Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

FERRAMENTAS DE VISUALIZAÇÃO NO CODESIGN: EXPERIMENTOS NA BIBLIOTECA PARQUE ESTADUAL DO RIO DE JANEIRO

Ibarra, María Cristina; Anastassakis, Zoy;

Artigo Completo:

Bruno Latour, no texto “A Cautious Prometheus?”, coloca um desafio para o design. Discutindo o sentido etimológico desta palavra, que faz referência a desenhar ou ainda a "drawing together", ele se pergunta como através da sua prática e seu vocabulário visual poderiam se criar 'coisas', no sentido heideggeriano do termo, ou seja, percebidas como agrupações sócio-materiais. Se entendemos o design como um processo de thinging, ou de coisificação, mudaríamos o foco nos usuários e na representação para os cidadãos e o público, e reconheceríamos que no seu decorrer criam-se materializações às que deve-se prestar atenção se queremos melhorar nosso entendimento da prática da disciplina. Partindo desse debate, o objetivo deste artigo é refletir sobre a contribuição de ferramentas de visualização como mapas mentais, diagramas, mapas conceituais, infográficos, apresentações etc., que se coisificam dentro do processo de codesign. Como estudo de caso é apresentado o projeto desenvolvido na Biblioteca Parque Estadual (BPE) do Rio de Janeiro no primeiro semestre de 2015 inserido no âmbito do Laboratório de Design e Antropologia da ESDI/UERJ em colaboração com o Center for Codesign Research (CODE) da The Royal Academy of Fine Arts (School of Design) de Copenhagen (Dinamarca).

Artigo Completo:

Palavras-chave: codesign; ferramentas de visualização; bibliotecas.,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/despro-ped2016-0083

Referências bibliográficas
  • [1] ANASTASSAKIS, Zoy. SZANIECKI, Barbara. "Conversation dispositifs: towards a transdisciplinary design anthropological approach" in Design Anthropological Futures. Smith, R.C; Otto, Ton; Vangkilde, K. T.; Halse, J.; Binder, T.; Kjaersgaard, M. G. (orgs). 2016
  • [2] APRESENTAÇÃO. Secretaria de Cultura. Disponível em http://www.cultura.rj.gov.br/apresentacao-espaco/biblioteca-parque-estadual-bpe. Acesso em 20 jul. 2015
  • [3] BINDER, T., Brandt, E., Ehn, P. and Halse, J. (2015) Democratic design experiments: between parliament and laboratory, CoDesign: International Journal of CoCreation in Design and the Arts, 11(3-4): 152- 165, 2015
  • [4] AAGAARD, Isabel; “Fitting the model through curiosity”. In: Democratic Design Experiments – Drawing things together with codesign. 1. Ed. Copenhagen: The Royal Danish Academy of Arts, Schools os Architecture, Design and Conservation, 2015
  • [5] BUZAN, Tony. Como criar mapas mentais. Edicoes Urano SA: Barcelona. 2004. Disponível em : http://www.orientacionandujar.es/wp-content/uploads/2013/07/buzan-tony-como-crear-mapas-mentales1.pdf
  • [6] COLANTONIO, Gaia; BONNARDOT, Zoé. “What are we doing here”. In: Democratic Design Experiments – Drawing things together with codesign. 1. Ed. Copenhagen: The Royal Danish Academy of Arts, Schools os Architecture, Design and Conservation, 2015
  • [7] GRAY, Dave. What is Visual Thinking?. Disponível em: http://xplaner.com/visual-thinking-school/. Acesso em 22 Abril 2016.
  • [8] GUNN, Wendy (ed.) Fieldnotes and sketchbooks: Challenging the boundaries between Descriptions and Processes of Drescribing. Franfurt Am Main: Peter Lang. 2009.
  • [9] Latour, Bruno (2008). “A Cautious Prometheus? A Few Steps Toward a Philosophy of Design (with Special Attention to Peter Sloterdijk)”. Keynote lecture. Networks of Design, Cornwall, GB: Design History Society
  • [10] LATOUR, Bruno. Um Prometeu cauteloso?: alguns passos rumo a uma filosofia do design (com especial atenção a Peter Slotedijk). Agitprop: revista brasileira de design, São Paulo, v. 6, n. 58, jul./ago. 2014.
  • [11] RITTEL, Horst (1973). “Dilemmas in a general theory of planning”. In Policy Sciences 4, pp. 155 – 169. Amsterdam: Elzevier.
  • [12] ROBERTS, Phil (2005)[1979]. “Of models, modelling and design: an applied philosophical enquiry”. In A framework for design and design education, pp. 22-33. Warwickshire, GB: Loughborough University.
  • [13] Simon, Herbert (1998). The sciences of the artificial. Cambridge, Ma: The MIT Press. 1998
  • [14] WUJEC, Tom. Three ways brain creates meaning. Disponível em: http://www.ted.com/talks/tom_wujec_on_3_ways_the_brain_creates_meaning/transcript?language=en#t-366157. Acesso em 22 abril 2016.
Como citar:

Ibarra, María Cristina; Anastassakis, Zoy; "FERRAMENTAS DE VISUALIZAÇÃO NO CODESIGN: EXPERIMENTOS NA BIBLIOTECA PARQUE ESTADUAL DO RIO DE JANEIRO", p. 969-980 . In: Anais do 12º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design [= Blucher Design Proceedings, v. 9, n. 2]. São Paulo: Blucher, 2016.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/despro-ped2016-0083

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações