setembro 2018 vol. 1 num. 5 - XXII Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Pôster - Open Access.

Idioma principal

DEGRADAÇÃO DA AMOXICILINA VIA PROCESSOS DE HIDRÓLISE E FOTÓLISE COM ÍONS DE FERRO

PINTO, A. R. M; FERRARI, V. B; MARTINS, C. R; MORAES, J. E. F;

Pôster:

No presente trabalho foram estudadas diferentes tecnologias aplicadas nadegradação do antibiótico amoxicilina (AMX) em meio aquoso, com níveis deconcentração encontrados em algumas correntes de processos reais da indústriafarmacêutica. Dentre os métodos químicos convencionais, foram estudadas as hidrólisesácida (HA) e básica (HB), em diferentes valores de pH inicial (2; 2,5; 3 e 10). Essesprocessos apresentaram reduzidas taxas iniciais de degradação da AMX, sendoverificado que, após 10 h de reação, a maior remoção de AMX foi de apenas 4,2% (parapH 2). Além disso, via a realização de ensaios de suscetibilidade antimicrobiana, foipossível verificar que a toxicidade dos efluentes tratados ainda apresentaram níveis deinibição próximos aos do efluente bruto, em relação aos microrganismos testados: E. colie S. aureus. Em seguida, foram estudados alguns processos avançados, envolvendo afotólise (com radiação UV) dos íons de ferro (Fe2+ e Fe3+). Esses processos apresentaramremoção de mais de 90% da AMX, até 46% da carga orgânica total, em 30 minutos dereação, além de proporcionar uma menor toxicidade em comparação ao efluente brutoe aos efluentes tratados pelos processos de hidrólise, sendo um indicativo da suabiodegradabilidade. Nesse contexto, o processo de fotólise com íons de ferro se mostroupromissor para uma possível integração com processos biológicos convencionais,sistemas de reduzido custo, viabilizando a aplicação das tecnologias avançadasestudadas. 

Pôster:

Palavras-chave: ,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/cobeq2018-PT.0413

Referências bibliográficas
  • [1] ANDREWS, J. M. Determination of minimum inhibitory concentrations. Journal of Antimicrobial Chemotherapy, 48, 5-16, 200 GUTIERREZ-MATA AG, VELAZQUEZ-MARTÍNEZ S, ÁLVAREZ-GALLEGOS A, AHMADI M, HERNÁNDEZ-PÉREZ JA, GHANBARI F, SILVA-MARTÍNEZ S, Recent overview of solar photocatalysis and solar photo-fenton processes for wastewater treatment. International Journal of Photoenergy, v. 2017, p. 1-3, 2017. HIRTE K, SEIWERT B, SCHÜÜRMANN G, REEMTSMA T, New hydrolysis products of the beta-lactam antibiotic amoxicillin, their pH-dependent formation and search in municipal wastewater. Water Research, v. 88, p. 880-888, 2016. LONGHIN SR, Estudo da degradação dos antibióticos beta-lactâmicos amoxicilina e ampicilina e avaliação da toxicidade e biodegradabilidade seus produtos. Tese (Doutorado em Química), Instituto de Química, Universidade de Brasília, 2008. SILVA BC, Efeito de dihidroxibenzenos na degradação de fenóis e fármacos por processos fenton. Tese (Doutorado em Química). UNESP, São Paulo 2017. TROVÓ AG, NOGUEIRA RFP, AGUERA A, FERNANDEZ-ALBA, AR, MALATO S, Degradation of the antibiotic amoxicillin by photo-Fenton process – Chemical and toxicological assessment. Water Research, v. 45, p. 1394-1402, 201
Como citar:

PINTO, A. R. M; FERRARI, V. B; MARTINS, C. R; MORAES, J. E. F; "DEGRADAÇÃO DA AMOXICILINA VIA PROCESSOS DE HIDRÓLISE E FOTÓLISE COM ÍONS DE FERRO", p. 1549-1552 . In: . São Paulo: Blucher, 2018.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/cobeq2018-PT.0413

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações