Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

EXPERIÊNCIAS NO ESTÁGIO SUPERVISIONADO E MUDANÇA NAS TRAJE-TÓRIAS DE FORMAÇÃO E ATUAÇÃO DE DOIS GRADUANDOS EM LETRAS PORTUGUÊS-INGLÊS

PEREIRA, Paula Graciano;

Artigo Completo:

Este artigo tem como objetivo apresentar e discutir as percepções e posturas de dois graduan-dos em Letras Português-Inglês relativas à docência em língua inglesa. Visamos, ainda, anali-sar como essas posturas e atitudes vão se modificando ao longo do semestre letivo e qual a influência das experiências vivenciadas na disciplina de estágio supervisionado no engendra-mento dessas mudanças. Este trabalho tem como pressupostos teóricos os estudos relativos à formação de professores de língua estrangeira numa perspectiva crítica (HAYAMA, 2008; OLIVEIRA; FIGUEIREDO, 2013; PEREIRA, 2013), sobretudo aqueles concernentes ao estágio supervisionado (BARROS; SILVA, 2011; COSTA, 2012; PIMENTA; LIMA, 2012). Adotando uma abordagem qualitativa de coleta e análise dos dados, este estudo de caso foi conduzido no primeiro semestre de 2010, em uma universidade pública. Foram utilizados co-mo instrumentos de coleta de dados obervações de aulas com notas de campo, transcrições de gravações em áudio e vídeo de entrevista, sessões de orientação e planejamento e sessões re-flexivas. Observamos que os participantes percorrem caminhos opostos em relação ao estágio supervisionado, indo do otimismo à desistência e, por outro lado, da negação de realizar as atividades ao comprometimento com a docência. Entre as conclusões obtidas, observamos que os participantes apresentam concepções, posturas e atitudes variadas e, muitas vezes, contradi-tórias, que sofrem influência de variáveis, sobretudo, de ordem pessoal.

Artigo Completo:

Palavras-chave: formação de professores; estágio; mudança,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/edupro-clafpl2016-051

Referências bibliográficas
  • [1] COSTA, E. G. M. Práticas de letramento crítico na formação de professores de línguas es-trangeiras. Revista Brasileira de Linguística Aplicada, v. 12, n. 4, p. 911-932, 2012.
  • [2] FREIRE, M. M. O estágio de observação e a formação docente sob a perspectiva da comple-xidade. In: SILVA, K. A.; DANIEL, F. G.; KANEKO-MARQUES, S. M.; SALOMÃO, A. C. B. (Org.). A formação de professores de línguas: novos olhares. V. 1. Campinas, SP: Pon-tes, 2011. p. 265-284.
  • [3] HAYAMA, P. M. Alunos-professores e professores-alunos: o trabalho em grupo no estágio supervisionado. 2008. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade de São Paulo, Fa-culdade de Educação, São Paulo, 2008.
  • [4] HUBERMAN, M. O ciclo da vida profissional de professores. In: NÓVOA, A. (Org.). Vidas de professores. Porto: Porto Editora, 2000. p. 31-61.
  • [5] JORDÃO, C. M.; FOGAÇA, F. C. Critical literacy in the English language classroom. D.E.L.T.A., v. 28, n. 1, p. 69-84, 2012.
  • [6] OLIVEIRA, H. F.; FIGUEIREDO, F. J. Q. O que o “não” nos diz: narrativas de licenciados em Letras que não se tornaram professores. In: OLIVEIRA, H. F.; BICALHO, P. S. S.; MI-RANDA, S. C. (Org.). Educação e diversidade: múltiplos olhares. Anápolis: Universidade Estadual de Goiás, 2013. p. 111-138.
  • [7] PENNYCOOK, A. A linguística aplicada nos anos 90: em defesa de uma abordagem crítica. In: SIGNORINI, I; CAVALCANTI, M. C. (Org.). Linguística aplicada e transdisciplinarida-de. Campinas, SP: Mercado das Letras, 1998. p. 23-49.
  • [8] PESSOA, R. R. Formação crítica de professores de línguas estrangeiras. In: SILVA, K. A.; DANIEL, F. G.; KANEKO-MARQUES, S. M.; SALOMÃO, A. C. B. (Org.). A formação de professores de línguas: novos olhares. V. 1. Campinas, SP: Pontes, 2011. p. 31-47.
  • [9] PESSOA, R. R.; URZÊDA-FREITAS, M. T. Ensino crítico de línguas estrangeiras. In: FI-GUEIREDO, F. J. Q. (Org.). Formação de professores de línguas estrangeiras: princípios e práticas. Goiânia: Editora da UFG, 2012. p. 57-80.
  • [10] SANTOS, H. M. O estágio curricular na formação de professores: diversos olhares. 2005. Disponível em: . Acesso em: 02 maio 2013.
  • [11] SILVA, B. R. S. Estágio supervisionado de LE: um estudo de caso sobre a formação universi-tária de professores de inglês na UFG. 2008. Tese (Doutorado em Letras e Linguística) – Fa-culdade de Letras, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2008.
  • [12] SZUNDY, P. T. C. Zones of conflicts and potentialities in the process of becoming an EFL teacher. Revista Brasileira de Linguística Aplicada, v. 12, n. 3, p. 511-531, 20
  • [13] URZÊDA-FREITAS, M. T. Educando para transgredir: reflexões sobre o ensino crítico de línguas estrangeiras/inglês. Trabalhos em Linguística Aplicada, v. 51, n. 1, p. 77-98, jan./jun. 2012.
Como citar:

PEREIRA, Paula Graciano; "EXPERIÊNCIAS NO ESTÁGIO SUPERVISIONADO E MUDANÇA NAS TRAJE-TÓRIAS DE FORMAÇÃO E ATUAÇÃO DE DOIS GRADUANDOS EM LETRAS PORTUGUÊS-INGLÊS", p. 643-654 . In: . São Paulo: Blucher, 2017.
ISSN 2318-695X, DOI 10.5151/edupro-clafpl2016-051

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações