Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

CORROSÃO PELO SOLO DE AÇO GALVANIZADO NA REGIÃO DA CAMPANHA – RS

AVILA, L. B.; ERTHAL, C.; RODRIGUES, L. M.; SILVA, S. N. DA;

Artigo Completo:

Neste trabalho, foi analisado o grau de agressividade de solos coletados em seis municípios da Região da Campanha do RS, ao aço galvanizado, comumente utilizado em torres de linhas de transmissão, por ensaios acelerados e em campo. Para os ensaios em laboratório, adicionou-se 25% em massa de cinzas de carvão mineral aos solos e foi criado um defeito nos cupons enterrados. O ensaio em campo foi realizado na região central de Bagé onde uma amostra metálica foi parcialmente enterrada. Em todos os casos foram feitas aquisições de imagens e medidas de variação de massa e espessura. Foram observados indícios de corrosão localizada, de coloração levemente alaranjada, nos cupons enterrados nos solos de Candiota e Bagé. Nos ensaios acelerados, notou-se “corrosão branca”, advinda do produto de corrosão que afeta superfícies galvanizadas, em todas as amostras, porém mais intensa nos solos de Candiota e Bagé. No ensaio em campo observou-se tanto corrosão branca quanto localizada da parte enterrada. Não foi observada variação significativa de massa e espessura no período estudado. Pode-se inferir que os solos estudados são agressivos ao aço galvanizado sendo o solo de Candiota o mais agressivo. Essa evidência possivelmente é devido às emissões da Usina Termoelétrica da região, as quais podem causar alterações físico-químicas nos solos tornando-os mais agressivos. Constatou-se também, que há corrosão, porém menos intensa, longe da fonte emissora

Artigo Completo:

Palavras-chave: agressividade de solo,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeqic2017-313

Referências bibliográficas
  • [1] DUTRA, A. C., NUNES, L. P. Proteção catódica: técnica de combate à corrosão. Rio de Janeiro: Técnica LTDA, 199 207p.
  • [2] GENTIL, V. Corrosão.3.ed.Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos. 1996. 345p.
  • [3] GENTIL, V. (2011) Corrosão. Rio de Janeiro: Guanabara Dois.
  • [4] SANDRES, C, A. Contaminação dos solos e águas subterrâneas provocada por vazamentos de gasolina nos postos de combustíveis devido à corrosão em tanques enterrados. 200 147f. Tese (Mestrado em Gestão de Segurança do Trabalho)- Universidade Federal Fluminense, Niterói. 200
  • [5] RAMANATHAN, L. V. Corrosão e seu controle. Brasil: Hemus.339p.
  • [6] KLUNK, M.; DICK, L. P. F. Estudo da corrosão em grelhas enterradas no solo em torres de linha de transmissão de energia elétrica. Relatório Técnico. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2010.
Como citar:

AVILA, L. B.; ERTHAL, C.; RODRIGUES, L. M.; SILVA, S. N. DA; "CORROSÃO PELO SOLO DE AÇO GALVANIZADO NA REGIÃO DA CAMPANHA – RS", p. 1772-1776 . In: Anais do XII Congresso Brasileiro de Engenharia Química em Iniciação Científica [=Blucher Chemical Engineering Proceedings, v. 1, n.4]. ISSN Impresso: 2446-8711. São Paulo: Blucher, 2017.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeqic2017-313

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações