Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

ECODESIGN DE SUPERFÍCIE: UM ESTUDO DE CASO

Gralow, Adriana; Gomes, Luiz Vidal;

Artigo Completo:

O presente artigo apresenta estudo sobre projeto de interiores com base em raciocínio de sistemas ecológicos (ecodesign), a partir da reutilização da madeira proveniente do descarte em indústrias moveleiras e de esquadrias, a fim de criar superfícies passíveis de aplicação no espaço interno da biblioteca pública de Guaraciaba, SC. O objetivo é valorizar e promover o ambiente ecologicamente correto destinado à cultura e à educação criativa e projetual . Este estudo tem como base a pesquisa bibliográfica e aplicação de principais teorias no estudo de caso, com o intuito de definir, conceituar ecodesign e seu papel no projeto de produto para superfície de ambientes públicos. O estudo apresenta diferentes propostas de aplicação de madeira certificada em superfícies no ambiente, evidenciando os benefícios que esse material pode proporcionar a ambientes públicos, sem desmerecer o meio ambiente, projetando com base em reutilização de resíduos materiais.

Artigo Completo:

Palavras-chave: ecodesign; design de superfície; biblioteca pública.,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/despro-ped2016-0431

Referências bibliográficas
  • [1] ANDRADE, Ana Maria Cardoso de. MAGALHÃES, Maria Helena de Andrade. Objetivos e funções da biblioteca pública. Revista da Escola de Biblioteconomia da UFMG, Belo Horizonte, v.8, n.1, p. 48-59, mar. 1979.
  • [2] ARRUDA, Guilhermina Melo. As práticas da biblioteca pública a partir das suas quatro funções básicas. 1999. Disponível na internet por http em: . Acesso em 23 out. 2013.
  • [3] BÜRDEK, Bernhard E. História, teoria e prática do design de produtos. 1. ed. São Paulo: Edgard Blücher, 2006. 496 p.
  • [4] CÂNDIDO, Luis Henrique Alves. Contribuição ao estudo da reutilização, redução e da reciclagem dos materiais com aplicação do Ecodesign. 2008. 130 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia)-UFRGS, Porto Alegre, 2008.
  • [5] COSTA et al. Design e naturalismo: filosofia naturalista, biônica e ecodesign. Design, Arte, Moda e Tecnologia. São Paulo: Rosari, Universidade Anhembi Morumbi, PUC-Rio e Unesp-Bauru, 2010. Disponível na internet por http em: . Acesso em 10 jun. 2014.
  • [6] FREITAS, Renata Oliveira Teixeira de. Design de superfície: as ações comunicacionais táteis nos processos de criação. 1. ed. São Paulo: Edgard Blucher, 2012. 106 p. (Coleção Pensando o Design).
  • [7] FUNDAÇÃO BIBLIOTECA NACIONAL, Coordenadoria do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas. Biblioteca pública: princípios e diretrizes. Rio de Janeiro: Fundação Biblioteca Nacional, Dep. de Processos Técnicos, 2000. 160 p.
  • [8] GURGEL, Miriam. Projetando espaços: guia de arquitetura de interiores para áreas comerciais. 3. ed. rev. São Paulo: Senac São Paulo, 2005.
  • [9] HILLIG et al. Resíduos de madeira da indústria madeireira: caracterização e aproveitamento. In: ENEGEP, 26., 2006, Fortaleza. ABEPRO. Fortaleza, 2006.
  • [10] MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. 20 Fundamentos de metodologia científica. 7. ed. São Paulo: Atlas, 20 297 p.
  • [11] MARTINS, Gilberto de Andrade. Manual para elaboração de monografias e dissertações. 3. ed. 7. reimpr. São Paulo: Atlas, 2012. 136 p.
  • [12] MARTINS, Gilberto de Andrade; THEÓPHILO, Carlos Renato. Metodologia da investigação científica para ciências sociais aplicadas. São Paulo: Atlas, 2007. 226 p.
  • [13] MESACASA, Andréia; CORONA, Hieda Maria Pagliosa; MELLO, Nilvânia Aparecida. Ecodesign: um novo paradigma moderno inscrito entre moda e consumo? Design e Tecnologia, Porto Alegre: PgDesign UFRGS, n. 2, p. 1-7, 2010. Disponível na internet: . Acesso em 26 mar. 2014.
  • [14] MUELLER, S. P. M. Bibliotecas e sociedade: evolução da interpretação de função e papéis da biblioteca. R. Esc. Bibliotecon, Belo Horizonte: UFMG, v. 13, n. 1, p. 7-54, mar. 1984.
  • [15] PEIXE, M. A.; LICHESKI, L. C. O uso e as sensações da madeira no espaço interno. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO EM DESIGN, 9., 2010, São Paulo. Anais P&D Design. São Paulo, 2010. Disponível na internet por http em: . Acesso 1504
  • [16] RUBIM, Renata. Desenhando a superfície. 2. ed. rev. e atual. São Paulo: Rosari, 2010.
  • [17] STRALIOTTO, L. M . Ecodesign aplicado ao design de joias. UFRGS. Disponível na internet por http em: . Acesso em 03 out. 2014.
  • [18] STRALIOTTO, L. M.; GONÇALVES, G. F . Ecodesign aplicado ao design de joias. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO EM DESIGN, 8., 2008, São Paulo. Anais P&D Design. São Paulo: UFRS, 2008. .
  • [19] YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 4. ed. Porto Alegre: Bookman, 2010.
Como citar:

Gralow, Adriana; Gomes, Luiz Vidal; "ECODESIGN DE SUPERFÍCIE: UM ESTUDO DE CASO", p. 5033-5044 . In: Anais do 12º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design [= Blucher Design Proceedings, v. 9, n. 2]. São Paulo: Blucher, 2016.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/despro-ped2016-0431

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações