Dezembro 2016 vol. 3 num. 1 - VII Encontro Científico de Física Aplicada

Artigo - Open Access.

Idioma principal

Ensinando Física através da Gamificação

PAGANINI, Érico Rodrigues; BOLZAN, Márcio de Souza;

Artigo:

Esse artigo faz uma breve revisão bibliográfica a respeito da Gamificação e suas aplicabilidades. Através da pesquisa realizada foi possível concluir que a gamificação é uma técnica muito utilizada em diversos setores de empresas enquanto que na educação esse método ainda esta começando a ser estudado. Detectou-se também que existem exemplos onde a técnica de gamificação foi aplicada com sucesso. Com pesquisa realizada, os autores desse artigo propõem a inclusão do método da Gamificação no Ensino da disciplina Física utilizando como interface de potencialização dos mecanismos da Gamificação um programa de computador feito com a linguagem de programação C++. A ferramenta desenvolvida mostrou-se muito promissora tendo em vista as diversas possibilidades e a facilidade de aplicação agregada.

Artigo:

This article does a brief literature review about Gamification and the aim of this analysis is to discourse about its applicability. Throughout the research it was verified that the Gamification is a method used in many organizations, whereas in the education sector this method is still not very well researched. And also authors were able to detect that this technique can be successfully applied with success. With the research made, the researches propose that the Gamification should be applied by teaching the subject of Physics for example in universities and the interface between Gamification and education should be operated using the C++ programing language. This developed instrument has proven efficiency in many different ways and can support aggregated applicability.

Palavras-chave: Gamificação, Ensino, Física,

Palavras-chave: Gamification, Teaching, Physics,

DOI: 10.5151/phypro-vii-efa-004

Referências bibliográficas
  • [1] VIANNA, Y; et.al. Gamification, Inc: Como reinventar empresas a partir de jogos. Rio de Janeiro: MJV Press, 2013.
  • [2] ZICHERMANN, Gabe; CUNNINGHAM, Christopher. Gamification by Design: Implementing Game Mechanics in Web and Mobile Apps. Sebastopol, CA: O’Reilly Media, Inc. 2011.
  • [3] HUOTARI K.; HAMARI J, “Defining gamification: a service marketing perspective”, In Proceedings of the 16th International Academic MindTrek Conference, October 3-5, 2012, Tampere, Finland, ACM, pp. 17-22.
  • [4] MCGONIGAL, J. Game. Disponível em . Acesso em 12 de Jun. 2016.
  • [5] MCGONIGAL, J. 100 Ways to Make History. Disponível em Acesso em 12 de Jun. 2016.
  • [6] Don’t Threaten Me With A Good Time, United States. Disponível em Acesso em 12 Jun. 201
  • [7] VIANNA, Y; et.al. Gamification, Inc: Como reinventar empresas a partir de jogos. Rio de Janeiro: MJV Press, 2013. In: MCGONIGAL, J. A realidade em jogo: porque os games nos tornam melhores e como eles podem mudar o mundo. Rio de Janeiro: Best Seller, 2012.
  • [8] FADEL, L. M. et al., organizadores. Gamificação na Educação. São Paulo: Pimenta cultural, 2014. 300p;
  • [9] GEE, J. P. Bons videogames e boa aprendizagem. Revista Perspectiva, Florianópolis, v. 27 n. 1, pp. 167-178, jan./jun. 200
  • [10] STUDART, N. SIMULAÇÃO, GAMES E GAMIFICAÇÃO NO ENSINO DE FÍSICA (Simulations, Games and Gamification in Physics Teaching). XXI Simpósio Nacional de Ensino de Física – SNEF, 2015.
  • [11] FARDO, M. A gamificação como método: estudo de elementos dos games aplicados em processos de ensino e aprendizagem. Dissertação (Mestrado) – Universidade Caxias do Sul, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2013.
  • [12] PAGANINI. E.R. História da Ciência do Movimento. Disponível em: Acesso em 07 Agosto de 2016.
  • [13] PAGANINI, E.R. Atividade Avaliativa Sobre a História da Ciência dos Movimentos Disponível em: Acesso em 07 de Agosto de 2016.
Como citar:

PAGANINI, Érico Rodrigues; BOLZAN, Márcio de Souza; "Ensinando Física através da Gamificação", p. 16-20 . In: Anais do VII Encontro Científico de Física Aplicada [=Blucher Physics Proceedings, v.3 n.1]. São Paulo: Blucher, 2016.
ISSN 2358-2359, DOI 10.5151/phypro-vii-efa-004

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações