Artigo completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

Dimensões da interação na realidade aumentada: investigação de suas potencialidades

Dimensions of interaction in augmented reality: research of it potentialities

Kuhnen, Gabriela; Gonçalves, Berenice; Braviano, Gilson;

Artigo completo:

O espaço de interação gerado pela realidade aumentada, que se encontra entre o limite do que é real e do que é virtual, constitui-se como uma extensão da própria consciência corporal-espacial dos indivíduos. Alguns dispositivos permitem a criação de hologramas em três dimensões, tornando a visualização muito mais real do que em telas planas, como acontece com tablets e smartphones. Diferentes entradas e saídas podem ser usadas ao mesmo tempo, como comandos de voz, gestos e visão, enquanto ocorre movimento pelo espaço real e interação com elementos digitais combinados com os elementos físicos. A partir desse cenário, este artigo tem como propósito caracterizar as dimensões da interação na realidade aumentada e investigar suas potencialidades no contexto industrial. Para tanto, adotou-se uma abordagem analítica e qualitativa a partir do referencial teórico de autores como Norman (2006), Preece, Rogers e Sharp (2013) e Laviola et al. (2017), que categorizam os processos de interação em interfaces 3D de diferentes estilos. Foram analisados os diferentes estilos da interação ocorrida com o uso do óculos Hololens2© da Microsoft©, voltado para o consumo empresarial. Os resultados evidenciaram uma busca por processos interativos naturais com objetivo de conduzir a uma compreensão imediata.

Artigo completo:

The space of interaction generated by augmented reality, which lies between the limit of what is real and what is virtual, constitutes a paradigm for human understanding, forming itself as an extension of our own body-spatial consciousness. Some devices allow the creation of holograms in three dimensions, making visualization much more real than on flat screens, as with tablets and smartphones. Different inputs and outputs can be used at the same time, such as voice commands, gestures and vision, while moving through real space and interacting with digital elements combined with physical elements. From this scenario, this article aimed to characterize the dimensions of interaction with augmented reality and to investigate its potential in the industrial context. For this, an analytical and qualitative approach was adopted from the theoretical framework of authors such as Norman (2006), Preece, Rogers and Sharp (2013) and Laviola et al. (2017), which categorize interaction processes in 3D interfaces in different styles. We analyzed the different styles of interaction that occurred with the use of Microsoft ® Hololens2 © glasses, aimed at business consumption. The results evidenced a search for natural interactive processes with the goal of leading to an immediate understanding.

Palavras-chave: Iiteração, design, realidade aumentada,

Palavras-chave: interaction, design, augmented reality,

DOI: 10.5151/9cidi-congic-4.0356

Referências bibliográficas
  • [1] Caraminha-Matos, L. M., & Afsarmanesh, H. (2005). Collaborative networks: a new scientific discipline. Journal of intelligent manufacturing, v. 16, n. 4-5, p. 439-452.
  • [2] Galambos, P. et al. (2015). Design, programming and orchestration of heterogeneous manufacturing systems through VR-powered remote collaboration. Robotics and Computer-Integrated Manufacturing, v. 33, p. 68-77.
  • [3] Laviola Jr, J. J. et al. (2017). 3D user interfaces: theory and practice. Addison-Wesley Professional.
  • [4] Mallmann, A. D. (2010). Mídia fluida: por uma renovação conceitual. Sessões do Imaginário, v. 15, n. 2
  • [5] Manovich, L. (2005). Novas mídias como tecnologia e idéia: dez definições. In: Lucia Leão (org.). O chip e o caleidoscópio: reflexões sobre as novas mídias. São Paulo: Editora SENAC.
  • [6] Mourtzis, D. et al. (2018). Augmented reality based visualization of cam instructions towards industry 4.0 paradigm: A cnc bending machine case study. Procedia CIRP, v. 70, p. 368-373.
  • [7] Murray, J. (2003). Hamlet no Holodeck – O futuro da narrativa no ciberespaço. São Paulo: Itaú Cultural: Unesp.
  • [8] Norman, D. (2006) O design do dia a dia. 4. ed. Rio de Janeiro: Rocco. 125 p.
  • [9] Olave, M. E. L., & Amato Neto, J. (2001). Productive cooperation networks: a strategy of competitiveness and survival for small and medium sized enterprises. Gestão & Produção, v. 8, n. 3, p. 289-318.
  • [10] Portman, M. E., Natapov, A., & Fisher-Gewirtzman, D. (2015). To go where no man has gone before: Virtual reality in architecture, landscape architecture and environmental planning. Computers, Environment and Urban Systems, v. 54, p. 376-384.
  • [11] Preece, J., Rogers, Y., & Sharp, H. (2013). Design de Interação: Além da Interação homem-computador. São Paulo: Bookam, 2013, 3ed. 256 p.
  • [12] Reis, A. V. (2016). Interfaces Tangíveis em Simuladores Veiculares: Componentes para um Protocolo de Avaliação de Usabilidade. 2016. Dissertação (Mestrado em Design) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis.
  • [13] Sekhar, C. C., & Ch, S. S., & Rao, G. N. (2018). Future Reality is Immersive Reality. International Journal of Recent Technology and Engineering 7(4), pp. 302-309.
  • [14] Tori, R., & Hounsell, M. S. (org.). (2019). Introdução a Realidade Virtual e Aumentada. Porto Alegre: Editora SBC.
  • [15] Wang, X. et al. (2014). Mutual awareness in collaborative design: An Augmented Reality integrated telepresence system. Computers in Industry, v. 65, n. 2, p. 314-324.
  • [16] Wwllman, B. et al. (1996). Computer networks as social networks: Collaborative work, telework, and virtual community. Annual review of sociology, v. 22, n. 1, p. 213-238.
Como citar:

Kuhnen, Gabriela; Gonçalves, Berenice; Braviano, Gilson; "Dimensões da interação na realidade aumentada: investigação de suas potencialidades", p. 1988-2001 . In: Anais do 9º CIDI | Congresso Internacional de Design da Informação, edição 2019 e do 9º CONGIC | Congresso Nacional de Iniciação Científica em Design da Informação. São Paulo: Blucher, 2019.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/9cidi-congic-4.0356

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações