Setembro 2018 vol. 1 num. 5 - XXII Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Pôster - Open Access.

Idioma principal

ESTUDO DA INFLUÊNCIA DAS VARIÁVEIS DE PLANTIO NO TEOR DE EXTRATIVOS NA MADEIRA DO EUCALIPTO A PARTIR DA ANÁLISE DE COMPONENTE PRINCIPAL

VIANA, B. N.; PONTES, K. V.;

Pôster:

Os extrativos presentes na madeira de eucalipto geram dificuldades nocozimento pois implicam em alta demanda de químicos e liberam efluentes com maiorcarga química ao meio ambiente. Esta pesquisa tem como objetivo identificar os fatoresassociados ao plantio do eucalipto que mais colaboram para o aumento no teor deextrativos na madeira de clones de eucalipto do Extremo-Sul da Bahia. Utiliza-se aanálise de componente principal (PCA – Principal Component Analysis) para avaliar asseguintes variáveis: região de plantio; matéria orgânica; pH; índice de precipitação;nível; média de idade e clones. A variabilidade dos dados é descrita por três componentesprincipais, os quais indicam que a região, o pH e a matéria orgânica (0-20 cm) são asvariáveis que mais impactam no teor de extrativos de madeira de eucalipto. 

Pôster:

Palavras-chave: ,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/cobeq2018-PT.0658

Referências bibliográficas
  • [1] BAROUTIAN, S et al. Transformation and removal of wood extractives from pulp mill sludge using wet oxidation and thermal hydrolysis. Bioresource Technology, v. 146, p. 294-300, 2013. CHAMORRO, S et al. Chemical characterization of organic microcontaminant sources and biological effects in riverine sediments impacted by urban sewage and pulp mill discharges. Chemosphere, v. 90, p. 611-619, 2013. COLODETTE, J, GOMES, F. Branqueamento de polpa celulósica: da produção da polpa marrom ao produto acabado. Viçosa: Editora UFV, 2015. COLOMA, J et al. Effect of albino Ophiostoma strains on Eucalyptus nitens extractives. Maderas, Ciencia y tecnologia, v. 17, p. 161-170, 2015. CPRM. Mapa Geodiversidade do Estado da Bahia. Disponível em < http://www.cprm.gov.br/publique/media/geodiversidade_bahia.pdf>. Acesso: Março de 2018. FERCHIOU, A et al. Analyse de la structure factorielle de la version brève du questionnaire de personnalité schizotypique (SPQ-B) – format Likert – en population générale em France. L’Encéphale, 2016. GUAZZOTTI, V et al. Screening for Chemicals in Paper and Board Packaging for Food Use:Chemometric Approach and Estimation of Migration. Packaring Technology & Science, v. 28, p. 385-395, 2014. KILULYA, K et al. Effect of site, species and tree size on the quantitative variation of lipophilic extractives in Eucalyptus woods used for pulping in South Africa. Industrial crops and products, v. 56 p. 166 -174, 2014. LTIFI, A et al. Spatial and Temporal Variation of Parameters in Wadi Andlou, TunisiaPollution by Pulp Mill Discharge. CLEAN – Soil, Air, Water, v. 45, 2017. O´ROURKE, N et al. A Step-by-Step Approach to Using SAS for Univariate & Multivariate Statistics. Cary: SAS Institute, 2005. RAINER, R et al. Boron accumulation and tolerance of hybrid poplars grown on B-laden mixed paper mill waste landfill. Science of the Environment, v. 447, p. 515-524, 2013. SARTO, C, SANSIGOLO, C. Cinética da remoção dos extrativos da madeira de Eucalyptus grandis durante a polpação. Acta Scientiarum. Technology, v. 32, p. 227-235, 2010. SILVA, F et al. Aplicação de aerogéis para remoção de pitch na indústria de celulose e papel. The Journal of Engineering and Exact Sciences, v. 3, p. 573-583, 2017. SILVÉRIO, F et al. Metodologia de extração e determinação do teor de extrativos em madeiras de eucalipto. Revista Árvore, v. 30, p. 1009-1016, 2006.
Como citar:

VIANA, B. N.; PONTES, K. V.; "ESTUDO DA INFLUÊNCIA DAS VARIÁVEIS DE PLANTIO NO TEOR DE EXTRATIVOS NA MADEIRA DO EUCALIPTO A PARTIR DA ANÁLISE DE COMPONENTE PRINCIPAL", p. 2486-2489 . In: . São Paulo: Blucher, 2018.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/cobeq2018-PT.0658

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações