Pôster - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

GASTROENTERITE AGUDA COM PIORA DO ESTADO GERAL POR FOCO INFECCIOSO EXTRAINTESTINAL

GASTROENTERITE AGUDA COM PIORA DO ESTADO GERAL POR FOCO INFECCIOSO EXTRAINTESTINAL

Lacotis, Ana Flavia ; Ardenghi, Beatriz Borro ; Olimpio, Mariana Morais; David, Isabela Rodrigues; Melo, Maria Clara Ferreira; esende, Juliana Lenza R; Leme Coutinho, Geraldo Gaspar Paes; Matiazzi, Lais Amanda ;

Pôster:

Justificativa

A gastroenterite aguda éuma inflamação do trato gastrointestinal que afeta o estômago e o intestinodelgado.Os sintomas são diarreia,vômitos,dor abdominal,febre,astenia edesidratação. Pode ser causada por vírus,bactérias,parasitas ou fungos.No casorelatado,o quadro de gastroenterite aguda teve piora do estado geral devido aum foco infeccioso extraintestinal,a Otite Média Aguda(OMA).

Objetivo(s)

O trabalho tem comoobjetivo apresentar um quadro de gastroenterite inicialmente sem alteração doestado geral da criança,mas que no sexto dia de evolução apresentou piora doestado geral devido a OMA,mostrando dessa forma,a necessidade de uma anamnese eexame físico detalhado para constatar a piora do quadro.

Método(s)

Desenvolveu-se um estudodescritivo,do tipo relato de caso,de uma paciente com gastroenterite agudaevoluindo com piora do estado geral,atendida no Pronto Atendimento Infantil naUnimed de São José do Rio Preto.

Resultado(s)

HS,feminino,1ano5meses,deuentrada no PA com queixa de febre,diarreia e vômito há 6 dias. Prescritoreidratante oral e dieta obstipante.Após tratamento,a frequência de evacuaçõesaumentou e a temperatura foi 39,1°C.Ao exame físico: irritada;olhosnormais;pulso cheio;turgor mantido;FC=120 bpm;FR=25irpm;T=39,1°C;Pulmões=murmúrio vesicular presente bilateralmente;Abdome=ruídoshidroaéreos presentes e levemente distendido;ausência de sinais de irritaçãomeníngea;Otoscopia=tímpano do ouvido direito abaulado, diminuição datransparência e presença de secreção amarela no ouvido médio.

Conclusão(ões)

A gastroenterite aguda éconsiderada a segunda causa de morte em menores de 5 anos no Brasil. Umaanamnese completa e exame físico é essencial para diagnosticar a doença ereconhecer a piora do quadro com a presença de OMA.Com o diagnóstico foipossível erradicar o foco infeccioso extraintestinal e evitar a disseminação dainfecção.

 

Pôster:

Justificativa

A gastroenterite aguda éuma inflamação do trato gastrointestinal que afeta o estômago e o intestinodelgado.Os sintomas são diarreia,vômitos,dor abdominal,febre,astenia edesidratação. Pode ser causada por vírus,bactérias,parasitas ou fungos.No casorelatado,o quadro de gastroenterite aguda teve piora do estado geral devido aum foco infeccioso extraintestinal,a Otite Média Aguda(OMA).

Objetivo(s)

O trabalho tem comoobjetivo apresentar um quadro de gastroenterite inicialmente sem alteração doestado geral da criança,mas que no sexto dia de evolução apresentou piora doestado geral devido a OMA,mostrando dessa forma,a necessidade de uma anamnese eexame físico detalhado para constatar a piora do quadro.

Método(s)

Desenvolveu-se um estudodescritivo,do tipo relato de caso,de uma paciente com gastroenterite agudaevoluindo com piora do estado geral,atendida no Pronto Atendimento Infantil naUnimed de São José do Rio Preto.

Resultado(s)

HS,feminino,1ano5meses,deuentrada no PA com queixa de febre,diarreia e vômito há 6 dias. Prescritoreidratante oral e dieta obstipante.Após tratamento,a frequência de evacuaçõesaumentou e a temperatura foi 39,1°C.Ao exame físico: irritada;olhosnormais;pulso cheio;turgor mantido;FC=120 bpm;FR=25irpm;T=39,1°C;Pulmões=murmúrio vesicular presente bilateralmente;Abdome=ruídoshidroaéreos presentes e levemente distendido;ausência de sinais de irritaçãomeníngea;Otoscopia=tímpano do ouvido direito abaulado, diminuição datransparência e presença de secreção amarela no ouvido médio.

Conclusão(ões)

A gastroenterite aguda éconsiderada a segunda causa de morte em menores de 5 anos no Brasil. Umaanamnese completa e exame físico é essencial para diagnosticar a doença ereconhecer a piora do quadro com a presença de OMA.Com o diagnóstico foipossível erradicar o foco infeccioso extraintestinal e evitar a disseminação dainfecção.

 

Palavras-chave: -,

Palavras-chave: -,

DOI: 10.5151/sabara2020-03

Referências bibliográficas
  • [1] -
Como citar:

Lacotis, Ana Flavia ; Ardenghi, Beatriz Borro ; Olimpio, Mariana Morais; David, Isabela Rodrigues; Melo, Maria Clara Ferreira; esende, Juliana Lenza R; Leme Coutinho, Geraldo Gaspar Paes; Matiazzi, Lais Amanda ; "GASTROENTERITE AGUDA COM PIORA DO ESTADO GERAL POR FOCO INFECCIOSO EXTRAINTESTINAL", p. 3 . In: Anais do 5º Congresso Internacional Sabará de Saúde Infantil. São Paulo: Blucher, 2020.
ISSN 2357-7282, DOI 10.5151/sabara2020-03

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações