Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

CRENÇAS, CONFLITOS E A (RE)CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE DE DOCENTES DE LÍNGUA INGLESA DO SUDOESTE DO PARANÁ

LOURENÇO, Daiane da Silva; LAURINDO, Priscila;

Artigo Completo:

Esta pesquisa objetiva analisar dados coletados a partir de um curso de formação continuada com professores de inglês de escolas públicas do Paraná. O curso foi desenvolvido todo em língua inglesa a pedido dos participantes e um questionário aberto foi aplicado ao final a fim de compreender o interesse em praticar a oralidade e a compreensão oral em inglês ao invés de estudar teorias linguísticas. A análise dos dados evidencia crenças implícitas nas práticas dos docentes acerca do ensino de inglês, conflitos gerados em sala de aula e a relação entre a falta de fluência na língua-alvo e a crise de identidade profissional docente. Também mostra que a representação do professor de inglês é resultado, em parte, de crenças da comunidade e do próprio profissional sobre o que se espera de um docente. A produção oral é vista como forma de autoafirmação da identidade do docente de língua inglesa, isto gera conflitos sobre o que se espera, o que está especificado para ensinar e o que realmente ocorre na rede de ensino. Esta realidade evoca questionamentos que afetam a autoestima do professor e a prática em sala de aula. Tanto a identidade quanto as crenças estão sempre em processo de construção e reconstrução, recebendo diversas influências que repercutem no fazer docente. É importante que o docente tenha consciência de suas crenças e construção identitária para que reflita sobre suas ações e modifique sua forma de ensinar inglês.

Artigo Completo:

Palavras-chave: professores de língua inglesa; crenças; identidade profissional docente,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/edupro-clafpl2016-054

Referências bibliográficas
  • [1] BARCELOS, A. M. F. Metodologia de pesquisa das crenças sobre aprendizagem de línguas: Estado da arte. Revista Brasileira de Linguística Aplicada, v. 1, n. 1, p. 71-92, 200
  • [2] BARCELOS, A. M. F. Crenças sobre aprendizagem de línguas, Linguística Aplicada e ensino de línguas. Linguagem & Ensino, v. 7, n. 1, p. 123-156, 2004.
  • [3] DEMIREZEN, M. Identity problems of non-native teachers of English in teacher education. The Internet TESL Journal, v. 13, n. 8, august 2007. Disponível em: < http://iteslj.org/Articles/Demirezen-NonNativeTeachers.html>. Acesso em: 13 set. 201
  • [4] FARIA, E.; SOUZA, V. L. T. Sobre o conceito de identidade: apropriações em estudos sobre formação de professores. Revista Semestral da Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional, São Paulo, v. 15, n. 1, p. 35-42, jan./jun., 2011.
  • [5] FERNANDES, C. S. Representações e construção da identidade do professor de inglês. 2006. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem). Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo. 2006.
  • [6] FIGUEIREDO, E.; NORONHA, J. M. G. Identidade nacional e identidade cultural. In: FIGUEIREDO, E. Conceitos de literatura e cultura. 2. ed. Niterói: EdUFF; Juiz de Fora: EdUFJF, 2010, p. 189-205.
  • [7] GARCIA, M. M. A.; HYPOLITO, A. M.; VIEIRA, J. S. As identidades docentes como fabricação da docência. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 31, n. 1, p. 45-56, jan./abr. 2005.
  • [8] GOMES, A. A. A construção da identidade profissional do professor: uma análise de egressos do curso de Pedagogia. In: Congresso Português de Sociologia, 6, 2008, Lisboa. Anais eletrônicos... Lisboa, Universidade Nova de Lisboa, 200 Disponível em: . Acesso em: 10 set. 2013.
  • [9] HALL, S. A identidade cultural na pós-modernidade. 11. ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2006.
  • [10] KUDIESS, E. As crenças e os sistemas de crenças do professor de Inglês sobre o ensino e a aprendizagem da língua estrangeira no sul do Brasil: sistemas, origens e mudanças. Linguagem & Ensino, v. 8, n. 2, p. 39-96, 2005.
  • [11] LIMA, F. S. Em defesa da aprendizagem de inglês na escola pública: considerações sobre crenças de alunos adolescentes. Uniletras, Ponta Grossa, v. 34, n. 2, p. 157-170, jul/dez. 2012.
  • [12] QUADROS, A. L. et al. Professor em início de carreia: relato de conflitos vivenciado. Revista Varia Scientia, v. 6, n. 12, p. 69-84, 2006.
  • [13] SILVA, K. A. Crenças sobre o ensino e aprendizagem de línguas na Linguística Aplicada: um panorama histórico dos estudos realizados no contexto brasileiro. Linguagem & Ensino, v.10, n.1, p. 235-271, jan./jun., 2007.
  • [14] SILVA, K. A. Linguística aplicada, crenças e formação de professores na contemporaneidade. In: SANTOS, L. I. S.; SILVA, K. A. (Orgs.). Linguagem, ciência e ensino: desafios regionais e globais. Campinas, SP: Pontes Editores, 2013. p. 19-40.
  • [15] SILVA, J. O. Propagandas do MEC: imagens da profissão docente. In: REIS, S.; VEEN, K.; GIMENEZ, T. (Orgs.). Identidades de professores de línguas. Londrina: Eduel, 2011. p. 107-119.
  • [16] VÓVIO, C. L. Entre discursos: sentidos, práticas e identidades leitoras de alfabetizadores de jovens e adultos. Campinas, SP: 2007.
Como citar:

LOURENÇO, Daiane da Silva; LAURINDO, Priscila; "CRENÇAS, CONFLITOS E A (RE)CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE DE DOCENTES DE LÍNGUA INGLESA DO SUDOESTE DO PARANÁ", p. 688-699 . In: . São Paulo: Blucher, 2017.
ISSN 2318-695X, DOI 10.5151/edupro-clafpl2016-054

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações