Artigo - Open Access.

Idioma principal

Implicações da política industrial argentina para o setor de máquinas agrícolas

Feix, Rodrigo Daniel; Tatsch, Ana Lucia;

Artigo:

O potencial de expansão do mercado interno demáquinas agrícolas e os frequentes desequilíbrios no balanço de pagamentoslevaram o governo argentino a estruturar uma política industrial para essesetor a partir de 2010.  O objetivo desseartigo é avaliar os desdobramentos dessa política para o setor de máquinasagrícolas da Argentina e do Brasil. A análise revelou que a política argentinafoi bem sucedida na atração de investimentos de empresas nacionais emultinacionais. A rápida substituição de importações de tratores ecolheitadeiras criou oportunidades e desafios tecnológicos para as empresas dacadeia produtiva instaladas em território argentino. Para o Brasil, aconsequência mais evidente da política industrial foi a redução das exportaçõesde produtos finais e o aumento das de bens intermediários, sobretudo a partirdo Rio Grande do Sul. Recentemente, surgiram indícios de desestruturação dapolítica industrial, após a liberalização comercial promovida pelo GovernoMauricio Macri. Ainda assim, dado o caráter oligopolista desse setor,parcialmente integrado a cadeias globais de valor, os investimentos recentesposicionaram o país vizinho em um novo patamar de oferta, com repercussões paraa configuração produtiva na América do Sul.  

Artigo:

Palavras-chave: política industrial; máquinas agrícolas; comércio Brasil-Argentina,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/enei2018-73

Referências bibliográficas
  • [1] ANLLÓ, G.; BISANG, R.; CAMPI, M. Claves para repensar el agro argentino. Ciudad Autónoma de Buenos Aires: Editorial Universitaria de Buenos Aires, 2013. ARGENTINA. Poder Ejecutivo Nacional, 2012. Modificación programa de Financiamiento para la Ampliación y Renovación de Flota del Transporte Automotor de Cargas (Detalle de la norma DE-1666-2012-PEN). Disponível em: < http://www.loa.org.ar/legNormaDetalle.aspx?id=21814>. Acesso em: 02 dezembro 2017. ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS FABRICANTES DE VEÍCULOS AUTOMOTORES – ANFAVEA. Anuário da indústria automobilística brasileira. ANFAVEA: São Paulo, edições 2014, 2015 e 2018. Disponível em: < http://www.virapagina.com.br/anfavea-2017--ponto---letra.html>. Acesso em: 11 junho 2018. ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS FABRICANTES DE VEÍCULOS AUTOMOTORES – ANFAVEA. Estatísticas - Séries Históricas. Disponível em: . Acesso em: 12 março 2018. BRAGACHINI, M. Exportaciones de Maquinaria Agrícola (MA) a nível global y de Argentina. Mercado interno de Argentina. Análisis y tendências al 2020. Córdoba, 2014, INTA Manfredi. CABEZAS, F.; DI SERI, N.; BRUNO, M. Argentina y las LNA, una historia de protecionismo. Disponível em: . Acesso em: 26 dezembro 2017. CÁMARA ARGENTINA FABRICANTES DE MAQUINARIA AGRÍCOLA – CAFMA. La industria de maquinaria agricola argentina: estructura, evolución 2002-15 y perspectivas. 2017. Disponível em: . Acesso em: 18 dezembro 2017. CASTILHOS, C. C.; JORNADA, M. I. H.; STERNBERG, S. S. W.; GUILARDI, R. C. A indústria de máquinas e implementos agrícolas no RS: notas sobre a configuração recente. Ensaios FEE. 29(2), 2008, p.467-502. CIMOLI, M.; PORCILE, G.; ROVIRA, S. Structural change and the BOP constraint: why did Latin America fail to converge? Cambridge Journal of Economics, v. 34, 389-411 (2010). CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA – CNI. Informativo da Confederação Nacional da Indústria, Ano 1 – Número 5 – Agosto de 2014. Disponível em: . Acesso em: 22 dezembro 2017. DABAT, G. Revoluciones tecnológicas en la producción de commodities agrícolas: del fordismo a la revolución informática ¿Y después?. In: DABAT, G.; PAZ, S. (eds.). Commodities agrícolas: cambio técnico y precios. Quilmes: Colección Economía y Sociedad Universidad Nacional de Quilmes. FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SÃO PAULO – FIESP. Panorama Brasil-Argentina, novembro de 2014. FIESP: São Paulo, 2014. Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior, Área de Defesa Comercial e Facilitação do Comércio Exterior. Disponível em: . Acesso em: 09 junho 2018. FUNDACIÓN BANCO MUNICIPAL. Análisis del Sector de Maquinaria Agrícola. Documentos de trabajo. Disponível em: . Acesso em: 29 dezembro 2017. GALA, P. Complexidade econômica: uma nova perspectiva para entender a antiga questão da riqueza das nações. 1ª ed. Rio de Janeiro: Contraponto / Centro Internacional Celso Furtado de Políticas para o Desenvolvimento, 2017. 144 p. GARFINKEL, F.; RAMÓN, M. Maquinaria agricola. Informes de Cadenas de Valor. Ano 1, n. 8, julho 2016. Subsecretaria de Planificación Económica. Dirección Nacional de Planificación Sectorial. Disponível em: . Acesso em: 19 dezembro 2017. HAUSMANN, R., HIDALGO, C. A., BUSTOS, S., COSCIA, M., SIMOES, A., & YILDIRIM, M. A. The atlas of economic complexity: Mapping paths to prosperity. MIT Press, 2014. HUERGO, H. La Segunda Revolución de las Pampas, una revolución tecnológica, Buenos Aires: Clarín Rural, 8 de abril de 2005. HYBEL, D. Plan Estrategico Industrial – Argentina 2020, Sector Maquinarias Agrícolas, Economía Industrial. Instituto Nacional de Tecnología Industrial: 201 Disponível em: . Acesso em: 22 dezembro 2017. INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA – IBGE. Pesquisa Industrial Anual (PIA-Produto 2015). IBGE: Rio de Janeiro, 2017. INSTITUTO NACIONAL DE ESTATÍSTICA E CENSOS – INDEC. Maquinaria Agrícola. 2018. Disponível em: . Acesso em: 14 maio 2018. INSTITUTO NACIONAL DE ESTATÍSTICA E CENSOS – INDEC. Sistema de Consulta de Comercio Exterior. 2018a. Disponível em: < https://comex.indec.gob.ar/search?_ga=2.219463696.802787617.1528516147-1099605129.1526840085>. Acesso em: 08 junho 2018. LANGARD, F. LANGARD, Federico. Producción de maquinaria agrícola en Argentina: análisis comparado de las dinámicas de los conglomerados nacionales y de las cadenas globales de valor. Trabajo y sociedad, n. 27, p. 405-424, 2016. LAVARELLO, P.; SILVA, D.; LANGARD, F. Transferencia de Tecnología, tramas locales y cadenas globales de valor: trayectorias heterogenias en la industria de la maquinaria agrícola argentina. Innovación RICEC, 2 (1), 2010. LONGONI, M. Promesas de inversión para poder importar maquinaria agrícola. Diário Clarin, 1º de abril de 201 Disponível em: < http://www.fao.org/in-action/agronoticias/detail/en/c/490045/>. Acesso em: 12 maio 2018. MINISTERIO DE AGROINDUSTRIA DE LA NACIÓN. El contratista rural. 2018. Disponível em: < https://www.agroindustria.gob.ar/sitio/areas/contratistas/contratista/>. Acesso em: 08 junho 2018. MINISTERIO DE INDUSTRIA DE LA NACIÓN. Plan Estrategico Industrial 2020. Ministerio de Industria de la Nación: 2012. Disponível em: . Acesso em: 20 dezembro 2017. MINISTERIO DE INDUSTRIA DE LA NACIÓN. Modificaciones Decretos N° 379/2001 y N° 594/2004. Poder Ejecutivo Nacional, 2017. Disponível em: < http://www.loa.org.ar/legNormaDetalle.aspx?id=30099&volver=1>. Acesso em: 06 dezembro 2017. MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC. Sistema Comex Stat. Disponível em:< http://comexstat.mdic.gov.br/pt/home>. Acesso em: 06 jun. 2018. PÉREZ, C. Una visión para América Latina: Dinamismo tecnológico e inclusión social mediante una estrategia basada en los recursos naturales. Revista Econômica, v. 14, n. 2 (2012). PREBISCH, R. O desenvolvimento econômico da América Latina e seus principais problemas. Revista Brasileira de Economia, n.3, p.47-109. 1949. ROLLÁN, O. A la industria de maquinaria agrícola le cuesta conseguir empleados. Diário La Voz, 24 de julho de 2017. Disponível em: . Acesso em: 15 janeiro 2018. SARGIOTTO, N. La industria de la maquinaria agrícola realiza inversiones por $ 2.570 millones. Informe Especial MAQUINAC, 2017. Disponível em: . Acesso em: 12 fevereiro 2018. SOTO, M. La industria de la maquinaria agrícola, en alerta por el aumento de las importaciones. En Orsai, 08 de junho de 2017. Disponível em: . TATSCH, A. L. O arranjo de máquinas e implementos agrícolas do Rio Grande do Sul: infraestrutura produtiva, educacional e institucional. Ensaios FEE, Porto Alegre, v. 28, n. esp., p. 755-774, 2008. UNITED STATES DEPARTAMENT OF AGRICULTURE. USDA Foreign Agricultural Service. Production, Supply and Distribution Online. Disponível em: . Acesso em: 11 maio 2018.
Como citar:

Feix, Rodrigo Daniel; Tatsch, Ana Lucia; "Implicações da política industrial argentina para o setor de máquinas agrícolas", p. 1332-1351 . In: . São Paulo: Blucher, 2018.
ISSN 2357-7592, DOI 10.5151/enei2018-73

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações