Pôster - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

CRIANÇAS COM DOENÇA INFLAMATÓRIA DE INÍCIO MUITO PRECOCE: O PEDIATRA PRECISA CONHECÊ-LA

CRIANÇAS COM DOENÇA INFLAMATÓRIA DE INÍCIO MUITO PRECOCE: O PEDIATRA PRECISA CONHECÊ-LA

Medeiros, Luana Cézar Melquíades de ; Sá, M.G.V.; Guimarães, R.R.L.; Gouveia-Pereira, M.; Aranda, C.S.; , ;

Pôster:

Justificativa

A doença inflamatóriaintestinal de início muito precoce (VEO-IBD) é caracterizada por diarreiacrônica em menores de 6 anos. As etiologias são muitas, mas um grupo definidopode relacionar-se a uma classe complexa de doenças, geralmente com perfilmonogênico, associada à desregulação da resposta imune e a desencadeadoresambientais.

Objetivo(s)

Este estudo avalioumanifestações clínicas e genéticas de crianças com VEO-IBD.

Método(s)

Análise observacionalretrospectiva de prontuários eletrônicos de crianças com VEO-IBD atendidos emserviço referenciado em doenças imunológicas nos últimos dois anos.

Resultado(s)

Observou-se 14 criançascom VEO-IBD (50% do sexo feminino) com média de idade - 5,2 anos. Todascomeçaram com diarreia sanguinolenta com idade média de 9 meses, e diagnósticofeito com média de 1,6 anos. Doença fistulizante foram vistas em 43% e 21% comabscessos perianais. Observou-se baixo ganho ponderal em 75% dos casos, comdéficit crescente de 42%. Registraram-se manifestações extra-intestinais em 43%dos casos: aftas recorrentes, colangite esclerosante primária e hepatiteautoimune. A maioria tinha história de infecções recorrentes e doençasautoimunes, e 2/14 desenvolveram neoplasias (câncer gástrico/linfoma). 5/14pacientes têm diagnóstico molecular (3/14 com defeitos no receptor de IL10 e2/14 com deficiência de MHC II). Uma criança foi submetida ao transplante decélulas-tronco hematopoéticas (TCTH) e demais aguardam.

Conclusão(ões)

Parte das doenças podemser causadas por alterações em genes regulatórios do sistema imunitário.Pediatras necessitam conhecer esse grupo de enfermidades. Pacientes com VEO-IBDdevem ser encaminhadas ao Serviço de Imunologia para que não haja atraso dodiagnóstico e da indicação de TCTH.

Pôster:

Justificativa

A doença inflamatóriaintestinal de início muito precoce (VEO-IBD) é caracterizada por diarreiacrônica em menores de 6 anos. As etiologias são muitas, mas um grupo definidopode relacionar-se a uma classe complexa de doenças, geralmente com perfilmonogênico, associada à desregulação da resposta imune e a desencadeadoresambientais.

Objetivo(s)

Este estudo avalioumanifestações clínicas e genéticas de crianças com VEO-IBD.

Método(s)

Análise observacionalretrospectiva de prontuários eletrônicos de crianças com VEO-IBD atendidos emserviço referenciado em doenças imunológicas nos últimos dois anos.

Resultado(s)

Observou-se 14 criançascom VEO-IBD (50% do sexo feminino) com média de idade - 5,2 anos. Todascomeçaram com diarreia sanguinolenta com idade média de 9 meses, e diagnósticofeito com média de 1,6 anos. Doença fistulizante foram vistas em 43% e 21% comabscessos perianais. Observou-se baixo ganho ponderal em 75% dos casos, comdéficit crescente de 42%. Registraram-se manifestações extra-intestinais em 43%dos casos: aftas recorrentes, colangite esclerosante primária e hepatiteautoimune. A maioria tinha história de infecções recorrentes e doençasautoimunes, e 2/14 desenvolveram neoplasias (câncer gástrico/linfoma). 5/14pacientes têm diagnóstico molecular (3/14 com defeitos no receptor de IL10 e2/14 com deficiência de MHC II). Uma criança foi submetida ao transplante decélulas-tronco hematopoéticas (TCTH) e demais aguardam.

Conclusão(ões)

Parte das doenças podemser causadas por alterações em genes regulatórios do sistema imunitário.Pediatras necessitam conhecer esse grupo de enfermidades. Pacientes com VEO-IBDdevem ser encaminhadas ao Serviço de Imunologia para que não haja atraso dodiagnóstico e da indicação de TCTH.

Palavras-chave: -,

Palavras-chave: -,

DOI: 10.5151/sabara2020-57

Referências bibliográficas
  • [1] -
Como citar:

Medeiros, Luana Cézar Melquíades de ; Sá, M.G.V.; Guimarães, R.R.L.; Gouveia-Pereira, M.; Aranda, C.S.; , ; "CRIANÇAS COM DOENÇA INFLAMATÓRIA DE INÍCIO MUITO PRECOCE: O PEDIATRA PRECISA CONHECÊ-LA", p. 57 . In: Anais do 5º Congresso Internacional Sabará de Saúde Infantil. São Paulo: Blucher, 2020.
ISSN 2357-7282, DOI 10.5151/sabara2020-57

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações