Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

ESTUDO DA VIABILIDADE DE APLICAÇÃO DO CARVÃO ATIVADO DE OSSOS BOVINOS PARA DEFLUORETAÇÃO DE ÁGUA SUBTERRÂNEA

COSTA, I. C. S.; FONSECA, M. E. O.; MESQUITA, P. L.;

Artigo Completo:

A escassez de água é um problema que afeta diversas regiões no mundo e que se torna mais crítico em regiões mais pobres. Neste contexto, água do tipo subterrânea se torna em algumas dessas regiões a mais importante ou mesmo única fonte de água para consumo da população. Entretanto, esse tipo de água não se encontra, na maioria das vezes, adequada aos padrões de potabilidade, ou seja, própria para consumo. O fluoreto é um exemplo de substância que pode ser encontrado nessas águas e que se presente em concentrações superiores a 1,5 mg/L, pode causar fluorose dentária e esquelética, além de doenças nas glândulas endócrinas, fígado e tireoide. Assim, este trabalho tem como objetivo estimar o custo operacional decorrente da implantação no tratamento da água de uma etapa de defluoretação com carvão ativado de ossos bovinos. Esse tipo de carvão ativado apresenta maior capacidade de adsorção de fluoreto e menor custo em relação ao carvão ativado convencional. A estimativa foi realizada para algumas cidades pertencentes ao denominado Polígono das Secas no estado de Minas Gerais. Nessas cidades o abastecimento era proveniente de fonte de água subterrânea com concentração de fluoreto superior aos padrões estabelecidos. Os resultados obtidos mostraram que a aplicação do carvão de osso no processo de adsorção de fluoreto é mais viável quando comparado ao uso de carvão ativado convencional.

Artigo Completo:

Palavras-chave: água subterrânea,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeqic2017-303

Referências bibliográficas
  • [1] ABE, I. et al. Adsorption of fluoride ions onto carbonaceous materials. Journal of Colloid and Interface Science 275, p. 35–39, 2004.
  • [2] Alphacarbo. Disponível em: http://alphacarbo.com.br/. Acesso em: 23 de janeiro de 2014.
  • [3] Bonechar do Brasil – Carvão Ativado. Disponível em: http://www.bonechar.com.br. Acesso em: 13 de janeiro de 2014.
  • [4] DINIZ, LUCIANA GALUPPO. O flúor nas águas subterrâneas do estado de Minas Gerais. Dissertação (Mestrado em Geologia). Universidade Federal de Minas Gerais – Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geologia. Belo Horizonte, 2006.
  • [5] Guaramex. Disponível em: http://www.guaramex.com.br/. Acesso em: 23 de janeiro de 2014.
  • [6] Leyva-Ramos, R. et al. Kinetic modeling of fluoride adsorption from aqueous solution onto bone char. Chemical Engineering Journal 158, p. 458–467, 2010.
  • [7] MEDELLIN-CASTILLO, N.A et al. Adsorption of Fluoride from Water Solution on Bone Char. Ind. Eng. Chem. Res. 46, p. 9205-9212, 200
  • [8] Ministério da Saúde. Portaria MS n.º 518/2004. Série E. Legislação de Saúde. Brasília – DF, 2005.
  • [9] Relatório Anual de Qualidade de Água, COPASA. Disponível em: http://www2.copasa.com.br/servicos/relatorioqualidade/consulta.asp. Acesso: 12 de maio de 2014.
  • [10] RIBEIRO, M.V. Uso de carvão de osso bovino na defluoretação de água para uso em abastecimento público. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Minas Gerais. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Metalúrgica e de Minas. Belo Horizonte, MG, 2011.
  • [11] TCHOMGUI-KAMGA E.; NGAMENI E.; DARCHEN A. Evaluation of removal efficiency of fluoride from aqueous solution using new charcoals that contain calcium compounds. Journal of Colloid and Interface Science 346 (2010) 494–499.
  • [12] TOVAR-GÓMEZ, R. et al. Modeling of fixed-bed adsorption of fluoride on bone char using a hybrid neural network approach. Chemical Engineering Journal 228, p. 1098–1109, 2013.
Como citar:

COSTA, I. C. S.; FONSECA, M. E. O.; MESQUITA, P. L.; "ESTUDO DA VIABILIDADE DE APLICAÇÃO DO CARVÃO ATIVADO DE OSSOS BOVINOS PARA DEFLUORETAÇÃO DE ÁGUA SUBTERRÂNEA", p. 1713-1718 . In: Anais do XII Congresso Brasileiro de Engenharia Química em Iniciação Científica [=Blucher Chemical Engineering Proceedings, v. 1, n.4]. ISSN Impresso: 2446-8711. São Paulo: Blucher, 2017.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeqic2017-303

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações