Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

DESIGN EDITORIAL E COMUNICAÇÃO: CONFIGURANDO PERCURSOS ECOSSISTÊMICOS PARA A DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA

Máximo, Suellen de Freitas; Freitas, Ítala Clay de Oliveira;

Artigo Completo:

O texto é produzido na interface entre as discussões ecossistêmicas e o diálogo do design na produção de um conhecimento feito por ações investigativas e métodos/técnicas num estudo documental e reflexivo pautados por Munari (1997) Armstrong (2015) e Cardoso (2012). Tem como propósito caracterizar e compreender a realidade comunicativa da divulgação da ciência em revista em suas fases de concepção e visualização das mensagens visuais, ou seja, tecer possíveis relações que envolve os processos e efeitos na construção, engendramento e interpretação dos signos, que tem em mente o pensar da percepção do designer, a leitura do pesquisador e a compreensão do leitor.

Artigo Completo:

Palavras-chave: comunicação; revistas científicas; design editorial; divulgação científica; ecossistemas comunicacionais,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/despro-ped2016-0018

Referências bibliográficas
  • [1] ARMSTRONG, Helen. Teoria do Design Gráfico. Tradução: Marcondes, Claudio Alves. São Paulo: Cosac Naify, 2015.
  • [2] BRUNO, Munari. Design e Comunicação Visual. São Paulo: Martins Fontes, 2011.
  • [3] CARDOSO, Rafael. Design para um mundo complexo. São Paulo: Cosac Naify, 2012.
  • [4] CAPRA, Fritjof. A teia da vida: uma nova compreensão científica dos sistemas vivos. São Paulo: Cultrix, 2006.
  • [5] DURAND, Gilbert. O imaginário: ensaio acerca das ciências e da filosofia da imagem. Tradução: Renée Eve Levié. Rio de Janeiro: DIFEL. 4 edição, 2010.
  • [6] LUHMANN, Niklas. Introdução a teoria dos sistemas. Rio de Janeiro: Editora Vozes. 2009.
  • [7] MEADOWS, A. J. A comunicação científica. Brasília: Ed. Briquet de Lemos, 1999.MATHIS, Armin. A sociedade na teoria dos sistemas de Niklas Luhmann. Disponível em: < HYPERLINK "http://www.infoamerica.org/documentos_pdf/luhmann_05.pdf" http://www.infoamerica.org/documentos_pdf/luhmann_05.pdf>. Acesso em 23 de maio de 2015.
  • [8] MATURANA, H & VARELA, F. A Árvore do conhecimento. São Paulo: Palas Athena, 2005.
  • [9] ____________, H. Cognição, ciência e vida cotidiana. Editora UFMG, Belo Horizonte, 2001.
  • [10] MORIN, Edgar. Introdução ao pensamento complexo. Tradução: Eliane Lisboa. Porto Alegre: Sulina. 3 edição, 2007.
  • [11] MUELLER, M. S. Popularização do conhecimento científico. Revista de Ciência e Informação, v. 3 n. 2, abr. 2002. Disponível em: < HYPERLINK "http://www.dgz.org.br/abr02/art_03.htm" http://www.dgz.org.br/abr02/art_03.htm>. Acesso em 14 de maio de 2015.
  • [12] POBLACIÓN, Dinah; WITTER, Geraldina; RAMOS, Lúcia e FUNARO, Vânia (orgs.). Revistas Científicas – Dos processos Tradicionais às perspectivas Alternativas de Comunicação. São Paulo: Ateliê Editorial, 2011.
  • [13] SILVA, Juremir Machado. As tecnologias do imaginário. Porto Alegre: Sulina. 2 edição, 2006.
  • [14] REVISTA PESQUISA FAPESP. Edição 241 – Março 2016. Disponível em: < HYPERLINK "http://revistapesquisa.fapesp.br/revista/ver-edicao-editorias/?e_id=343" http://revistapesquisa.fapesp.br/revista/ver-edicao-editorias/?e_id=343>. Acesso em 29 de março de 2016.
  • [15] REVISTA PESQUISA FAPESP. Quem somos. Disponível em: http://www.revistapesquisa.fapesp.br/?art=3185&bd=2&pg=1 . Acesso em: 21 de abril de 2016.
  • [16] STUMPF, Ida Regina Chitto. Revistas Universitárias, projetos inacabados. São Paulo: USP, 1994. (Tese de doutorado).
  • [17] VILLAS-BOAS, A. O que é [e o que nunca foi] design gráfico. 6ª revisada e ampliada. ed. Rio de Janeiro: 2AB, 2007.
Como citar:

Máximo, Suellen de Freitas; Freitas, Ítala Clay de Oliveira; "DESIGN EDITORIAL E COMUNICAÇÃO: CONFIGURANDO PERCURSOS ECOSSISTÊMICOS PARA A DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA", p. 206-216 . In: Anais do 12º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design [= Blucher Design Proceedings, v. 9, n. 2]. São Paulo: Blucher, 2016.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/despro-ped2016-0018

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações