Maio 2018 vol. 4 num. 3 - Colóquio Internacional de Design 2017

Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

Droog Design: um coletivo de experimentação

Droog Design: a collective of experimentation

Brandão, Ludmila; Dolabella, Fernanda; Dornas, Adriana;

Artigo Completo:

Este artigo propõe-se a analisar o coletivo holandês Droog Design e a apresentar alguns de seus principais trabalhos. Criado no início dos anos 1990, em Amsterdã, pelo designer de produto, Gjis Bakker, e pela historiadora em Design, Renny Ramakers, o Droog posicionou-se desde o início como um grupo de ruptura, mas também explorou novas abordagens como reação aos outros grupos de ruptura que existiam até então, incorporando assim a essência da nova década. Deste modo, a intenção é trazer uma breve contextualização histórica em que se insere o Droog Design e seus integrantes, principalmente no momento de sua fundação. Portanto, a pesquisa a seguir, por meio de uma investigação bibliográfica, apresenta a formação das vanguardas do design no século XX, com ênfase nos grupos italianos, passando pelo impacto causado por estes movimentos sob o ponto de vista conceitual, projetual e mercadológico que influenciou diretamente a linguagem desenvolvida pelo Droog Design e contribuiu com a conquista de maior liberdade de expressão. Diante disso, torna-se pertinente abordar também o hibridismo presente no campo de atuação deste coletivo, o caráter experimental e questionador adotado por ele e, a partir daí, evidenciar as relações transversais estabelecidas, ao longo do tempo, com as Ciências das Linguagens, da Semiótica e da Comunicação Social. Por fim, o artigo traz os temas mais recorrente do Droog como a sustentabilidade, o reuso de matérias-primas e a semântica dos objetos e ressalta sua atual capacidade de prever demandas futuras de mercado, de propor debates multidisciplinares e de gerar alternativas inovadoras repensando assim o papel social do Design.

Artigo Completo:

This article introduces the dutch collective Droog Design and analysis of its main works. Created in the early 1990’s, by the product designer Gjis Bakker and the design historian, Renny Ramakers, Droog has positioned itself as a rupture group, but has also explored new approaches as a reaction to the other rupture groups that existed until then, thus embodying the essence of this new decade. Therefore, the intention is to bring forward a brief historical context in which Droog Design and its members were inserted, especially at the moment of its foundation. Therefore, this study, by a bibliographical research, presents the formation of design vanguards in the twentieth century, with emphasis on the Italian groups, and the impact caused by these movements influenced directly the Droog Design language and allowed a greater freedom of expression . Ultimately, it is also pertinente to approach the hybridism present in this group works and to highlight the transversal relations established with the sciences of Languages, Semiotics and Communication. Finally, the study brings the recurrent themes of Droog and highlights its ability to predict future demands, to propose debates and alternatives rethinking the social role of design.

Palavras-chave: Design; Droog Design; hibridismo; grupos de ruptura; anos 1990,

Palavras-chave: Design; Droog Design; hybridism; rupture groups;1990ˈs,

DOI: 10.5151/cid2017-35

Referências bibliográficas
  • [1] ANTONELLI, Paola. Nothing Cooler than Dry. In: Droog Design: The Spirit of the Nineties. Rotherdam: 010 Publisher, 1998.
  • [2] BAKKER, Gijs. Droog Design - Your Response Ability. Disponível em: Acesso em 15 de maio de 2017.
  • [3] BOER, Suki de. Reconhecida marca holandesa traz exposição a São Paulo[13 ago de 2016]. São Paulo: O Estado de S. Paulo. Entrevista concedida a Marcelo Lima. Disponível em: Acesso em 17 de maio de 2017.
  • [4] BORNSEN-HOLTMANN, Nina. Design Italiano, Taschen, 1995.
  • [5] CAMPOS, Gisela. Arte, design e linguagem visual. In: MOURA, Mônica (org.) Faces do design 2: ensaios sobre arte, cultura visual, design gráfico e novas mídias. São Paulo: Rosari, 2009. P. 65-79.
  • [6] FERREIRA, Patricia Colaço Santos - Design conceptual na era pós-industrial: a forma segue o conceito". Lisboa: FAUTL, 2010.
  • [7] GARNER, Philippe. Sixteen Design. Taschen, 2008.
  • [8] LIPOVETSKY, Gilles & SERROY, Jean. A estetização do mundo: viver na era do capitalismo artista. São Paulo: Companhia das Letras, 2015.
  • [9] MEHLHOSE, Andrea; WELLNER, Martin. El mueble moderno: 150 años de diseño. Barcelona: H. F. Ullmann, 200
  • [10] MORAES, Dijon de. Análise do design brasileiro: entre mimese e mestiçagem. São Paulo: Edgard Blücher, 2006.
  • [11] MOURA, Mônica. Design contemporâneo: cultura digital + linguagem + hibridismo. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE PESQUISA EM DESIGN, 3, 2003, Rio de Janeiro. Anais.
  • [12] NAMIOKA, F. Interview with Renny Ramakers, Droog Design, Amsterdam. Disponível em: . Acesso em: 15 de maio de 2017.
  • [13] PERUZZO, Fernanda. Diretamente dos Países baixos. Disponível em: . Acesso em 19 de maio de 2017.
  • [14] RAMAKERS, Renny. Disponível em < http://www.droog.com/news/category/saved-by-droog-milan-2010/> Acesso em 14 de junho de 2017.
  • [15] REMYVEENHUIZEN.NL Disponível em < http://remyveenhuizen.nl/work/furniture/chest-drawers-youcant-lay-down-your-memory> Acesso em 14 de junho de 2017.
  • [16] RODRIGUES, E. A.G; CRESTO, L.J. O Reuso e as Novas Abordagens do Design no Droog Design e no Trabalho dos Irmãos Campana. In: Congresso Internacional de Pesquisa em Design, 5, 2009, Bauru, SP. PPGDesign – FAAC – Universidade Estadual Paulista, 2009.
  • [17] SCHNEIDER, Beat. Design – Uma Introdução: o design no contexto social, Cultural e Econômico. Tradução: George Bernad Sperber, Sonali Bertuol. São Paulo: Bluncher, 2010.
  • [18] SUDJIC, Deyan. Meaning beyond utility: the Campana brothers and postindustrial design. In: CAMPANA brothers: complete works (so far). New York: Rizzoli, 2010. p. 40-47
  • [19] SUBMARINE. Dutch Profiles - Droog Design. Disponível em: . Acesso em 15 de maio de 2017.
Como citar:

Brandão, Ludmila; Dolabella, Fernanda; Dornas, Adriana; "Droog Design: um coletivo de experimentação", p. 401-413 . In: . São Paulo: Blucher, 2018.
ISSN 2318-6968, ISBN: cid2017
DOI 10.5151/cid2017-35

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações