Resumo - Open Access.

Idioma principal

DESIGNERS DE MOBILIÁRIO: UM ESTUDO DE CASO SOBRE O PROCESSO DE CONFIGURAÇÃO DOS DESIGNERS CONTEMPORÂNEOS BRASILEIROS

Alencar, Adailton Laporte de; Cavalcanti, Virginia Pereira;

Resumo:

O artigo apresentado deriva da dissertação de mestrado e discursa a relação entre processo, metodologia de design e mobiliário contemporâneo brasileiro. O grande fator motivacional desta pesquisa consistiu em poder compreender a técnica no que se diz respeito ao processo de configuração das peças de mobiliário, mais especificamente o designer brasileiro contemporâneo. A abordagem da pesquisa foi conduzida pelo método dialético enquanto que para os procedimentos foram utilizados os métodos histórico e comparativo. O trabalho se dividiu basicamente em duas partes: Fundamentação teórica e pesquisa. A primeira consistiu em busca bibliográfica baseada nos três elementos da investigação: Breve história do móvel no Brasil, Cultura material e imaterial brasileira e Processos de design e metodologias. A segunda parte descreveu o processo da pesquisa incluindo o levantamento da obra dos designers contemporâneos em livros, revistas, websites e periódicos especializados, além das entrevistas, principal fonte de primeira mão. Neste artigo, serão apresentados os resultados como a geração das categorias baseadas nas entrevistas em primeira mão que apontam para soluções comuns ao processo de design na contemporaneidade.

Artigo selecionado para publicação na ESTUDOS EM DESIGN (https://www.eed.emnuvens.com.br/design/)  

Resumo:

Palavras-chave: Desenho Industrial; História do mobiliário brasileiro; Processos de Design; Metodologia de Design; Mobiliário contemporâneo brasileiro.,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/despro-ped2016-0381

Referências bibliográficas
  • [1] AFLALO, Marcelo. Os móveis do branco & preto. São Paulo: Paralaxe, 2005.
  • [2] BARDI, Lina Bo. Tempos de grossura: o design no impasse. São Pulo: Instituto Lina Bo e P.M.Bardi, 1994.
  • [3] BELLUZZO, Ana Maria. Artesanato, arte e industria. São Paulo, 1998. Tese (doutorado) – Faculdade de arquitetura e urbanismo da Universidade de São Paulo, São Paulo.
  • [4] BAXTER, Mike. Projeto de Produto: Guia prático para design de novos produtos. São Paulo: Edgard Blücher, 1998.
  • [5] BAYEUX, Glória. O móvel da casa brasileira. São Paulo: Museu da Casa Brasileira, 1997.
  • [6] BELLUZZO, Ana Maria. Artesanato, arte de indústria. São Paulo, 1998. Tese (doutorado) – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo.
  • [7] BONFIM, Gustavo Amarante. Metodologia para desenvolvimento de projetos. João Pessoa, Editora Universitária, 1995.
  • [8] BOMFIM, Gustavo. Ideias e Formas na História do Design: uma investigação estética. Campina Grande: UFPB, 1995.
  • [9] BORGES, Adélia. Maurício Azeredo a construção da identidade brasileira no mobiliário. Pontos sobre o Brasil. São Paulo: Instituto Lina Bo e P.M.Bardi, 199
  • [10] BURDEk, Bernard E. História, teoria e prática do design de produtos / Bernard E. Burdek; trad. Freddy Van Camp. – São Paulo: Edgard Blucher, 2006.
  • [11] CALMON, Pedro. História Social do Brasil: Volume 1. São Paulo, Martins Fontes, 2002.
  • [12] CAMPANA, Humberto. Cartas a um jovem designer: do manual à indústria, a transfusão dos campana / Irmãos Campana. Rio de Janeiro: Elsevier, 2009.
  • [13] CANTI, Tilde. O móvel no Brasil: origens, evolução e características. Edição abreviada por Fernanda Castro Freire. Rio de Janeiro: Cândido Guinle de Paula Machado, 1980.
  • [14] CARDOSO, Rafael. Uma introdução a história do design. São Paulo: Edgard Blücher, 2004.
  • [15] CAVALCANTI, Virginia Pereira. O Design do Móvel Contemporâneo Brasileiro: da diversidade à especificidade. São Paulo, 2001. Tese (doutorado) - Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo.
  • [16] CLARO, Mauro. Unilabor – desenho industrial e racionalidade moderna. São Paulo, 1998. Dissertação (mestrado) – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo. [livro]
  • [17] História do design do mobiliário no Brasil – a trajetória. São Paulo: Editora Moveleiro, 1991.
  • [18] História da Indústria e comércio do mobiliário no Brasil – os Pioneiros. São Paulo: Editora Moveleiro,1990.
  • [19] LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Metodologia do Trabalho Científico. São Paulo, Atlas, 2001.
  • [20] LAKATOS, Eva Maria; Marina de Andrade. Metodologia Científica. São Paulo, Atlas, 2009.
  • [21] LEON, Ethel. Design brasileiro, quem fez quem faz. Rio de Janeiro: Senac/Viana Mosley, 2005.
  • [22] LEON, Ethel. Memórias do design brasileiro. São Paulo, Senac, 2009.
  • [23] LOBACH, Bernd. Design Industrial: bases para a configuração de produtos industriais, São Paulo: Editora Edgard Blücher LTDA, 2001.
  • [24] MORAES, Dijon de. Análise do design brasileiro: entre mimese e mestiçagem. São Paulo, Edgard Blucher, 2006.
  • [25] MORAES, Dijon de. Limites do design. São Paulo, Studio Nobel, 1999.
  • [26] De MORAES, Dijon. Metaprojeto: o design do design. São Paulo: Edgard Blucher, 2010.
  • [27] MOTTA, Carlos Lichtenfels. Carlos Motta e a vida. São Paulo, Bei Comunicação, 2010.
  • [28] ONO, Maristela Mitsuko. Design e cultura: Sintonia essencial. Curitiba, Edição da autora, 2006.
  • [29] SANTOS, Maria Cecília Loschiavo. Móvel Moderno no Brasil. São Paulo, Edusp, 1995.
Como citar:

Alencar, Adailton Laporte de; Cavalcanti, Virginia Pereira; "DESIGNERS DE MOBILIÁRIO: UM ESTUDO DE CASO SOBRE O PROCESSO DE CONFIGURAÇÃO DOS DESIGNERS CONTEMPORÂNEOS BRASILEIROS", p. 4429-4440 . In: Anais do 12º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design [= Blucher Design Proceedings, v. 9, n. 2]. São Paulo: Blucher, 2016.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/despro-ped2016-0381

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações