Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

DIFERENTES GRANULOMETRIAS DO GRÃO DE MILHO SOBRE A QUANTIDADE DE AÇÚCARES EXTRAIDOS

MOYA, S.M.; ALCANTARA, G.U.; NOGUEIRA, L.C.; COSTA, G.H.G.; , ;

Artigo Completo:

Atualmente, o setor sucroenergético busca novas matérias-primasque possam complementar a produção de etanol no Brasil. Entre essas, pode-sedestacar o milho, que vem sendo utilizado em estados como Mato Grosso e Goiásem usinas dedicadas, ou ainda em “usinas flex”, que compartilham oprocessamento de cana-de-açúcar e milho. Entretanto, ainda faltam informaçõesque possam otimizar o processo, resultariam em aumento de rendimentoindustrial. Entre essas, cabe destacar a granulometria ideal que o grão deveapresentar antes de ser submetido ao processo de cozimento. Desta maneira, oobjetivo do trabalho foi avaliar a extração dos açúcares presentes no milhotriturado em diferentes granulometrias. O delineamento experimental foiinteiramente casualizado com 4 tratamentos e 3 repetições. Os tratamentos foramconstituídos pelas granulometrias de 0,6, 1,18 e 2,36mm, além de fubá(granulometria inferior a 0,6mm). O grão foi misturado a água destilada naproporção e 200g/L, sendo posteriormente submetido a cozimento por 90 minutos.A seguir, foi resfriado a 80-90°C, adicionando-se a enzima α-amilase, mantendo apasta em agitação por 30 minutos. A pasta foi peneirada e caracterizada quanto aoBrix, pH, Açúcares Redutores Totais (ART) e Amido. Observou-se Brix entre 14e 18,4%, Amido de 0,01 a 0,63%, ART entre 11 e 17% e pH de 5,9 a 6,3.Conclui-se que a granulometria de 0,6mm é a mais eficaz para extração dosaçúcares do milho.

Artigo Completo:

Palavras-chave: sucroenergético,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeqic2017-001

Referências bibliográficas
  • [1] BASSO, L. C.; ROCHA, S. N.; BASSO, T. O. Ethanol production in Brazil: the industrial process and its impact on yeast fermentation. Biofuel Production-Recent Developments and Prospects. Dr Marco Aurelio dos Santos Bernardes (ed.), ISBN: 97-953-307-478-8, INTECH, 201 Disponível em: . Acesso em: 01 nov. 2016.
  • [2] CHAVAN, S. M.; KUMAR, A.; JADHAV, S. J. Rapid quantitative analysis of starch in sugarcane juice. International Sugar Journal, Glamorgan, v. 93, n. 107, 1991.
  • [3] CTC - Centro de Tecnologia Canavieira. Manual de métodos de análises para açúcar. Piracicaba, Centro de Tecnologia Canavieira, Laboratório de análises, 2005. Disponível em CD ROM.
  • [4] DONKE, A. C. G. A produção de etanol pela integração do milho-safrinha às usinas de canade- açúcar: avaliação ambiental, econômica e sugestões de política. São Paulo: Revista do BNDES, 2016.
  • [5] FERREIRA, O. E. Produção de etanol a partir de sorgo sacarino com tratamento enzimático. Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias. Jabuticabal, 201
  • [6] MASSON, I.S.; COSTA, G.H.G; ROVIERO, J.P.; FREITA, L.A.; MUTTON, M.A.; MUTTON, M.J.R. Produção de bioetanol a partir da fermentação de caldo de sorgo sacarino e cana-de-açúcar. Ciência Rural, v.45, n.9, 2015.
  • [7] MENDONÇA, J. F. Comparação dos custos de produção e logísticos de etanol entre Brasil e Estados Unidos. Volta Redonda, 2010.
  • [8] MILLER, G.L. Use of de dinitrosalicylic acid reagent for determination of reducing sugar. Analytical Chemistry, v.31, n.3, 1959.
Como citar:

MOYA, S.M.; ALCANTARA, G.U.; NOGUEIRA, L.C.; COSTA, G.H.G.; , ; "DIFERENTES GRANULOMETRIAS DO GRÃO DE MILHO SOBRE A QUANTIDADE DE AÇÚCARES EXTRAIDOS", p. 1-4 . In: Anais do XII Congresso Brasileiro de Engenharia Química em Iniciação Científica [=Blucher Chemical Engineering Proceedings, v. 1, n.4]. ISSN Impresso: 2446-8711. São Paulo: Blucher, 2017.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeqic2017-001

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações