Artigo - Open Access.

Idioma principal

Do grama a tonelada. Uma proposta de arranjo institucional para fomentar a transferência de tecnologias no estado de Minas Gerais

Cheib, Alan Senra; Ferreira, Lucas Xavier de Miranda; Porto, Simone;

Artigo:

Opresente projeto trata-se de um caso empírico, piloto, de uma proposta dearranjo institucional para a transferência tecnológica que objetiva acelerar oprocesso de maturação de tecnologias geradas pela UFMG. Para isso, é propostauma aliança entre instituições, através da assinatura de diversos instrumentosjurídicos, para que tais tecnologias geridas pela CTIT/UFMG sejampré-aceleradas, prototipadas e escalonadas através da infraestruturatecnológica industrial de unidades específicas do SENAI e com o monitoramentoem gestão de projetos do Instituto Euvaldo Lodi do Sistema FIEMG.

Artigo:

Palavras-chave: Pesquisa acadêmica; Gestão da Inovação; Patentes; Desenvolvimento-Regional e Interação Universidade-Indústria,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/enei2018-43

Referências bibliográficas
  • [1] ALBUQUERQUE, E. Infraestrutura de Informações e sistema nacional de inovação: Notas sobre a emergência de uma economia baseada no conhecimento e suas implicações para o Brasil. Análise Econômica, v. 17, n. 32, p. 50-69, 1999a. ALBUQUERQUE E.(1999) National systems of innovation and non-OECD countries: notes about a tentative typology. Revista de Economia Política, 19(4), 35-52. 1999b. ALBUQUERQUE, E, et al., eds. Developing National Systems of Innovation: University-Industry Interactions in the Global South. Edward Elgar Publishing. 2015. ANKRAH, S; OMAR, A. Universities–industry collaboration: A systematic review. Scandinavian Journal of Management, v. 31, n. 3, p. 387-408, 2015 ARAÚJO, J. C. A contribuição da comunicação nos processos de transferência de tecnologias nas instituições de ciência e tecnologia: o Caso da Universidade Federal de Minas Gerais (dissertação de mestrado), 2017. AUDRESTCH, D. & LINK, A. Entrepreneurship and innovation. New York, Springer, Science Business. Published online. 201 CTIT/UFMG. Modelos de interação CTIT/UFMG e Empresas, Belo Horizonte, 2017. CUNHA, L. A., A Universidade Temporã. Rio de Janeiro: Francisco Alves. 1980. DA SILVA ANDRADE, L. P. C. et al. Proposta de um ambiente inovador de suporte ao escalonamento de produção, incluindo projeto, prototipagem, fabricação, montagem, testes e certificação de produtos que requerem condições especiais. In: CONGRESSO DE ENGENHARIA DE FABRICAÇÃO, 8., Salvador: 2015. DINIZ, D. M. & NEVES, R. C. Da recente legislação sore inovação e seus efeitos para as universidades federais. Revista de Direito, Inovação, Propriedade Intelectual e Concorrência, 2016. FERNANDES, A. C., et al. Academy—industry links in Brazil: evidence about channels and benefits for firms and researchers. Science and Public Policy 377 p. 2010. FIANI, Ronaldo. Cooperação e conflito: instituições e desenvolvimento econômico. Elsevier Brasil, 201 FIANI, Ronaldo. Arranjos institucionais e desenvolvimento: o papel da coordenação em estruturas híbridas. Texto para Discussão, Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), 2013 FREYRE, G. Sobrados e mucambos. 12a. Edição. Rio de Janeiro: Record, 1990 FURTADO, A. T.; FREITAS, A. G., Nacionalismo e aprendizagem no Programa de Águas Profundas da Petrobrás. Revista Brasileira de Inovação, v. 3, n. 1 jan/jun, p. 55-86, 2009. HALL, P.; CASTELLS, M., Technopoles of the World. The making of twenty-first century industrial complexes. New York, 1994. HUANG, M-H.; CHEN, D-Z., How can academic innovation performance in university–industry collaboration be improved?. Technological Forecasting and Social Change, v. 123, p. 210-215, 2017. INPI, Boletim Mensal de Propriedade Industrial, junho 2016. Ranking dos Depositantes Residentes 2016. Disponível em: http://www.inpi.gov.br/sobre/estatisticas/arquivos/publicacoes/boletim-ranking2016.pdf KLINE, S. J.; ROSENBERG, N., An overview of innovation. The positive sum strategy: Harnessing technology for economic growth, v. 14, p. 640, 1986. KNOBEN, J., OERLAMANS, L.A.G., 2006. Proximity and inter-organizational collaboration: a literature review. International Journal of Management. Rev. 8(2)71-89 MEYER-KRAHMER, F., SCHMOCH, U., Science-based technologies: university–industry interactions in four fields. Research policy 27.8. p.835-85 1998. MITSUHASHI, H. Uncertainty in selecting alliance partners: The three reduction mechanisms and alliance formation processes. International Journal of Organizational Analysis, 10, 109—133. 2002. PMBOK, GUIA. Um guia do conjunto de conhecimentos em gerenciamento de projetos. In: Project Management Institute, 6ª edição, 2017. POVOA, L. M. C., Patentes de universidades e institutos públicos de pesquisa e a transferência de tecnologia para empresas no Brasil, 2008. RAPINI, M. S., et al. University—industry interactions in an immature system of innovation: Evidence from Minas Gerais, Brazil. Science and Public Policy 36.5. p. 373-386. 2009. RAPINI, M. S.; DE OLIVEIRA, V. P.; SILVA, T. C., Como a interação universidade-empresa é remunerada no Brasil: evidências dos grupos de pesquisa do CNPq. Revista Brasileira de Inovação, v. 15, n. 2, p. 219-246, 2016 ROSENBERG, N. Inside the black box: technology and economics. Cambridge University Press, 1982. SCHWARTZMAN, S. Formação da Comunidade Científica no Brasil. São Paulo: Nacional. 1979. SHANE, S. A., Academic entrepreneurship: University spinoffs and wealth creation. Edward Elgar Publishing, 2004. SHARIF, N., Emergence and development of the National Innovation Systems concept. Research policy, v. 35, n. 5, p. 745-766, 2006. SUZIGAN, W.; ALBUQUERQUE E., A interação entre universidades e empresas em perspectiva histórica no Brasil. Belo Horizonte: UFMG/Cedeplar, 2008. SZMRECSÁNYI, T. Por uma história econômica da ciência e da tecnologia. Economia Aplicada, v.4, n.2, pp. 399-407, 2000. TESSARIN, M.; SUZIGAN, W., O perfil das interações de universidades e empresas no Brasil a partir de alguns segmentos da indústria. Biblioteca Digital de la Asociación Latino-Iberoamericana de Gestión Tecnológica 2013 THORNTON, P.H., OCASIO, W., Institutional logics and the historical contingency of power in organizations: executive succession in the higher education publishing industry 1958-1990. American Journal of Sociology 105. 801-843, 1999 TUTEN, T. L., & URBAN, D. J. An expanded model of business-to-business partnership formation and success. Industrial Marketing Management, 30, 149—164. 200 UFMG; Considerações sobre a Política de Inovação da UFMG. Pró-reitoria de Pesquisa da UFMG, 2017. VILLANI, E., et al., How intermediary organizations facilitate university–industry technology transfer: A proximity approach. Technological Forecasting and Social Change, v. 114, p. 86-102, 2016.
Como citar:

Cheib, Alan Senra; Ferreira, Lucas Xavier de Miranda; Porto, Simone; "Do grama a tonelada. Uma proposta de arranjo institucional para fomentar a transferência de tecnologias no estado de Minas Gerais", p. 756-773 . In: . São Paulo: Blucher, 2018.
ISSN 2357-7592, DOI 10.5151/enei2018-43

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações