Artigo completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

Fatores humanos e comunicação de saúde: a relação entre ergonomia cognitiva e design da informação

Human factors and health communication: the relationship between cognitive ergonomics and information design

Winkelmann, Caroline; Mager, Gabriela Botelho;

Artigo completo:

Através de uma RBS que investigou o que foi produzido no Brasil relacionando Ergonomia Cognitiva (EC) e Design da Informação (DI) com objetos gráficos de campanhas públicas de saúde, percebeu-se escassez de pesquisas relacionando as disciplinas. Tendo isto em vista, o presente artigo aborda estudos da memória e da Gestalt a fim de demonstrar colaborações que a EC pode trazer aos estudos de DI. A Gestalt é possivelmente a abordagem mais comum dentre designers sobre como o cérebro interpreta informações visuais perceptíveis pelas vias sensoriais. Há, no entanto, outros processos cognitivos e fatores humanos abordados pela Ergonomia Cognitiva relevantes para o Design da Informação no que diz respeito ao entendimento de como indivíduos percebem, compreendem e memorizam informações. Sabendo que processos cognitivos se interpolam, e que a memória e percepção das informações são duas funções que se influenciam, seria possível usar do DI para facilitar a memorização de informações sobre saúde? E como poderiam os estudos de fatores humanos da EC colaborarem com o DI neste aspecto? É proposto aqui, portanto, uma revisão introdutória das disciplinas a fim de demonstrar como o entendimento dos processos cognitivos pode acrescer ao DI e a comunicação de saúde para população.

Artigo completo:

Through an RBS that investigated what was produced in Brazil relating Cognitive Ergonomics (CE) and Information Design (ID) with graphic objects of public health campaigns, it was noticed a shortage of research relating the disciplines. With this in view, this article addresses memory and Gestalt studies in order to demonstrate collaborations that CE can bring to ID studies. Gestalt is possibly the most common approach among designers about how the brain interprets visual information perceptible through sensory pathways. There are, however, other cognitive processes and human factors addressed by Cognitive Ergonomics relevant to Information Design concerning the understanding of how individuals perceive, understand and memorize information. Knowing that cognitive processes interpolate, and that the memory and perception of information are two functions that influence each other, would it be possible to use ID to facilitate the memorization of health information? And how could the human factor studies of CE collaborate with ID in this regard? Here, therefore, an introductory review of the disciplines is proposed in order to demonstrate how the understanding of the cognitive processes can add to ID and the health communication for the population.

Palavras-chave: design da informação, ergonomia cognitiva, memória, Gestalt,

Palavras-chave: Information design, cognitive ergonomics, memory, Gestalt,

DOI: 10.5151/9cidi-congic-2.0076

Referências bibliográficas
  • [1] Association, Internacional Ergonomics. Definition and Domains of Ergonomics. Disponível em: . Acesso em: 18 nov. 2018.
  • [2] Correa, D. D., & Gorenstein, C. (1988). Bateria de testes de memória (I): critérios de elaboração e avaliação. Arquivos Brasileiros de Psicologia, v. 40, n. 2, p. 24-35
  • [3] Folha de São Paulo (2018). Sumido, Zé Gotinha é resgatado diante de baixa adesão para vacinação: Personagem de 32 anos tenta estimular prevenção contra a pólio e o sarampo. 2018. Disponível em: . Acesso em: 18 nov. 2018.
  • [4] Freire, K. M., & Oliveira, C. M. M. (2015). A criação de estratégia de comunicação para prevenção em saúde através do design centrado no ser humano. InfoDesign – Revista Brasileira de Design da Informação, v. 12, n. 3, p. 302-317.
  • [5] Gomes Filho, J. (2008). Gestalt do Objeto: Sistema de leitura visual da forma. 8. ed. São Paulo: Escrituras.
  • [6] Katz, J. (2012). Designing Information: Human Factors and Common Sense in Information Design. New Jersey, Published by John Wiley & Sons, Inc. Hoboken.
  • [7] Ministério da Saúde. Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais: Prevenção Combinada. Disponível em: . Acesso em: 30 set. 2018.
  • [8] Ministério da Saúde. Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais: “O Brasil tem um dos melhores programas de HIV/aids do mundo”, diz Drauzio Varella. Disponível em: . Acesso em: 30 set. 201
  • [9] Mourão Júnior, C. A., & Faria, N. C. (2015). Memoria. Psicologia: Reflexão e Crítica, v. 28, n. 4, p. 780-788.
  • [10] Padua, M. C., & Jorente, M. J. V. (2018). Design da Informação e Cognição: experiências confiáveis e significativas. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE DESIGN DA INFORMAÇÃO, 8., 2017, Natal. Proceedings... . [s.i.]: Blucher, 2018. p. 1107 - 1120.
  • [11] Pettersson, R. (2017). Gestalt Principles. In: BLACK, Alison et al. (Ed.). Information design: research and practice. Taylor & Francis.
  • [12] Pettersson, R. (2012). Information Design 3: Image Design. Viena: Internacional Institute For Information Design.
  • [13] Pettersson, R. (2012). It Depends: Principles and Guidelines. Viena: Internacional Institute For Information Design.
  • [14] Pettersson, R. (2013). Information Design 5: Cognition. Viena: Internacional Institute For Information Design.
  • [15] Shedroff, N. (1999). Information interaction design: a unified field theory of design. In: Jacobson, R. (ed.). Information design. Cambridge (MA): The MIT Press.
  • [16] Sternberg, R. J. (2010). Psicologia Cognitiva. São Paulo: Cengage Learning.
  • [17] Twyman, M. (1985). Using pictorial language: a discussion of the dimensions of the problem. In T. M. Dufty and R. Waller (eds.) Designing usable texts. Orlando, Florida: Academic Press, p. 245-312.
Como citar:

Winkelmann, Caroline; Mager, Gabriela Botelho; "Fatores humanos e comunicação de saúde: a relação entre ergonomia cognitiva e design da informação", p. 603-611 . In: Anais do 9º CIDI | Congresso Internacional de Design da Informação, edição 2019 e do 9º CONGIC | Congresso Nacional de Iniciação Científica em Design da Informação. São Paulo: Blucher, 2019.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/9cidi-congic-2.0076

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações