Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

CARACTERIZAÇÃO DE ÁGUA DE PROCESSAMENTO DE INDÚSTRIA MAÇÃS

GAMBA, V.; CARPES, V. M.; HEMKEMEIER, M.;

Artigo Completo:

As indústrias da cadeia produtiva de maçãs do Estado do RS utiliza elevada demanda de água para a higienização e transporte das frutas durante seu processamento. Quando utilizadas correntes hídricas para esse transporte, evita-se o manuseio e consequentemente a deformação das maçãs. Assim, a água utilizada no processo é considerada um ponto de controle imprescindível na indústria, já que esta água deve seguir padrões de potabilidade, conforme a legislação vigente, por estar em contato direto com as frutas. Todavia, o tempo de residência da água nos tanques e calhas durante o processo, varia de acordo com a presença de interferentes físico-químicos e microbiológicas, que alteram diretamente a qualidade da água, bem como das frutas. Diante do exposto, o presente trabalho visou caracterizar a água de processamento de uma indústria de maçãs, quanto a concentração de poluentes que alteram a qualidade da mesma na planta industrial. Observou-se que os parâmetros utilizados para a caracterização das amostras apresentaram variações entre as coletas, pois são de amostras reais, e sofrem interferência e heterogeneidade durante o ciclo de uso.

Artigo Completo:

Palavras-chave: indústria de maçãs,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeqic2017-294

Referências bibliográficas
  • [1] ABNT. Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR 9897: Planejamento de amostragem de efluentes líquidos e corpos receptores − Procedimento. Rio de Janeiro – RJ, 1987a.
  • [2] ABNT. Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR 9898: Preservação e técnicas de amostragem de efluentes líquidos e corpos receptores− Procedimento. Rio de Janeiro – RJ, 1987b.
  • [3] ABNT. Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR 10739: Água − Determinação de Oxigênio Consumido − Método do permanganato de potássio. Rio de Janeiro – RJ, 1989.
  • [4] AGAPOMI. Associação Gaúcha dos Produtores de Maçã do Rio Grande do Sul. 2015. Disponível em: . Acesso em: 29 de agosto de 2015.
  • [5] APHA.AMERICAN PUBLIC HEALTH ASSOCIATION. Standard Methods for the Examination of Water and Wastewater. 22 ed. Washington: IWWA, 2012.
  • [6] BNDES. Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social. Informativo Técnico SEAGRI – Fruticultura: A Produção de Maçã no Brasil. Rio de Janeiro – RJ, nº. 2, novembro, 2010.
  • [7] CHENG, M.L.; HO, H.-Y.; HUANG, Y.-W.; LU, F.-J.; CHIU, D. T.-Y. Humic acid induces oxidative DNA damage, growth retardation, and apoptosis in human primary fibroblasts. Experimental Biology and Medicine, v. 228(4), p. 413-423, 2003.
  • [8] MATILAINEN, A.; VEPSÄLÄINEN, M.; SILLANPÄÄ, M. Natural organic matter removal by coagulation during drinking water treatment: A review. Advances in Colloid and Interface Science, v. 159, p. 189-197, 2010.
  • [9] SANHUEZA, R. M. V. Controle de contaminação por fungos. Revista da Maçã, Fraiburgo – SC, v. 2, n. 8, p. 16-18, 2008.
  • [10] SANHUEZA, R. M.; CATTANIO, M. E. Controle biológico de Penicillium expansum em pós-colheita de maçãs 'Fuji'. Summa Phytopathologica, Piracicaba – SP, v. 29, p. 182-187, 2003.
  • [11] SÄRKKÄ, H.; VEPSÄLÄINEN, M.; SILLANPÄÄ, K. Natural organic matter (NOM) removal by electrochemical methods – A review. Journal of Electroanalytical Chemistry, v. 755, p. 100-108, 2015.
  • [12] XIAO, P.; XIAO, F.; ZHANG W.; ZHAO, B.; WANG, D. Insight into the combined colloidal-humic acid fouling on the hybrid coagulation microfiltration membrane process: The
  • [13] importance of aluminum. Colloids and Surfaces A: Physicochem. Eng. Aspects, v.461, p.
  • [14] 98-104, 20
  • [15] WANG, X.; LI, B. Q.; ZHAI, H. L.; XIONG, M. Y.; LIU, W. An efficient approach to the
  • [16] quantitative analysis of humic acid in water. Food Chemistry, v. 190, p. 1033-1039, 20
  • [17] WENG, Y. H; LIA, K. C.; CHAUNG-HSIEH, L. H.; HUANG, C. C. Removal of humic
  • [18] substances (HS) from water by electro-microfiltration (EMF). Water Research, v. 40, p.
  • [19] 1783-1794, 2006.
Como citar:

GAMBA, V.; CARPES, V. M.; HEMKEMEIER, M.; "CARACTERIZAÇÃO DE ÁGUA DE PROCESSAMENTO DE INDÚSTRIA MAÇÃS", p. 1657-1661 . In: Anais do XII Congresso Brasileiro de Engenharia Química em Iniciação Científica [=Blucher Chemical Engineering Proceedings, v. 1, n.4]. ISSN Impresso: 2446-8711. São Paulo: Blucher, 2017.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeqic2017-294

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações