Setembro 2018 vol. 1 num. 5 - XXII Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Pôster - Open Access.

Idioma principal

ESTABILIZAÇÃO DE LECITASE ULTRA POR IMOBILIZAÇÃO EM SUPORTE MACROPOROSO

PINHEIRO, M. P; FERNANDEZ-LAFUENTE, R; GONÇALVES, L. R. G; SANTOS, J. C. S; , ;

Pôster:

A enzima Lecitase Ultra foi imobilizada através de diferentes estratégias no suporte Immobead-350 com o intuito de avaliar os parâmetros de imobilização e a estabilidade térmica e em solvente dos biocatalisadores produzidos. Foram estudadas as melhores condições de imobilização nos pHs 7 e 10. Através dos parâmetros avaliados, observou-se que o biocatalisador formado pela imobilização da enzima direto a pH 7 (durante 3 horas) apresentou a maior atividade do derivado ( 16,1 U/g), contudo as demais preparações também exibiram elevadas atividades. No ensaio de inativação térmica e na presença de solvente, o derivado Leci-2p (24 h/pH10) foi considerado o mais estável, pois apresentou elevados tempos de meia-vida em todas as condições, sendo maior que os demais a pH 10 (50 °C) e na presença de acetonitrila 30 % (t1/2 = 61,9 e 198 minutos, respectivamente).

Pôster:

Palavras-chave: enzima Lecitase Ultra,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/cobeq2018-PT.0895

Referências bibliográficas
  • [1] BEZERRA, C. S. et al. Enzyme immobilization onto renewable polymeric matrixes: Past, present, and
  • [2] future trends. Journal of Applied Polymer Science, v. 42125, p. 1–15, 2015.
  • [3] DHAKE, K. P. et al. Immobilization of steapsin lipase on macroporous immobead-350 for biodiesel
  • [4] production in solvent free system. Biotechnology and Bioprocess Engineering, v. 17, n. 5, p. 959–
  • [5] 965, 2012.
  • [6] DOS SANTOS, J. C. S. et al. Immobilization of CALB on activated chitosan: Application to
  • [7] enzymatic synthesis in supercritical and near-critical carbon dioxide. Biotechnology Reports, v. 14, p.
  • [8] 16–26, 2017.
  • [9] GARCIA-GALAN, C. et al. Potential of Different Enzyme Immobilization Strategies to Improve
  • [10] Enzyme Performance. Advanced Synthesis & Catalysis, v. 353, n. 16, p. 2885–2904, 2011.
  • [11] GARCIA-GALAN, C. et al. Tuning of Lecitase features via solid-phase chemical modification: Effect
  • [12] of the immobilization protocol. Process Biochemistry, v. 49, n. 4, p. 604–616, 2014a.
  • [13] GARCIA-GALAN, C. et al. Evaluation of styrene-divinylbenzene beads as a support to immobilize
  • [14] lipases. Molecules, v. 19, n. 6, p. 7629–7645, 2014b.
  • [15] MATTE, C. R. et al. Physical-Chemical Properties of the Support Immobead 150 Before and After the
  • [16] Immobilization Process of Lipase. J. Braz. Chem. Soc, v. 28, n. 8, p. 1430–1439, 2017.
  • [17] SADANA, A.; HENLEY, J. P. Analysis of enzyme deactivations by a series-type mechanism:
  • [18] influence of modification on the activity and stability of enzymes. Ann N Y Acad Sci, v. 501, p. 73–
  • [19] 79, 1987.
Como citar:

PINHEIRO, M. P; FERNANDEZ-LAFUENTE, R; GONÇALVES, L. R. G; SANTOS, J. C. S; , ; "ESTABILIZAÇÃO DE LECITASE ULTRA POR IMOBILIZAÇÃO EM SUPORTE MACROPOROSO", p. 3386-3389 . In: . São Paulo: Blucher, 2018.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/cobeq2018-PT.0895

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações