Artigo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

Dinâmica das Empresas Multinacionais Chinesas: Uma Análise Comparativa

Dynamics of Chinese Multinational Companies: A Comparative Analysis

Carvalho, Danielle Evelyn de; Cechin, Alicia; Truzzi, Bruno;

Artigo:

A intensificação do processo de desenvolvimento da China e o surgimento de grandes empresas chinesas produziu profundo impacto na estrutura geopolítica internacional. A superioridade econômica dos Estados Unidos foi colocada sob ameaça com o crescimento da China e a expansão das multinacionais chinesas. Propõe-se compreender o processo de expansão das multinacionais chinesas e sua consolidação como importantes agentes da economia global, comparando-se indicadores financeiros (das empresas) e econômico-estruturais (dos países) entre as principais potências do capitalismo mundial, dentre as quais os Estados Unidos, Japão, Reino Unido, França e Alemanha. As análises revelam a expansão das multinacionais chinesas desde os anos 2000, em detrimento de uma redução das transnacionais de outros países, especialmente dos Estados Unidos e do Japão. Essa expansão se concentrou especialmente no setor de finanças, com importante relevância dos bancos, devido ao papel que desempenham na escolha de projetos para o desenvolvimento nacional e regional do país.

Artigo:

The intensification of China's development process and the emergence of large Chinese companies had a profound impact on the international geopolitical structure. The United States' economic superiority was put under threat by the growth of China and the expansion of Chinese multinationals. This work proposed to understand the expansion process of Chinese multinationals and their consolidation as important agents of the global economy, by comparing financial (at the company-level) and economic-structural (at the country-level) indicators among the main players of global capitalism, such as the United States, Japan, United Kingdom, France, and Germany. Analyzes reveal the expansion of Chinese multinationals since the 2000s, to the detriment of a reduction in multinationals from other countries, especially the United States and Japan. The expansion was especially concentrated in the finance sector, with great importance for banks, due to the role they play in choosing projects for the country’s national and regional development.

Palavras-chave: Empresas multinacionais; China; Investimento Direto Estrangeiro,

Palavras-chave: Multinational companies; China; Foreign Direct Investment,

DOI: 10.5151/vi-enei-881

Referências bibliográficas
  • [1] ALBUQUERQUE, E. M. Sistema nacional de inovação no Brasil: uma análise introdutória a partir de dados disponíveis sobre a ciência e tecnologia. Revista de Economia Política, v. 16 (3), 1996.
  • [2] BANCO CENTRAL DO BRASIL - BACEN. Tabelas Especiais. Banco Central do Brasil, Brasília, 2021. Obtido em: https://www.bcb.gov.br/estatisticas/tabelasespeciais. Acesso em: 28 jun. 2021.
  • [3] CANTWELL, J. The globalisation of technology: what remains of the product cycle model? Cambridge Journal of Economics, v. 19, Issue 1, p. 155-174, fev, 1995.
  • [4] CONSONI, F. Da tropicalização ao projeto de veículos: um estudo das competências em desenvolvimento de produtos nas montadoras de automóveis no Brasil. Tese de Doutorado, IG/Unicamp. Campinas. 2004
  • [5] DUNNING, J. Explaining international production. Londres: Unwin Hyman,1988.
  • [6] DUNNING, J; LUNDAN, S. Multinational enterprises and the global economy, Second Edition. Cheltenham: Edward Elgar, 2008.
  • [7] GALINA, Simone V; CAMILLO, Edilaine; CONSONI, Flávia (2011). Por que Empresas Multinacionais Investem em P&D em Países em Desenvolvimento? Uma Análise entre Fatores de Atração versus Tipo de P&D Realizada no Brasil. XXXV Encontro Nacional de de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração (ANPAD). Rio de Janeiro. 2001. disponível em: http://www.anpad.org.br/diversos/down_zips/58/GCT2094.pdf. (acesso: março/2022)
  • [8] GEREFFI, G; HUMPHREY, J.; STURGEON, T. The governance of global value chains. Review of International Political Economy, v. 12, n.1, p. 78-104, 2005.
  • [9] GOMES, R. Empresas transnacional e internacionalização da P&D: elementos de organização industrial da economia da inovação. São Paulo, Editora da Unesp, 2006.
  • [10] HYMER, S. The International operations of national firms: a study of direct investment. Cambridge, Massachusetts.: MIT Press, 1960. 236 p.
  • [11] INSTITUTO BRASILERIO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE. Pesquisa industrial de inovação tecnológica. PINTEC – Pesquisa de Inovação. Obtido em: https://www.ibge.gov.br/estatisticas/multidominio/ciencia-tecnologia-e-inovacao/9141-pesquisa-de-inovacao. Acesso em: 03 jul. 2021.
  • [12] IETTO-GILLIES, G. Transnational corporations and international production: concepts, theories and effects, 3a edition. Edward Elgar Publishing, Cheltenham, UK. 2019.
  • [13] MIRANDA, Pedro (2016). A internacionalização de atividades tecnológicas e a inserção dos países em desenvolvimento: uma análise baseada em dados de patentes. Anais do XLIII Encontro Nacional de Economia. Brasilia. disponível em: https://www.anpec.org.br/encontro/2015/submissao/files_I/i9-24df35fa45d71ee84e7eb56a093ae199.pdf (acesso: março/2022).
  • [14] MORCEIRO, P. Nova classificação de intensidade tecnológica da OCDE e a posição do Brasil. Informações FIPE, n. 461, p. 8-13, 2019.
  • [15] PENROSE, E. (1959). A Teoria do crescimento da firma. Editora Unicamp. Campinas – SP. 2006.
  • [16] POSSAS, M. L (1998). Empresas Multinacionais e Industrialização no Brasil. Notas Introdutórias, In: BELLUZZO, L. in G. M.; COUTINHO, R. Desenvolvimento Capitalista no Brasil – Ensaios sobre a crise. 4 ed. v.2. Campinas: UNICAMP. 1998.
  • [17] SCHUMPETER, J. Capitalism, socialism and democracy. Nova York: Harper & Row, 1942.
  • [18] SCHUMPETER, J. (1911). A Teoria do desenvolvimento econômico. São Paulo: Abril Cultural, 1985.
  • [19] UNITED NATIONS CONFERENCE ON TRADE AND DEVELOPMENT - UNCTAD. World Investment Report, Geneva, 2021. Obtido em: https://unctad.org/topic/investment/world-investment-report. Acesso em: 30 jun. 2021.
  • [20] VERNON, R. International investment and international trade in the product cycle. The Quartely Journal of Economics, v. 80, n. 2, p. 190-207, maio, 1966.
  • [21] VERNON, R. The product cycle hypothesis in a new international environment. Oxford Bolletin of Economics and Statistics, v. 41, Issue 4, p. 255-267, 1979.
Como citar:

Carvalho, Danielle Evelyn de; Cechin, Alicia; Truzzi, Bruno; "Dinâmica das Empresas Multinacionais Chinesas: Uma Análise Comparativa", p. 458-477 . In: Anais do VI Encontro Nacional de Economia Industrial e Inovação (ENEI): “Indústria e pesquisa para Inovação: novos desafios ao desenvolvimento sustentável”. São Paulo: Blucher, 2022.
ISSN 2357-7592, DOI 10.5151/vi-enei-881

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações