Setembro 2018 vol. 1 num. 5 - XXII Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Pôster - Open Access.

Idioma principal

DETERMINAÇÃO DE TEOR PROTEICO DA BIOMASSA DE Spirulina OBTIDA EM CULTIVOS REALIZADOS COM DIFERENTES VAZÕES DE AR E CONCENTRAÇÕES DE RESÍDUO CERVEJEIRO

PEREIRA, L. T.; LIMA, T. B.; SOUZA, C. K.; BERTOLI, S. L.; ROSA, L. M.; CARVALHO, L. F.;

Pôster:

A Spirulina é uma microalga rica em proteínas (45-60%), que também apresentaem sua composição vitaminas e nutrientes tais como carboidratos. A obtenção de biocompostosde interesse da biomassa microalgal pode ser influenciada por fatores do cultivo comoaeração, temperatura, composição do meio e pH. Em vista do exposto, este trabalho teve porobjetivo avaliar o teor de proteína da biomassa da microalga Spirulina sp. LEB 18 cultivadaem meio Zarrouk e diferentes concentrações de resíduo cervejeiro e vazões de ar. Para istoutilizou-se planejamento experimental 2², com 3 repetições no ponto central, para avaliar oefeito da concentração de resíduo cervejeiro (Trub) e vazão de ar sobre o teor de proteínas dabiomassa obtida. A biomassa apresentou elevado conteúdo proteico, entre 67,84 e 74,27 %.Resultados obtidos demonstraram que os fatores estudados não afetam significativamente avariável resposta. Através deste estudo, foi possível verificar o cultivo de microalgas com autilização de resíduos para esta finalidade, visando produção de biocompostos de interesse eo reaproveitamento de resíduos.

Pôster:

Palavras-chave: ,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/cobeq2018-PT.0579

Referências bibliográficas
  • [1] ASLAN S, KAPDAN I K. Batch kinetics of nitrogen and phosphorus removal from synthetic wastewater by algae. Ecological Engineering, [s.l.], v. 28, n. 1, p.64-70, 2006. BECKER EW. Micro-algae as a source of protein. Biotechnology Advances, [s.l.], v. 25, n. 2, p.207-210, mar. 2007. CAPELLI B, CYSEWSKI G R. Potential health benefits of spirulina microalgae*: A review of the existing literature. Nutrafoods, [s.l.], v. 9, n. 2, p.19-26, abr. 2010. COSTA JAV, COLLA L M, FILHO P D, KABKE K, WEBER A. Modeling of Spirulina platensis growth in fresh water using resonse surface methodology. World Journal of Microbiology and Biotechnology, v. 18, p. 603-607, 2002. COSTA JAV, MORAIS M G. The role of biochemical engineering in the production of biofuels from microalgae. Bioresource Technology, [s.l.], v. 102, n. 1, p.2-9, jan. 201 FOSS Tecator AB. Determination of crude protein (kjeldahl nitrogen) in animal feed, forage (plant tissue),grain & oilseeds using block digestion with copper catalyst and steam distillation into boric acid: AN 300 Suécia, 200 GENTILI F G. Microalgal biomass and lipid production in mixed municipal, dairy, pulp and paper wastewater together with added flue gases. Bioresource Technology, [s.l.], v. 169, p.27- 32, 2014. HABIB MAB, PARVIN M, HUNTINGTON TC, HASAN MR, 2008. A Review on Culture, Production and Use of Spirulina as Food for Humans and Feeds for Domestic Animals and Fish. FAO Fisheries and Aquaculture Circular. No. 1034. FAO, Rome, 33p. LAU PS, TAM NFY, WONG YS. Effect of algal density on nutrient removal from primary settled wastewater. Environmental Pollution, [s.l.], v. 89, n. 1, p.59-66, 1995. LOURENÇO SO. Cultivo de Microalgas Marinhas: Princípios e aplicações. São Carlos: Rima Artes e Textos, 2006. 588 p. MORAIS MG, REICHERT CC, DALCANTON F, DURANTE A J, MARINS LF, COSTA J AV. Isolation and characterization of a new Arthrospira strain. Zeitschrift fur Naturforschung, v. 63, p. 144-150, 2008. REVIERS B. Biologia e filogenia das algas. Porto Alegre: Artmed, 2006. 280 p. ZARROUK C. Contribuition a Letude Dune Cyanophycee, Influence de Divers Facteurs physiques et Chimiques sur la Croissance et photosynthese de Spirulina maxima geitler. Ph.D. Thesis, University of Paris, 1966.
Como citar:

PEREIRA, L. T.; LIMA, T. B.; SOUZA, C. K.; BERTOLI, S. L.; ROSA, L. M.; CARVALHO, L. F.; "DETERMINAÇÃO DE TEOR PROTEICO DA BIOMASSA DE Spirulina OBTIDA EM CULTIVOS REALIZADOS COM DIFERENTES VAZÕES DE AR E CONCENTRAÇÕES DE RESÍDUO CERVEJEIRO", p. 2190-2193 . In: . São Paulo: Blucher, 2018.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/cobeq2018-PT.0579

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações