Resumo - Open Access.

Idioma principal

DESIGN DOS OUTROS: UM OLHAR AOS OBJETOS COTIDIANOS (RE)CRIADOS

Wanderley, Ingrid Moura; Santos, Maria Cecília Loschiavo dos;

Resumo:

O presente artigo é parte de uma tese do doutorado e analisa as maneiras e práticas através das quais as pessoas corriqueiramente, movidas por impulsos, fatores e necessidades as mais diversas, se apropriam, repensam e transformam os objetos no seu uso cotidiano. Tais práticas constituem uma fonte privilegiada de aprendizagem dentro do processo do design, ainda que menosprezadas em seu potencial. Uma verificação atenta dos usos e apropriações de objetos cotidianos- intervenções criativas, movidas por questões socioeconômicas ou não são práticas comuns feitas muitas vezes sem grandes pretensões. Acreditamos que esses hábitos podem contribuir para recondicionar a avaliação das próprias qualidades dos objetos.

Artigo selecionado para publicação na Strategic Design Research Journal (http://revistas.unisinos.br/index.php/sdrj)  — Disponível em breve 

Resumo:

PDF disponível em breve

Palavras-chave: objetos; práticas cotidianas; iterações objetos-usuários.,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/despro-ped2016-0078

Referências bibliográficas
  • [1] ARKHIPOV, Vladimir. Home-made Europe. Contemporary folk artifacts. London: Fuel, 2012.
  • [2] ARKHIPOV, Vladimir. Functioning Forms/Anti-Design, in: CLARKE, Alison J. (ed). Design anthropology. Object culture in the 21st century. Springer Wien New York. ‘angewandte, 2011.
  • [3] BARTHES, Roland. A morte do autor. In: O rumor da língua. 2ed. São Paulo: Martins Fontes, 2004.
  • [4] BOUFLEUR, Rodrigo Naumann. A questão da gambiarra: formas alternativas de desenvolver artefatos e suas relações com o design de produtos. Dissertação de mestrado. FAU-USP: São Paulo, 2006.
  • [5] BRANDES, Uta e ERLHOFF, Michael. Non intentional design. Cologne: Daab, 2006.
  • [6] BRANDES, Uta; STICH, Sonja e WENDER, Miriam. Design by use. The everyday metamorphosis of things. Board of International Research in Design. Basel, Boston, Berlin: Bikäuser, 2009.
  • [7] BRITO JUNIOR, Antônio Barros de. O conceito de vanguarda a partir da reflexão sobre a obra aberta, de Umberto Eco. Sínteses – Revista dos Cursos de Pós-Graduação, v.12, p. 87-96, 200
  • [8] CERTEAU, Michel de. A Invenção do cotidiano. Petrópolis: Editora Vozes, 1994.
  • [9] DUNNE, Anthony and RABY, Fiona. Designer as author. In: ERICSON, Magnus and Mazé, Ramia. DESIGN ACT. Socially and politically engaged design today – critical roles and emerging tactics. Berlin: IASPIS, Interactive Institute, Sternberg Press, 2011.
  • [10] ECO, Umberto. Obra Aberta. Forma e Indeterminação nas Poéticas Contemporâneas. 9 ed. São Paulo: Perspectiva, 2008.
  • [11] FAJARDO, Elias. Consumo consciente, comércio justo: conhecimento e cidadania como fatores econômicos. Rio de Janeiro: Senac Nacional, 2010.
  • [12] FORTY, Adrian. Objetos do desejo: design e sociedade desde 1750. São Paulo: Cosac Naify, 2007.
  • [13] FRY, Tony. Reconstruções: ecologia, design, filosofia. São Paulo: Edusp, 2009.
  • [14] HENNESSEY, James & PAPANEK, Victor. Nomadic furniture 2. New York: Pantheon, 1974.
  • [15] LÖBACH, Bernd. Design industrial. Bases para a configuração de produtos industriais. Trad. Freddy Van Camp. Sao Paulo: Blucher, 2001.
  • [16] MANZINI, Ezio e VEZZOLI, Carlo. O desenvolvimento de produtos sustentáveis. Os requisitos ambientais dos produtos industriais. São Paulo: EDUSP, 2005.
  • [17] MARGOLIN, Victor. The politics of the artificial: essays on design and design studies. Chicago and London: The University of Chicago Press, 2002.
  • [18] PEREIRA, Gabriela de Gusmão. Rua dos Inventos: ensaio sobre desenho vernacular. Rio de Janeiro: F. Alves, 2002.
  • [19] RICHARDSON, Adam. “The death of the designer”. Design Issues, vol. 9, n. 2 (autumn, 1993), p. 34-43.
  • [20] WALKER, Stuart. Sustainable by design explorations in teory and practice. London: Earthscan, 2006.
  • [21] WALKER, Stuart. Desmascarando o objeto: reestruturando o design para a sustentabilidade. Revista Design em Foco, v.2, n.2, Universidade do Estado da Bahia, 2005.
  • [22] WANDERLEY, Ingrid Moura. O design dos “outros”: interações criativas na produção contemporânea de artefatos. Tese de doutorado apresentada à FAU-USP, 2013.
Como citar:

Wanderley, Ingrid Moura; Santos, Maria Cecília Loschiavo dos; "DESIGN DOS OUTROS: UM OLHAR AOS OBJETOS COTIDIANOS (RE)CRIADOS", p. 913-925 . In: Anais do 12º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design [= Blucher Design Proceedings, v. 9, n. 2]. São Paulo: Blucher, 2016.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/despro-ped2016-0078

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações