Poster - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

Estudantes deficientes e não deficientes: Similaridades e divergências nas operações sob a luz da Teoria da Atividade

Disabled and non-disabled students: Similarities and differences in operations in light of Activity Theory

Branco, Janaína; Campello, Silvio Barreto;

Poster:

O presente trabalho teve como alicerce teórico e metodológico a Teoria da Atividade, que tem como sua divisão de níveis: a atividade, as ações e as operações. Essa obra tem como foco observar, registrar e analisar as operações desenvolvidas por dois estudantes do ensino fundamental 1, onde um deles é deficiente cognitivo e o outro não. Durante o decorrer da pesquisa todos os fatos e detalhes foram cuidadosamente observados e registrados, visto que as particularidades que ocorreram em cada experimento podem alterar de forma abrupta o resultado final. Foi desenvolvido um sistema representativo da atividade, baseado no modelo formulado por Engestronm, de modo a representar graficamente tudo aquilo que permeia a teoria da atividade, como objetivos, divisão do trabalho, regras, comunidade, ferramentas e sujeito(s). Em sua totalidade, o experimento assim como sua análise servem de embasamento para novos estudos acerca da temática abordada.

Poster:

This work has as theoretical and methodological foundation to Activity Theory, which has as its levels of division: activity, actions and operations. This work focuses observe, record and analyze the operations developed by two students from elementary school 1, where one of them is cognitively disabled and the other not. During the course of research, all the facts and details were carefully observed and recorded, since the particular events that occurred in each experiment can change abruptly the final result. A representative system of activity, based on the model formulated by Engestronm in order to graphically represent everything that compounds part of activity theory, as objectives, division of labor, rules, community, tools and subject (s). In its entirety, the experiment and its analysis serve as a basis for further studies about the theme.

Palavras-chave: teoria da atividade, educação, deficiência cognitiva, Activity theory, education, cognitive impairment.,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/designpro-CIDI2015-cidi_224

Referências bibliográficas
  • [1] BRASIL. Congresso Nacional. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – Lei n. º 9.394/96, de 20 de dezembro de 1996. Diário Oficial da União, 23 de dezembro de 1996.
  • [2] CAMPELLO, Silvio. 2009. Aprendizagem mediada por computador. In Andlt;http://www.agner.com.br/download/artigos/Selected%20Readings%20on%20Information%20Design.pdf Andgt; 10/07/2013
  • [3] LEONTIEV, A. N. 1994. Os princípios psicológicos da brincadeira pré-escolar. In: Vygostky, L.S.; Luria, A. R; Leontiev. A. N. (Orgs.), Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. São Paulo: Moraes.
  • [4] PORTUGAL, Cristina. 2013. Design, Educação e Tecnologia. Rio de Janeiro: 2AB.
  • [5] VYGOTSKY, L. S. 2007. A formação social da mente: o desenvolvimento dos processos psicológicos superiores, 7ª Ed. São Paulo: Martins Fontes.
  • [6] PESSOA COM DEFICIÊNCIA, Curitiba. Disponível em: http://www.pessoacomdeficiencia.curitiba.pr.gov.br/conteudo/terminologia/116 Acessado em 01 de Fevereiro de 2014.
Como citar:

Branco, Janaína; Campello, Silvio Barreto; "Estudantes deficientes e não deficientes: Similaridades e divergências nas operações sob a luz da Teoria da Atividade", p. 1199-1207 . In: . In: C. G. Spinillo; L. M. Fadel; V. T. Souto; T. B. P. Silva & R. J. Camara (Eds). Anais do 7º Congresso Internacional de Design da Informação/Proceedings of the 7th Information Design International Conference | CIDI 2015 [Blucher Design Proceedings, num.2, vol.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2318-6968, ISBN: 978-85-8039-122-0
DOI 10.5151/designpro-CIDI2015-cidi_224

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações