setembro 2018 vol. 1 num. 5 - XXII Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Pôster - Open Access.

Idioma principal

ESTUDO DA REUTILIZAÇÃO DO BAGAÇO DE LARANJA

MORAES, J. C; CRESTANI, C. E;

Pôster:

O processamento da laranja para a extração do suco gera o bagaço comoresíduo agroindustrial, representando cerca de 50% do volume total da fruta, sendocomposto por casca, semente e polpa. A utilização do bagaço de laranja fornecebenefícios de ordem econômica e ambiental, e torna-se relevante a caracterização domaterial. Neste trabalho, o bagaço proveniente da região de Matão-SP foicaracterizado quanto as propriedades químicas, tendo em vista a busca pela ampliaçãodo seu aproveitamento. As análises químicas foram realizadas utilizando-se normasTAPPI e NREL específicas para materiais lignocelulósicos, e mostraram que o bagaçode laranja contém, em massa seca, 2,9±0,2% de cinzas, 12,3±0,9% de umidade,19,3±0,9% de extrativos em solvente, 38,5±1,5% de celulose, 33,1±2,0% deholocelulose, 24,0±2,0% de hemicelulose e 2,9±0,5% de lignina. A proveitosacomposição química e nutricional do bagaço de laranja possibilita a sua aplicação, porexemplo, nas áreas de novos materiais e nanotecnologia.

Pôster:

Palavras-chave: ,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/cobeq2018-PT.0079

Referências bibliográficas
  • [1] AWAN, A. T. Orange bagasse as biomass for 2G-ethanol production. 2013. Tese (Doutorado em Ciências). Instituto de Química da Universidade Estadual de Campinas, Campinas. CYPRIANO, D. Z.; SILVA, L. L.; MARINO, M.A.; TASIC, L. A biomassa da laranja e seus subprodutos. Revista Virtual de Química, v. 9, n. 1, nov. 2016. LIMA, U. A. Matérias-primas dos alimentos. São Paulo: Blucher, 2010. MARTINI, P. R. R. Conversão pirolítica de bagaço residual da indústria de suco de laranja e caracterização química dos produtos. 2009. Dissertação (Mestrado em Química). Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria. MELO, P. S.; BERGAMASCHI, K. B.; TIVERON, A. P.; MASSARIOLI, A. P.; ODONI, T. L. C.; ZANUS, M. C.; PEREIRA, G. E.; ALENCAR, S. M. Composição fenólica e atividade antioxidante de resíduos agroindustriais. Ciência Rural, v. 41 n. 6, p. 1088-1093, jun. 201 MENDONÇA, L. M. V. L.; CONCEIÇÃO, A.; PIEDADE, J.; CARVALHO, V. D.; THEODORO, V. C. A. Caracterização da composição química e do rendimento dos resíduos industriais do limão Thaiti (Citrus latifólia Tanaka). Ciência Tecnológica de Alimentos, v. 26, n. 4, p. 870-874, out-dez. 2006. MENEGHETTI, C. C.; DOMINGUES, J. L. Características nutricionais e uso de subprodutos da agroindústria na alimentação de bovinos. Revista Eletrônica Nutritime, v. 5, n. 2, p. 512-536, mar. 2008. MORAIS, J. P. S.; ROSA, M. F.; MARCONI, J. M. Procedimentos para análise lignocelulósica. Campina Grande: Embrapa Algodão, 2010. OBEROI, H. S.; VADLANI, P. V.; MALD, R. L.; SAIDA, L.; ABEYKOON, J. P. Ethanol production from Orange peels: two-stage hydrolysis and fermentation studies using optimized paramenters through experimental design. Journal of Agricultural and Food Chemistry Article, v. 58, n. 6, p. 3422- 3429, 2010. OROZCO, R. S.; HERNÁNDEZ, P. B.; MORALES, G. R.; NÚÑEZ, F. U.; VILLAFUERTE, J. O.; LUGO, V. L.; RAMÍREZ, N. F.; DÍAZ, C. E.B.; VÁZQUEZ, P. J. Characterization of lignocellulosic fruit waste as an alternative feedstock for bioethanol bioduction. BioResources, v. 9, n. 2, p. 1873- 1885, 2014. RETORE, M.; SILVA, L. P.; TOLEDO, G. S. P.; ARAUJO, I. G. Efeito da fibra de coprodutos agroindustriais e sua avaliação nutricional para coelhos. Arq. Bras. Med. Vet. Zootec. , v. 62, n. 5, p. 1232-1240, 2010. REZZADORI, K.; BENEDETTI, S. Proposições para valorização de resíduos do processamento do suco de laranja. In.: International Workshop Advances in Cleaner Production, 2009. RIVAS, B.; TORRADO, A.; TORRE, P.; CONVERTI, A.; DOMINGUEZ, J. M. Submerged citric acid fermentation on orange peel autohydrolysate. Journal of Agricultural and Food Chemistry, v. 56, p. 2380-2387, 2008. VALENÇA, R. L.; FERREIRA, A. C. D.; SANTOS, A. C. P.; SILVA, B. C. D.; SANTOS, G. R. A.; OLIVEIRA, E. S. Composição química e perdas em silagem de bagaço de laranja pré-seco. Boletim de Indústria Animal, v. 73, n. 3, p. 206-211, 2016.
Como citar:

MORAES, J. C; CRESTANI, C. E; "ESTUDO DA REUTILIZAÇÃO DO BAGAÇO DE LARANJA", p. 257-260 . In: . São Paulo: Blucher, 2018.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/cobeq2018-PT.0079

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações