Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

DESIGN SUSTENTÁVEL E GESTÃO DO DESIGN: INTERFACES E ARESTAS

Sobreira, Maria Adircila Starling; Delgado, Patrícia Santos;

Artigo Completo:

A gestão do design e o design sustentável são amplamente discutidos pela comunidade acadêmica. Ambas estratégias são reconhecidas pelo seu aspecto holístico na resolução de desafios no âmbito de diferenciação empresarial. O presente trabalho tem como principal objetivo mapear como as duas áreas podem se complementar e quando se distanciam. Para tal foi feita uma pesquisa bibliográfica, apresentando os principais conceitos de ambas, e foram analisados seus pontos de convergência e divergência. Foi observado que ambas prezam a visão sistêmica buscando otimização de custos e diferenciação dos produtos, porém se divergem quanto ao consumo: A gestão do design preza o aumento do consumo e dos produtos, enquanto o design sustentável preza o consumo consciente. Outra divergência encontrada foi quanto ao uso de recursos: embora ambas estratégias otimizem recursos, a gestão do design o faz visando redução de custos e aumento dos lucros, enquanto o design sustentável visa o uso consciente, diminuindo assim os impactos ambientais. Observou-se que os benefícios da implementação da gestão do design e do design sustentável são muito próximos, o que os divergem são seus objetivos. No entanto, é possível aplicá-los de forma concomitante, desde que levando em consideração a missão e a visão empresarial.

Artigo Completo:

Palavras-chave: design sustentável; gestão do design; diferenciação empresarial.,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/despro-ped2016-0152

Referências bibliográficas
  • [1] BRASIL. Lei nº 6.938, de 31 de agosto de 198 Dispõe sobre a Política Nacional de Meio Ambiente, seus fins e mecanismos de formulação e aplicação, e dá outras providências. Disponível em: . Acesso em: 12. jul. 2016.
  • [2] CARNASCIALI, Rafael Matta. Gestão do Design: Contribuições da gestão da qualidade para a construção de parâmetros para avaliar o bom design. 2014. 165f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Curso de Pós-Graduação em Design.
  • [3] CHAVES, L. I. (2009). Panorama do design para a sustentabilidade. Simpósio Paranaense de Design Sustentável, (pp. 69-75). Curitiba.
  • [4] GUELERE FILHO, A. (2009). A inserção do design sustentável em um modelo de referência para a gestão do desenvolvimento de produtos. Simpósio Paranaense de Design Sustentável, (p. 17 a 24). Curitiba.
  • [5] GUELERE FILHO, A., PIGOSSO, D. C., ROZENFELD, H., & OMETTO, A. R. (2008). Ecodesign: Métodos e ferramentas. XXVIII Encontro Nacional de Engenharia de Produção. Rio de Janeiro.
  • [6] KLONH, S. C. (2009). Design e o fim do ciclo de vida dos produtos. Simpósio Brasileiro de Design Sustentável. São Paulo.
  • [7] LEE, Timothy Galpin J.; BELL, Whitttington Greg. Is your sustainability strategy sustainable? Creating a culture of sustainability. 2015. Corporate Governance, Vol. 15 Iss 1 pp. 1 - 1 Disponível na internet por http em: . Acesso em 19 jul. 2016
  • [8] MARTINS, R. F., & MERINO, E. A. (2008). A Gestão do Design como Estratégia Organizacional. Londrina: EDUEL.
  • [9] PETERSEN, Søren Ingomar; KIM, Jieun; MOZOTA, Brigitte Borja de. Managing Design driven innovation through the use of design scorecards. In: the value of design research, 11. 2015, Paris.
  • [10] PLENTZ, Natália Debeluck; BERNARDES, Maurício Moreira e Silva. Proposição de um sistema de indicadores para avaliar a competitividade através de indicadores de gestão do design. Porto Alegre: Marcavisual, 2015. 77 p. Disponível em: . Acesso em: 19 jul. 2016.
Como citar:

Sobreira, Maria Adircila Starling; Delgado, Patrícia Santos; "DESIGN SUSTENTÁVEL E GESTÃO DO DESIGN: INTERFACES E ARESTAS", p. 1790-1798 . In: Anais do 12º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design [= Blucher Design Proceedings, v. 9, n. 2]. São Paulo: Blucher, 2016.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/despro-ped2016-0152

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações