Artigo completo - Open Access.

Idioma principal

Indicador composto estadual de inovação (ICEI): uma metodologia para avaliação de sistemas regionais de inovação

Beneli, Daniela Scarpa; Carvalho, Silvia Angélica Domingues de; Furtado, André Tosi;

Artigo completo:

A sistematização metodológica de levantamento de dados, compilação e agregação de Indicadores de Ciência, Tecnologia e Inovação tem se mostrado um componente importante na formulação e avaliação de políticas públicas. Assim, o objetivo desse artigo é propor uma metodologia de construção do Indicador Composto Estadual de Inovação que permite avaliar o desempenho inovativo dos sistemas regionais de inovação. Os procedimentos utilizados foram: investigação por materiais bibliográficos, adaptação da metodologia proposta pelo European Innovation Scoreboard e apuração das bases de dados disponíveis no sistema estatístico brasileiro. A metodologia do Indicador Composto Estadual de Inovação revelou potencialidades e fragilidades nas distintas dimensões dos sistemas regionais de inovação brasileiros. Dentre elas, em São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná e Rio de Janeiro constatou-se forças em recursos humanos e sistema de pesquisa, no Amazonas, por outro lado, há fragilidades nessas mesmas dimensões e destaque em inovadores e ocupações.

Artigo completo:

The methodological systematization of data collection, compilation and aggregation of Science, Technology and Innovation Indicators has proved to be an important component in the formulation and evaluation of public policies. Thus, the aim of this article is to propose a methodology for the construction of the State Composite Innovation Indicator that allows evaluating the innovative performance of regional innovation systems. The procedures used were: research by bibliographic materials, adaptation of the methodology proposed by the European Innovation Scoreboard and calculation of the databases available in the Brazilian statistical system. The methodology of the State Composite Innovation Indicator revealed strengths and weaknesses in the different dimensions of Brazilian regional innovation systems. Among them, in São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná and Rio de Janeiro, there were strength in human resources and research system, in the Amazon, on the other hand, there are weaknesses in these same dimensions and highlighting innovators and occupations.

Palavras-chave: Dispêndio em Ciência, Tecnologia e Inovação; Atividade Inovativa; Impacto.,

Palavras-chave: Expenditure on Science, Technology and Innovation; Innovative Activity; Impact,

DOI: 10.5151/v-enei-727

Referências bibliográficas
  • [1] ATLAS DO DESENVOLVIMENTO HUMANO DO BRASIL. Censo Demográfico 2010. Plataforma de Consulta. Disponpivel em: https://atlasbrasil.org.br. Acesso em: 13 fev. 202 AUTIO, E. Evaluation of RTD in regional systems of innovation, European Planning Studies, [s.l.], pp. 131–140, 1998.
  • [2] BALCONI, M.; STEFANO, B.; ORSENIGO, L. In: Defense of the linear model: An essay. Research Policy, v. 39, p. 1-13, 2010. BENELI, Daniela Scarpa. O Indicador Composto de Inovação: proposta metodológica para os estados brasileiros. 2019. 272 f. Tese (Doutorado) - Departamento de Política Científica e Tecnológica, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2019.
  • [3] COOKE, P. Regional innovation sytems, clusters, and the knowledge economy. Industrial and Corporate Change, Oxford University Press, v. 10, n. 4, p. 945-974, 2001.
  • [4] COLLET, L. Mensuração das Inovações: construção de um Índice de Ciência, Tecnologia e Inovação (ICT&I) para os Estados Brasileiros. 2012. 111f. Dissertação (Mestrado em Economia do Desenvolvimento) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2012. EUROPEAN COMMISSION. Joint Research Centre. Competence Centre on Composite Indicators and Scoreboards. 2019b. Disponível em: https://composite-indicators.jrc.ec.europa.eu/. Acesso em: 04 set. 2019.
  • [5] CGEE - Centro de Gestão e Estudos Estratégicos. Descentralização do fomento à ciência, tecnologia e inovação no Brasil. Brasília, DF: Centro de Gestão e Estudos Estratégicos, 2010.
  • [6] CGEE - Centro de Gestão e Estudos Estratégicos. Indicadores de resultado da inovação. Brasília, DF: Centro de Gestão e Estudos Estratégicos, 2015.
  • [7] GODIN, B. The Number Makers: Fifty Years of Science and Technology Official Statistics, Minerva, p. 375-297, 2002.
  • [8] GODIN, B. Measuring Science: Is There Basic Research Without Statistics?, Social Science Information, p. 57-90, 2003. GODIN, B.The Linear Model of Innovation: The Historical Construction of an Analytical Framework, Project on the History and Sociology of STI Statistics, Working Paper no. 30, 2005.
  • [9] GODIN, B. Science, accounting and statistics: The input–output framework. Research Policy, v. 36, n. 9, p. 1388-1403, November 2007.
  • [10] GRUPP, H.; MOGEE, M. H. Indicators for national science and technology policy: how robust are composite indicators? Research Policy, v. 33, p. 1373-1384, 2004.
  • [11] LOPES, M. Política Científica Regional: o caso da FAPEMAT no Estado de Mato Grosso. Dissertação (Mestrado em Política Científica e Tecnológica) – UNICAMP, Campinas, 2008.
  • [12] OECD – ORGANISATION FOR ECONOMIC CO-OPERATION AND DEVELOPMENT. Handbook on Constructing Composite Indicators: Methodology and User Guide, 2008. Acesso em: 22 jun. 2015. Disponível em: https://composite-indicators.jrc.ec.europa.eu/.
  • [13] ROCHA, E. M. P.; FERREIRA, M. A. T. Indicadores de ciência, tecnologia e inovação: mensuração dos sistemas de CTeI nos estados brasileiros. Ciência da Informação, Brasília, v. 33, n. 3, p.61-68, 2004.
  • [14] SANTOS, E. C. C. Índice estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação como contribuição à melhoria da capacidade de gerência pública. Nova Economia, p. 399-421, 2011.
  • [15] TÖDTLING, F.; TRIPPL, M. One size fits all? Research Policy, [s.l.], v. 34, n. 8, p.1203-1219, out. 2005. Elsevier BV. http://dx.doi.org/10.1016/j.respol.2005.01.018 UNCTAD - United Nations Conference on Trade and Development. Science, technology and innovation indicators for policymaking in developing countries: an overview of experiences and lessons learned. Geneva, 2010.
Como citar:

Beneli, Daniela Scarpa; Carvalho, Silvia Angélica Domingues de; Furtado, André Tosi; "Indicador composto estadual de inovação (ICEI): uma metodologia para avaliação de sistemas regionais de inovação", p. 1606-1626 . In: Anais do V Encontro Nacional de Economia Industrial e Inovação (ENEI): “Inovação, Sustentabilidade e Pandemia”. São Paulo: Blucher, 2021.
ISSN 2357-7592, DOI 10.5151/v-enei-727

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações