Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

CARGA DE TRABALHO E CAPACIDADE DE TRABALHO DO SERVIDOR PÚBLICO EM UM SETOR DE UMA INSTITUIÇÃO FEDERAL DE ENSINO SUPERIOR

CAVALCANTI, Leonardo Luizines de França; MARTINS, Laura Bezerra;

Artigo Completo:

O objetivo deste trabalho foi avaliar as condições de saúde do servidor público federal, em um setor de uma Instituição Federal de Ensino Superior. A pesquisa foi exploratória e descritiva, de abordagem participativa. Os questionários adaptados utilizados foram o ICT – Índice de Capacidade para o Trabalho e NASA-TLX. Foi observado que a capacidade para o trabalho apresentou índices baixos e moderados, e que a carga de trabalho apresentou-se elevada. Os resultados evidenciaram problemas no ambiente laboral que afetam a saúde do servidor, gerando incapacidades laborativas a curto/médio prazo. Ações ergonômicas precisam ser desenvolvidas, aliadas à administração central da Instituição.

Artigo Completo:

Palavras-chave: ,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/engpro-conaerg2016-7545

Referências bibliográficas
  • [1] ANDRADE, Elsa Thomé. O Processo de Implantação da Política de Atenção à Saúde do Trabalhador em Instituições Públicas Federais: o desafio da integralidade. Dissertação de Mestrado apresentado na Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca. Rio de Janeiro, 2009.
  • [2] BRASIL. Lei nº 10.593, de 6 de dezembro de 200 Dispõe sobre a reestruturação da Carreira Auditoria do Tesouro Nacional, que passa a denominar-se Carreira Auditoria da Receita Federal - ARF, e sobre a organização da Carreira Auditoria-Fiscal da Previdência Social e da Carreira Auditoria-Fiscal do Trabalho, e dá outras providências. 200
  • [3] DINIZ, R. L.; GUIMARÃES, L. B. M. Avaliação da carga de trabalho mental. In: GUIMARÃES, L. B. M. Ergonomia cognitiva. Porto Alegre: FEENG, 2004.
  • [4] FERREIRA, M. C.; ALVES, L.; TOSTES, N. Gestão de Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) no Serviço Público Federal: o descompasso entre problemas e práticas gerenciais. Psicologia: Teoria e Pesquisa, v. 25, n. 3, PP. 319-327. Brasília, 2009a.
  • [5] HENDRICK, H; KLEINER B. Macroergonomia: uma introdução aos projetos de sistemas de trabalho. Tradução Mario Cesar Vidal e José Roberto Mafra. Rio de Janeiro: Virtual Científica, 2006.
  • [6] GUIMARÃES, Magali C. Transformações do trabalho e violência psicológica no serviço público brasileiro. São Paulo: Rev. bras. Saúde ocupacional, 34 (120) p163-171, 2009.
  • [7] RICART, Simone Lopes Santa Isabel. Avaliação e Controle de Ações Ergonômicas no Serviço Público Federal: O Caso da Fiocruz – RJ. Dissertação de mestrado apresentada no Programa de Engenharia de Produção – COPPE/UFRJ, 2011. TUOMI, K. et al. Índice de capacidade para o trabalho. Tradução de F. M. Fischer. Helsinki: Instituto de Saúde Ocupacional. São Carlos: EdUFSCar, 2010.
  • [8] VIDAL, M. C. Guia para Análise Ergonômica do Trabalho (AET) na empresa: uma metodologia realista, ordenada e sistematizada. Rio de Janeiro: Editora Virtual Científica, 2003.
Como citar:

CAVALCANTI, Leonardo Luizines de França; MARTINS, Laura Bezerra; "CARGA DE TRABALHO E CAPACIDADE DE TRABALHO DO SERVIDOR PÚBLICO EM UM SETOR DE UMA INSTITUIÇÃO FEDERAL DE ENSINO SUPERIOR", p. 709-716 . In: 1º Congresso Internacional de Ergonomia Aplicada [=Blucher Engineering Proceedings, v.3 n.3]. São Paulo: Blucher, 2016.
ISSN 2357-7592, DOI 10.5151/engpro-conaerg2016-7545

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações