Artigo completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

Design de Informação para ambiente digital em apoio a famílias com casos de microcefalia por Zika vírus

Information Design for digital environment in support of families with cases of microcephaly from the Zika

Silva, Anahi Rocha; Jorente, Maria José Vicentini;

Artigo completo:

O design de um ambiente digital é um processo ativo, interativo e que conjuga as intencionalidades dos produtores do ambiente projetado e as necessidades do público-alvo. As pessoas que acessam os sistemas informacionais de saúde, especialistas ou não, podem e devem participar do processo informacional em ambientes digitais ao lado de designers e profissionais da informação. Esta pesquisa teve como objetivo geral descrever como a informação produzida de forma colaborativa e horizontalizada, entre mães e familiares de portadores de microcefalia por Zika, pode ser tratada para formar linguagens documentárias e subsidiar a recuperação da informação em ambientes digitais, com ênfase nesses sujeitos. Para tanto, a pesquisa desdobrou-se em quatro etapas: compreensão do problema em si; observação e compreensão do público através das interações sociais realizadas por eles, compreensão do conteúdo ou dados (na coleta de descritores optou-se pela Netnografia, e para sua categorização e criação de vocabulário foi usada Análise Facetada),coleta e análise e estruturação em categorias como soluções e propostas de algumas ideias para modelagem de ambientes informacionais voltados à temática da microcefalia por Zika vírus. Os resultados evidenciaram que a informação relevante, potencialmente útil ou necessária para os portadores de microcefalia advindo do Zika vírus ou seus familiares, pode empoderá-los - quando processada e transformada em informação documentária - e passa a constituir um elo na cadeia do fluxo informacional com apropriação e uso por estes sujeitos informacionais.Também permitiu observar como o designer e o profissional da informação podemusar suas expertises para atuar frente a estas novas formas de registro em redes de inteligência coletiva.

Artigo completo:

The design of a digital environment is an active, interactive process that combines the intentions of the producers of the designed environment and the needs of the target audience. People accessing health information systems, experts or not, can and should participate in the informational process in digital environments alongside designers and information professionals. This research aims to describe how the information produced in a collaborative and horizontal way, among mothers and family members of microcephaly carriers by Zika, can be treated to form documentary languages and support the retrieval of information in digital environments, with emphasis on these subjects. To do so, the research unfolded in four stages: understanding the problem itself; observation and public understanding through their social interactions, understanding the content or data (in the collection of descriptors was chosen by Netnography, and for its categorization and vocabulary creation was used Facet Analysis) collection and analysis and structuring into categories, as solutions and proposals of some ideas for modeling information environments focused on the microcephaly issue by Zika virus. The results show that the relevant information, potentially useful or necessary for the microcephaly patients coming from the Zika virus or their relatives, can empower them - when processed and transformed into documentary information - and becomes a link in the information flow chain with appropriation and use by these informational subjects. It also allowed us to observe how the designer and the information professional can use their expertise to act in front of these new forms of registration in collective intelligence networks.

Palavras-chave: Design da Informação.Ciência da Informação.Zika vírus. Microcefalia. Ambiente digital de saúde,

Palavras-chave: Information Design. Information Science.Zika virus. Microcephaly. Digital health environment,

DOI: 10.5151/9cidi-congic-3.0241

Referências bibliográficas
  • [1] Augusto, C. A., Souza, J. P., Dellagnelo, E. H. L, & Cario, S. A. F. (2013). Pesquisa Qualitativa: rigor metodológico no tratamento da teoria dos custos de transação em artigos apresentados nos congressos da Sober (2007-2011). Revista de Economia e Sociologia Rural, 51(4), pp. 745-764.
  • [2] Brown, T., & Wyatt, J. (2010). Design thinking for social innovation. Development Outreach, 12(1), 29-43.
  • [3] Estes, M. L., & McAllister, A. K. (2016). Maternal immuneactivation: Implications for neuropsychiatricdisorders. Science, 353(6301), pp. 772-777.
  • [4] Frascara, J. (2015). Information design as principled action: Makinginformation accessible, relevant, understandable, and usable.Illinois, USA: Common Ground Publishing.
  • [5] Fujita, M. S. L. (1998). A estrutura de categorias do tesauro: modelos de elaboração. Cadernos da FFC ISSN, pp. 107-120.
  • [6] Heller, S. & Landers, R. (2014). Infographic designers’ sketchbooks. New York: Princeton Architectural Press.
  • [7] Horn, R. E. (1999). Information design: Emergenceof a new profession. Information design, 2.
  • [8] Kozinets, R. V. (2014). Netnografia: realizando pesquisa etnográfica online. Penso Editora.
  • [9] Lara, M. L. G. D., & Tálamo, M. D. F. G. M. (2013). Lingüística documentária e terminologia: experiência didática na interface das disciplinas.
  • [10] Noël, G., Luig, T., Heatherington, M., & Campbell-Scherer, D. (2018). Developing tools tosupportpatientsandhealthcareproviderswhen in conversationaboutobesity. Information Design Journal, 24(2), pp. 131-150.
  • [11] Skinner, H. A., Maley, O., & Norman, C. D. (2006). Developing internet-basedeHealthpromotionprograms: theSpiral Technology ActionResearch (STAR) model. Health PromotionPractice, 7(4), pp. 406-417.
  • [12] Waller, R. (2011). TechnicalPaper 14. Information design: howthe disciplines worktogether. Simplification Centre. Universityof Reading.
  • [13] Wurman, R. S. (1996). Information architects. Zurich: Graphics Press.
Como citar:

Silva, Anahi Rocha; Jorente, Maria José Vicentini; "Design de Informação para ambiente digital em apoio a famílias com casos de microcefalia por Zika vírus", p. 1364-1374 . In: Anais do 9º CIDI | Congresso Internacional de Design da Informação, edição 2019 e do 9º CONGIC | Congresso Nacional de Iniciação Científica em Design da Informação. São Paulo: Blucher, 2019.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/9cidi-congic-3.0241

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações