr./jun. 2010.
  • [7] ALMEIDA, Fernando Dias Menezes de Almeida; JURKSAITIS, Guilherme Jardim; MOTA, Carolina. Parcerias empresariais do Estado para a inovação tecnológica. In: JUSTEN FILHO, M.; SCHWIND, R. (Coord.). Parcerias público-privadas - Reflexões sobre os 10 anos da Lei 11.079/2004. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2015, p. 609-625.
  • [8] ARAÚJO, Elza Fernandes; BARBOSA, Cynthia Mendonça; QUEIROGA, Elaine dos Santos; ALVES, Flávia Ferreira. Propriedade Intelectual: proteção e gestão estratégica do conhecimento. R. Bras. Zootec., v.39 (supl. especial), p.1-10, 2010.
  • [9] BENEDETTI, Mauricio Henrique; TORKOMIAN, Ana Lúcia Vitale. Uma análise da influência da cooperação universidade-empresa sobre a inovação tecnológica. Gest. Prod., São Carlos, v. 17, n. 4, p. 145-158, 2010.
  • [10] BESSANT, John; TIDD, Joe. Innovation and Entrepreneurship. Londres: John Wiley & Sons, Ltd., 2007.
  • [11] CLOSS, Lisiane; FERREIRA, Gabriela Cardozo. A transferência de tecnologia universidade-empresa no contexto brasileiro: uma revisão de estudos científicos publicados entre os anos 2005 e 2009. Gest. Prod., São Carlos, v. 19, n. 2, p. 419- 432, 2012.
  • [12] CLOSS, Lisiane; FERREIRA, Gabriela Cardozo. A transferência de tecnologia universidade-empresa no contexto brasileiro: uma revisão de estudos científicos publicados entre os anos 2005 e 2009. Gest. Prod., São Carlos, v. 19, n. 2, p. 419- 432, 20
  • [13] COSTA, Priscila Rezende; PORTO, Geciane Silveira; FELDHAUS, Diogenes. Gestão da Cooperação Empresa-Universidade: o Caso de uma Multinacional Brasileira. RAC – Revista de Administração Contemporânea, Curitiba, v.14, n.1, art.6, p. 100-121, jan./fev. 2010.
  • [14] DAGNINO, Renato. A relação universidade-empresa no Brasil e o “argumento da Hélice Tripla”. Revista Brasileira de Inovação, Campinas, v. 2, n. 2, p. 267-307, jul./dez. 2003.
  • [15] EBERHART, Maria Elizete; PASCUCI, Lucilaine. O processo decisório e suas implicações na cooperação universidade, empresa e governo: um estudo de caso. Revista GUAL, Florianópolis, v. 7, n. 2, p. 221-242, mai. 2014.
  • [16] ETZKOWITZ, Henry; LEYDESDORFF, Loet. The dynamics of innovation: from National Systems and ‘‘Mode 2’’ to a Triple Helix of university–industry–government relations. Research Policy, v. 29, n. 2, p. 109-123, fev. 2000.
  • [17] FERREIRA, Gabriela Cardozo; SORIA, Alessandra Freitas; CLOSS, Lisiane. Gestão da interação universidade-empresa: o caso PUCRS. Revista Sociedade e Estado, v. 27, n. 1, p. 79-94, jan./abr. 2012.
  • [18] FUJINO, Asa; STAL, Eva. Gestão da propriedade intelectual na universidade pública brasileira: diretrizes para licenciamento e comercialização. Revista de Negócios, Blumenau, v. 12, n. 1, p. 104 - 120, jan./mar. 2007.
  • [19] GARNICA, L.; TORKOMIAN, A. Gestão de tecnologia em universidades: uma análise do patenteamento e dos fatores de dificuldade e de apoio à transferência de tecnologia no Estado de São Paulo. Gest. Prod., São Carlos, v. 16, n. 4, p. 624-638, out./dez. 2009.
  • [20] GOMES, Suely; ROCHA, Jaqueline. Gestão da informação: o caso das empresas participantes do programa de incubação de empresas da Universidade Federal de Goiás. Palabra Clave, La Plata, v. 1, n. 1, p. 21-39, out. 2011.
  • [21] IPIRANGA, Ana Sílvia Rocha; FREITAS, Ana Augusta Ferreira de; PAIVA, Thiago Alves. O empreendedorismo acadêmico no contexto da interação universidade – empresa – governo. Cadernos EBAPE. Rio de Janeiro, v. 8, n. 4, p. 676-693, dez. 2010.
  • [22] LEMOS, Dannyela da Cunha; CÁRIO, Silvio Antônio Ferraz; MELO, Pedro Antônio de. Processo de interação universidade-empresa em Santa Catarina para o desenvolvimento inovativo: o caso da UFSC, FURB, UDESC e UNIVALI. Revista de Ciências da Administração, v. 17, n. 43, p. 37-54, dez. 2015
  • [23] MATIAS-PEREIRA, José. A gestão do sistema de proteção à propriedade intelectual no Brasil é consistente? RAP - Revista de Administração Pública. Porto Alegre, v. 45, n. 3, p. 567-590, mai./jun. 2011.
  • [24] RAPINI, Márcia Siqueira; RIGHI, Hérica Morais. O Diretório dos Grupos de Pesquisa do CNPq e a Interação Universidade-Empresa no Brasil em 2004. Revista Brasileira de Inovação, Campinas, v. 5, n. 1, p. 131-156, jan./jun. 2006.
  • [25] SAWANG, Sukanlaya; UNSWORTH, Kerrie L. A model of organizational innovation implementation effectiveness in small to medium firms. International Journal of Innovation Management, v. 15, n. 5, p. 989-1011, 2011.
  • [26] SORIA, Alessandra Freitas; FERREIRA, Gabriela Cardozo; PERIN, Marcelo Gattermann; SAMPAIO, Cláudio Hoffmann; ALEMÁN, José Luis Munuera. Geração de patentes em universidades: um estudo exploratório. R. Adm. FACES Journal Belo Horizonte, v. 9, n. 3, p. 95-116, jul./set. 2010.
Como citar:

Coutinho, Gustavo Alberto Silva; Silva, André Vasconcelos da; "Inovação tecnológica, relação universidade-empresa e modelo teórico da Hélice Tripla", p. 36-48 . In: Anais do Simpósio de Metodologias Ativas: Inovações para o ensino e aprendizagem na educação básica e superior [= Blucher Education Proceedings, v. 2, n. 1]. São Paulo: Blucher, 2017.
ISSN 2318-695X, DOI 10.5151/sma2016-004

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações