Artigo completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

Classificação da animação e seus usos nas diferentes áreas do design

Animation Classification and its uses in different design areas

Souza, Raphael Argento de; Lessa, Washington Dias; Monat, André Soares;

Artigo completo:

A animação é uma linguagem e um meio de expressão gráfica comumente utilizada na prática projetual de diversos tipos de artefato. Apesar de sua aplicação cada vez mais frequente nas interfaces digitais que medeiam a interação entre sistemas eletrônicos contemporâneos e seus usuários, a lógica por trás de seu uso não está de todo definida na literatura. O presente trabalho propõe classificar as diferentes manifestações da animação conforme a sua aplicação no Design, no Cinema e em campos correlatos, como as Artes e a Publicidade. A metodologia utilizada para este propósito foi a revisão sistemática da literatura e a exemplificação através da análise de alguns trabalhos na área de Animação. Como principal resultado elaboramos uma proposta de classificação de animações a partir das análises realizadas. Acreditamos que este trabalho possa contribuir para a reflexão e a compreensão acerca da utilização da animação em diversos contextos, particularizando sua presença em projetos de design.

Artigo completo:

Animation is a language and a graphic expression medium commonly used in many artefacts project practices. Despite its increasingly frequent application on digital interfaces that mediate the interaction between contemporary electronic systems and their users, the logic behind its uses is not well defined in the Academy. This work proposes to classify the variety of animation manifestations according to its application in Design, Cinema and related fields like Arts and Publicity. Methodology chosen for this purpose was literatures’ systematic review and exemplifying by sampling animation productions analysis. As main result, we propose an animation classification through these analyses. We believe this work can contribute to reflection and understanding about the use of animation in various contexts, particularly its presence in design projects.

Palavras-chave: design; animação; motion graphics; motion graphic design; tipologia da animação,

Palavras-chave: design; animation, motion graphics; motion graphic design; animation typology,

DOI: 10.5151/9cidi-congic-5.0133

Referências bibliográficas
  • [1] Barbosa Júnior, A. L. (2001). Arte da Animação: Técnica e Estética Através da História (3a). São Paulo: Editora Senac São Paulo.
  • [2] Beckerman, H. (2003). Animation: The Whole Story (15o ed). New York: Allworth Press.
  • [3] Bendazzi, G. (2016a). Animation: A World History, Volume I: Foundations - Golden Age.
  • [4] Bendazzi, G. (2016b). Animation: A World History, Volume II: The Birth of a Style, The Three Markets. (A. D. S. LLC, Org.). New York: Focal Press.
  • [5] Bendazzi, G. (2016c). Animation: A World History, Volume III: Contemporary Times. New York: Focal Press.
  • [6] Cruz, G. F. S. (2017). BRINQUEDOS ÓTICOS ANIMADOS E O Gabriel Filipe Santiago Cruz Brinquedos óticos animados e o ensino de Design. PUC-RJ.
  • [7] Curtis, & Lue. (2016). Bridging Science, Art, and the History of Visualization: A Dialogue between Scott Curtis and Robert Lue. Discourse, 37(3), 193. https://doi.org/10.13110/discourse.33.0193
  • [8] FUTURO, O. (2019). Light Art Rio : a luz como protagonista em esculturas e instalações. Recuperado 5 de julho de 2019, de https://oifuturo.org.br/historias/light-art-rio-instalacoes-e-esculturas-trazem-a-luz-como-elemento-principal/
  • [9] Hans-Friedrich, & Geist, A. M. (1938). Spielzeug: Eine bunte Fibel. Leipzig: Leipzig, L.Staackmann Vlg. https://doi.org/B00AG8LL8Q
  • [10] Krasner, J. (2008). Motion Graphic Design: applied history and aesthetics. Burlington, MA: Focal Press.
  • [11] Lessa, W. D. (UERJ/ESDI), & Freire, I. X. (2016). Balizamento Conceitual do Motion Graphic Design. 12o Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design, 9(2).
  • [12] Machado, A. (2005). Pré-cinemas & pós-cinemas (3o ed). Campinas: Papirus.
  • [13] Manovich, L. (2001). The Language of New Media. London: The MIT Press Cambridge.
  • [14] Pikkov, Ü. (2010). Animasophy: Theoretical Writings on the Animated Film. Estonian Academy of Arts, Department of Animation.
  • [15] Sito, T. (2013). Moving Innovation: A History of Computer Animation. Statewide Agricultural Land Use Baseline 2015 (Vol. 1). https://doi.org/10.1017/CBO9781107415324.004
  • [16] Suppa, R. (2006). Thinking Animation: Bridging the Gap Between 2D and CG.
  • [17] Thomas, F., & Johnston, O. (1981). The Illusion of Life: Disney Animation. Walt Disney Productions. https://doi.org/10.1515/9783110884937.19
  • [18] Väliaho, P. (2017). Animation and the Powers of Plasticity. Animation, 12(3), 259–271. https://doi.org/10.1177/1746847717740093
  • [19] White, T. (2006). Animation from Pencils to Pixels Classical Techniques for the Digital Animator. Recuperado de http://www.amazon.com/Animation-Pencils-Pixels-Classical-Techniques/dp/0240806700/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1430803119&sr=8-1&keywords=Animation+from+Pencils+to+Pixels+Classical+Techniques+for+the+Digital+Animator
  • [20] Williams, R. (2002). The Animator’s Survival Kit.
Como citar:

Souza, Raphael Argento de; Lessa, Washington Dias; Monat, André Soares; "Classificação da animação e seus usos nas diferentes áreas do design", p. 2168-2176 . In: Anais do 9º CIDI | Congresso Internacional de Design da Informação, edição 2019 e do 9º CONGIC | Congresso Nacional de Iniciação Científica em Design da Informação. São Paulo: Blucher, 2019.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/9cidi-congic-5.0133

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações