Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

IMPACTOS DA UTILIZAÇÃO DE TI EM APOIO À ATIVIDADE LOGÍSTICA DE ABASTECIMENTO DE VIATURAS DA MARINHA DO BRASIL

Bezerra, Marcelo Reis; Mendonça, Bianca Gomes Soares Gonçalves de;

Artigo Completo:

O uso de TI em apoio às atividades logísticas, a constante busca por redução de custos, por maior controle e por aprimoramento na previsão de demanda, com vistas a melhoria do serviço ao cliente e redução do efeito chicote é contínua fonte de análise por parte das empresas e acadêmicos. A Marinha do Brasil, da mesma forma que todas essas empresas, também desenvolve projetos para a melhoria dos seus processos logísticos, sendo abordado neste artigo os impactos positivos decorrentes da implantação de um sistema eletrônico de controle de abastecimento de viaturas, com informação da demanda em tempo real e compartilhamento de dados para uma maior integração da cadeia de suprimento de combustíveis, mitigando os efeitos gerados pelo efeito chicote, dentre outros problemas. Para atingir o objetivo proposto, o estudo desenvolveu-se sob uma metodologia de pesquisa qualitativa e quantitativa, por meio de um estudo de campo (ex post facto), sendo alcançado como resultado uma redução da ordem de 22% no consumo de combustíveis automotivo, além da maior visibilidade, integração da cadeia e controle dos abastecimentos realizados. Nesse sentido, o artigo contribui para a redução dos custos logísticos, bem como fornece um modelo capaz de ser adotado por outros órgãos do Governo Federal.

Artigo Completo:

Palavras-chave: Marinha do Brasil; Gerenciamento da Cadeia de Suprimento; Compartilhamento de Informações; Efeito chicote; Previsão de Demanda.,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/marine-spolm2015-140144

Referências bibliográficas
  • [1] BALLOU, R. H. Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos/Logística Empresarial. 5 ed. Porto Alegre: Bookman, 2006.
  • [2] BHATTACHARYA, R. BANDYOPADHYAY, S.; A review of the causes of bullwhip effect in a supply chain. The International Journal of Advanced Manufacturing Technology. v. 54, p. 1245-1261, 2011.
  • [3] BRASIL. Secretaria-Geral da Marinha. SGM-201: Normas para o Abastecimento na Marinha, 6 rev., Brasília, DF, 2009.
  • [4] _______. Estado-Maior da Armada. EMA-400: Manual de Logística da Marinha, 2 rev., Brasília, DF, 2003.
  • [5] _______. Lei n.º 8.666, de 21 de junho de 1993. Regulamenta o art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal, institui normas para licitações e contratos da Administração Pública e dá outras providências. Presidência da República. Disponível em: . Acesso em: 12 dez 2014.
  • [6] CLAUSEWITZ, C. V. Da Guerra. Alemanha, 1832. Disponível em: . Acesso em: 13 dez 2014.
  • [7] COUNCIL OF SUPPLY CHAIN MANAGEMENT PROFESSIONALS. Terms and Glossary. Ago. 2013. Disponível em . Acesso em: 15 dez 2014.
  • [8] DORNIER, P. P.; ERNST, R.; FENDER, M.; KOUVELIS, P. Logística e operações globais: texto e casos. 7 reimpr. São Paulo: Atlas, 2009.
  • [9] FAN, C. Y.; FAN, P. S; CHANG, P. C. A system dynamics modeling approach for a military weapon maintenance supply system. International Journal Products Economics. n 128, p.457-469, 2010.
  • [10] FIGUEIRDO, K. F.; FLEURY, P. F.; WANKE, P. F. (organizadores). Logística e gerenciamento da cadeia de suprimentos: planejamento do fluxo de produtos e dos recursos. 4. reimpr. São Paulo: Atlas, 2008.
  • [11] FLEURY, P. F.; WANKE, P.; FIGUEIRDO, K. F. (organizadores). Logística empresarial: a perspectiva brasileira. 11 reimpr. São Paulo: Atlas, 2009.
  • [12] FORRESTER, J. W. Industrial dynamics: a major breakthrough for decision makers. Harvard Business Review. v. 36, n. 4, p. 37-66, 1958. Disponível em: . Acesso em: 10 jan 2014.
  • [13] GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.
  • [14] GUNASEKARAN, A.; NGAI, E. W. T. Decision support systems for logistics and supply chain management. Decision Support Systems, n. 52, p. 777-778, 2012.
  • [15] JOMINI, A. H. A Arte da Guerra. França, 1836.
  • [16] LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. A. Fundamentos da Metodologia Científica. 3 ed. São Paulo: Atlas, 1991.
  • [17] LI, C. Controlling the bullwhip effect in a supply chain system with constrained information flows. Applied Mathematical Modeling. v. 37, n. 4, p. 1897-1909, 2013.
  • [18] LI, C.; LIU, S. A robust optimization approach to reduce the bullwhip effect of supply chains with vendor order placement lead time delays in an uncertain environment. Applied Mathematical Modeling. v. 37, n. 3, p. 707-718, 2013.
  • [19] LOW, C.; CHEN, Y. H. A model measurement system for collaborative supply chain partners. Journal of Manufacturing Systems. v. 32, p. 180-188, Jan. 2013. Disponível em . Acesso em: 14 dez 2014.
  • [20] MELLAT-PARAST, M., Supply Chain quality management: an inter-organizational learning perspective. Supply Chain Quality Management. P 511-529, 2012.
  • [21] MIRANDA, R. F. Q; BEZERRA, M. R.; GIGANTE, T. C.; DUARTE, D. L. Impactos da utilização de Sistema de Informação Logístico no compartilhamento de informações na Cadeia de Suprimento de Sobressalentes da Marinha do Brasil. In: Simpósio de Pesquisa Operacional & Logística da Marinha, Rio de Janeiro: SPOLM 2014, p. 395-406, 2014.
  • [22] MOON, S.; HICKS, C.; SIMPSON, A. The development of a classification model for predicting the performance of forecasting methods for naval spare parts demand. Int. J. Production Economics. n 143, p 449-454, 2013.
  • [23] MOON, S.; HICKS, C.; SIMPSON, A. The development of a hierarchical forecasting method for predicting spare parts demand in the South Korean Navy – A case study. Int. J. Production Economics. n 140, p 794-802, 2012.
  • [24] NOVAES, A. G. Logística e gerenciamento da cadeia de distribuição: estratégia, operação e avaliação. 2 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004.
  • [25] PETROBRAS. O Pré-Sal é uma realidade. Disponível em . Acesso em: 11 dez 2014.
  • [26] RUSSEL, S. H. Supply chain management: more than integrated logistics. Air Force Journal of Logistics. v. 31, n. 2, p. 55-63, 2007.
  • [27] SIMCHI-LEVI, D.; KAMINSKY, P.; SIMCHI-LEVI, E. Managing the supply chain: the definitive guide for the business professional. New York: McGraw-Hilll, 2003.
  • [28] THORPE, G. C. Logística Pura: a ciência da preparação para a guerra. Newport, RI, 1917.
  • [29] TURBAN, E.; McLEAN, E.; WETHERBE, J. Tecnologia da Informação para Gestão. Porto Alegre: Boowman, 2004.
  • [30] VERGARA, S. C. Projetos e relatório de pesquisa em administração. 14. ed. São Paulo: Atlas, 2013.
  • [31] WANKE, P. F. Gestão de Estoques na Cadeia de Suprimento: Decisões e Modelos Quantitativos. São Paulo: Atlas, 2011.
  • [32] WANKE, P. F.; CORREA, H. L. The relationship between the logistics complexity of manufacturing companies and their supply chain management. Gest. Prod., São Paulo, v. 24, n. 2, Jun. 2014. Disponível em . Acesso em: 13 dez 2014.
  • [33] YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 4 ed. Porto Alegre: Bookman, 2010.
Como citar:

Bezerra, Marcelo Reis; Mendonça, Bianca Gomes Soares Gonçalves de; "IMPACTOS DA UTILIZAÇÃO DE TI EM APOIO À ATIVIDADE LOGÍSTICA DE ABASTECIMENTO DE VIATURAS DA MARINHA DO BRASIL", p. 208-219 . In: Anais do XVIII Simpósio de Pesquisa Operacinal & Logística da Marinha. São Paulo: Blucher, 2016.
ISSN 2175-6295, ISBN: 2358-5498
DOI 10.5151/marine-spolm2015-140144

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações