Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

EXTRAÇÃO DE AÇÚCARES DA BETERRABA SACARINA (BETA VULGARIS L.)

MARTINS, J. M.; FERREIRA, J. C.; FINZER, J.R.; BEGNINI, M. L.;

Artigo Completo:

Com o passar dos anos o etanol começou a ganhar espaço no cenário mundial, como um combustível alternativo a gasolina. Nesse sentido a beterraba sacarina (Beta Vulgaris L.) surge como matéria prima na produção de biocombustíveis. Este trabalho tem como objetivo avaliar a eficiência do método utilizado na extração de sacarose da beterraba sacarina cultivada com sementes importadas da Europa. Na caracterização da beterraba foram efetuadas medidas em duplicata. Para uma massa de beterraba foi quantificado o volume e a densidade média de 1,014 g/mL. Na desintegração da beterraba e extração com água a temperatura de 70°C, uma massa de 608 g foi seccionada em fatias com espessura aproximada de 1 cm e adicionadas a um multiprocessador. Foi usada uma preparação de beterraba/água de 1,2, que foi a quantidade de água suficiente para gerar uma polpa uniforme. Após o processamento a polpa foi filtrada obtendo um volume de solução de 996 mL. Utilizando um refratômetro calibrado quantificou-se um grau Brix em 4% e a solução apresentou pH igual a 7. Os resultados obtidos foram o AR igual a 9 e o ART de 23,7 g. Portanto, a beterraba sacarina consiste de uma promissora matéria-prima para sacarose a ser fermentada para produção de etanol.

Artigo Completo:

Palavras-chave: etanol,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeqic2017-325

Referências bibliográficas
  • [1] BRASIL. O futuro da indústria:biodiesel. Coletânea de artigos/coordenadores José Ricon Ferreira, Carlos Manuel Pedroso Neves Cristo. Brasília: MDIC, 2006.
  • [2] GARDÉ, Alberto H. Beterraba sacarina. 5. ed. Santelmo: Agricultura Moderna, 1978. 94 p.
  • [3] GNANSOUNOU, E. Fuel Ethanol – Current Status and Outlook, em: Pandey, A., 2009, Handbook of Plant-Based Biofuels, Estados Unidos da América: Taylor & Francis Group, Cap. 5.
  • [4] NUNES, M. U. C. Produtividade de beterraba em dois sistemas de cultivo. Embrapa Acre.1986.
  • [5] PEDRO, F. Análises em controle e qualidade dos produtos sucroalcooleiros. SP. 2013.
  • [6] SCHMIDELL, W. LIMA, U. A. AQUARONE, E. BORZANI, W.Biotecnologia industrial: volume 3:Processos fermentativos e enzimáticos. Editora Edgard Blücher LTDA. São Paulo-SP, 2001.
  • [7] TIVELLI, Sebastião Wilson et al. Beterraba: Do plantio a comercialização. Campinas: Instituto Agronômico, 2011. 45 p.
  • [8] TREYBAL, R. E. Mass-transfer operations. 3. ed. McGraw-Hill. 1980. 784p.
Como citar:

MARTINS, J. M.; FERREIRA, J. C.; FINZER, J.R.; BEGNINI, M. L.; "EXTRAÇÃO DE AÇÚCARES DA BETERRABA SACARINA (BETA VULGARIS L.)", p. 1844-1849 . In: Anais do XII Congresso Brasileiro de Engenharia Química em Iniciação Científica [=Blucher Chemical Engineering Proceedings, v. 1, n.4]. ISSN Impresso: 2446-8711. São Paulo: Blucher, 2017.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeqic2017-325

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações