Artigo - Open Access.

Idioma principal

DESTINAÇÃO FINAL DE EMBALAGENS VAZIAS DE AGROTÓXICOS: ESTUDO DE CASO NA MICROBACIA DO CÓRREGO CABECEIRA DO JACUTINGA – CARATINGA/MG

SILVA, Rafael Fernandes da; FERNANDES, Fernanda Costa Ferreira; SOARES, Adriano Carlos; CHARMELO, Leopoldo Concepción Loreto;

Artigo:

A prática de descarte adequada de embalagens vazias de agrotóxicos é obrigatória desde de 4 de janeiro de 2002, pelo Decreto 4.074, que determinou a responsabilidade compartilhada entre agricultores, canais de distribuição, indústria e poder público. O objetivo deste trabalho consistiu em caracterizar a destinação final de embalagens vazias de agrotóxicos pelos trabalhadores rurais da Microbacia do Córrego Cabeceira do Jacutinga, localizado no município de Caratinga/MG, a partir de um estudo de caso. Os dados foram coletados a partir de uma entrevista estruturada, sendo utilizado como base um questionário de caráter quantitativo, mas também com instrumentos qualitativos. Foram entrevistados 43 trabalhadores rurais, sendo os mesmos adeptos ao uso de agroquímicos nas lavouras. Conforme evidenciado, 37% dos entrevistados alegaram efetuar a tríplice lavagem das embalagens; somente 9% efetuam a separação das embalagens laváveis das não laváveis, consequentemente um baixo índice efetua a separação adequada das embalagens primarias das secundárias. O percentual de entrevistados que não efetuam a destinação ambientalmente correta de embalagens vazias de agrotóxicos é alarmante, 88%, considerando ainda que 63% efetuam a utilização as mesmas para outras finalidades. Os resultados encontrados contrariam as determinações legais em vigor, necessitando de atuação do poder público de uma forma mais prática e abrangente, afim de incentivar não somente os agricultores, mas os responsáveis pelos estabelecimentos comerciais de agrotóxicos a destinarem corretamente as embalagens vazias as unidades ou centros de recebimentos, afim de permitir e contribuir não somente para a logística reversa, mas para a conservação ambiental e a saúde pública.

Artigo:

Palavras-chave: Embalagens de agrotóxicos, Destinação final, Legislação ambiental,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/engpro-eneeamb2016-rs-008-5070

Referências bibliográficas
  • [1] ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 13968: Embalagem rígida vazia de agrotóxico - Procedimentos de lavagem. Rio de Janeiro, 1977.
  • [2] ____________. NBR 14719: Embalagem rígida vazia de agrotóxico - Destinação final da embalagem lavada - Procedimento. Rio de Janeiro, 2001.
  • [3] BARBETTA, P. A. Estatística aplicada às Ciências Sociais. 9. ed. Santa Catarina: UFSC, 2014. 320p.
  • [4] BRASIL. Decreto nº 074, de 4 de janeiro de 2002. Regulamenta a Lei no 7.802, de 11 de julho de 1989, que dispõe sobre a pesquisa, a experimentação, a produção, a embalagem e rotulagem, o transporte, o armazenamento, a comercialização, a propaganda comercial, a utilização, a importação, a exportação, o destino final dos resíduos e embalagens, o registro, a classificação, o controle, a inspeção e a fiscalização de agrotóxicos, seus componentes e afins, e dá outras providências. Brasília, 2002.
  • [5] HOCHSTEIN, A.; CARNEIRO, E. S.; STAUDT, L. K. Procedimentos para destinação final de embalagens vazias de agrotóxicos – estudo de caso. 200 46p. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialista em Engenharia de Segurança ao Trabalho), Universidade Estadual de Ponta Grossa, Ponta Grossa, 200
  • [6] INSTITUTO MINEIRO DE AGROPECUÁRIA – IMA. Agrotóxicos: 63% dos comerciantes entregaram o relatório de controle no prazo ao IMA. 2013. Disponível em: http://www.ima.mg.gov.br/acontece-no-ima/1546-agrotoxicos-63-doscomerciantesentregaram-o-relatorio-de-comtrole-no-prazo-ao-ima-. Acesso em: 25 nov. 2015.
  • [7] INSTITUTO NACIONAL DE PROCESSAMENTO DE EMBALAGENS VAZIAS - inpEV. Institucional. Disponível em: http://www.inpev.org.br/institucional/inpev/inpev.asp. Acesso em 08 jun. de 2015.
  • [8] LONDRES, F. Agrotóxicos no Brasil: um guia para ação em defesa da vida. 1. ed. Rio de Janeiro: AS-PTA – Assessoria e Serviços a Projetos em Agricultura Alternativa, 2011.
  • [9] PERES, F.; MOREIRA, J. C.; DUBOIS, G. S. Agrotóxicos, Saúde e Ambiente: uma introdução ao tema. FIOCRUZ. Rio de Janeiro, 2003.
  • [10] PERES, F. et al. Desafio ao estudo da contaminação humana e ambiental por agrotóxicos. Ciências e Saúde Coletiva, v.10, p.27-37, 2005.
  • [11] SANTOS, M. M. A. A importância da informação do processo saúde-doença e as relações com o ambiente: o caso das lavouras cafeeiras na região de Caratinga, MG. 2010. 135p. Dissertação (Mestrado em Ciências Naturais e da Saúde), Centro Universitário de Caratinga, Caratinga, 2010.
  • [12] VEIGA, M. M. V.; VEIGA, L. B. E.; SILVA, D. M. Eficiência da Intervenção Legal na Destinação Final de Embalagens Vazias de Agrotóxicos. Instituto de Ciência e Tecnologia em Resíduos e Desenvolvimento Sustentável. Núcleo de Informações em Saúde Ambiental da USP. São Paulo, 2004.
Como citar:

SILVA, Rafael Fernandes da; FERNANDES, Fernanda Costa Ferreira; SOARES, Adriano Carlos; CHARMELO, Leopoldo Concepción Loreto; "DESTINAÇÃO FINAL DE EMBALAGENS VAZIAS DE AGROTÓXICOS: ESTUDO DE CASO NA MICROBACIA DO CÓRREGO CABECEIRA DO JACUTINGA – CARATINGA/MG", p. 879-886 . In: Anais do XIV Encontro Nacional de Estudantes de Engenharia Ambiental [= Blucher Engineering Proceedings v.3 n.2]. São Paulo: Blucher, 2016.
ISSN 2357-7592, DOI 10.5151/engpro-eneeamb2016-rs-008-5070

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações