Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

DESENHO INDUSTRIAL DESIGN: PROFISSÃO FECUNDA, OFÍCIO INVENTIVO, ATIVIDADE CRIATIVA

Gomes, Luiz Vidal; Medeiros, Ligia Sampaio de; Brod Junior, Marcos;

Artigo Completo:

O projeto de lei que disp unha sobre a regulamentação do exe rcício profissional de designer foi vetado em 2015. Não existe consenso na comunidade de designers sobre a conveniência dessa regulamentação, mas estudantes sentem-se, com frequência, inseguros quanto às perspec-tivas de sua trajetória profissional. Independentemente do contexto cul-tural, há consideráveis diferenças entre as práticas do design, desde aquelas mais voltadas para a arte (design autoral), até as mais orientadas para a indústria (design industrial), passando pelas atividades manuais (design artesanal). Todas essas práticas exigem muito trabalho e criativi-dade. Neste artigo tentaremos caracterizar o design como “profissão fecunda”, “ofício inventivo ” e “atividade criativa ”.

Artigo Completo:

Palavras-chave: Profissões fecundas; ofícios inventivos; atividades criativas,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/despro-ped2016-0241

Referências bibliográficas
  • [1] ARCHER, B. Design Awareness and Planned Crativity in Industry. London: Design Council, 1974.
  • [2] BONSIEPE, Gui. Desenvolvimento pelo Design. In PATROCÍNIO, G.; NUNES, J. M. (Org.). Design e Desenvolvimento 40 Anos Depois. São Paulo: Blucher, 2015, p.229-250.
  • [3] BRASIL, Diário Oficial de União, 28 out. 2015.
  • [4] CROSS, Nigel et al. Diseñando el Futuro. Barcelona: Gustavo Gili, 1980.
  • [5] DE MASI, Domenico. Fantasia e concretude. Rio de Janeiro: Sextante, 200
  • [6] FELDMAN, D. H. The creation of multiple intelligence theory. In: SAWYER, Robert K. et al. Creativity and development. New Your: Oxford University Press, 2003, p. 139-185.
  • [7] GLADWELL, Malcolm. Fora de Série: Outliers. Rio de Janeiro: Sextante, 2008.
  • [8] GOSLLET, Dorothy . The Professional Practice do Design. 2nd edition. London: BT Batsford, 197
  • [9] INDUSTRIAL DESIGNERS SOCIETY OF AMERICA disponível em http://www.idsa.org
  • [10] KAUFMAN, J. C.; BEGHETTO, R. A. Beyond Big and Little. Review of General Psychology, 13 (1), p 1-12.
  • [11] PHILIPPI, Simone (Editor). Starck. Köln: Taschen, 1996.
  • [12] SAWYER, Robert K. Explaining Creativity. Oxford: Oxford University Press, 20
  • [13] TAYLOR, Ian. The Nature of Creative Process. In SMITH, P. (Ed.). Creativity: An Examination of the Creative Process. New York: Hasting House, 1959, p.51-82.
  • [14] ULRICH, Karl; EPPINGER , Steven . Product Design and Development. Boston: Irwin; McGraw-Hill, 2000.
Como citar:

Gomes, Luiz Vidal; Medeiros, Ligia Sampaio de; Brod Junior, Marcos; "DESENHO INDUSTRIAL DESIGN: PROFISSÃO FECUNDA, OFÍCIO INVENTIVO, ATIVIDADE CRIATIVA", p. 2812-2819 . In: Anais do 12º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design [= Blucher Design Proceedings, v. 9, n. 2]. São Paulo: Blucher, 2016.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/despro-ped2016-0241

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações