Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

CARACTERIZAÇÃO DA PIRITA QUANTO A DANOS AMBIENTAIS, UTILIZANDO PARÂMETROS FÍSICO-QUÍMICOS E BIOENSAIO

NUERNBERG, J. B.; MADEIRA, K.; ALANO, M. L.; PETERSON, M.; MARTINS, M. da C.;

Artigo Completo:

O presente trabalho teve como objetivo avaliar a toxicidade da pirita, utilizando parâmetros físico-químicos e bioensaio. As análises físico-químicas sugerem a redução da qualidade da água quando exposta a pirita, com diminuição de pH e elevação da concentração dos metais ferro, alumínio e manganês. Comparando os resultados a Resolução n° 357 do CONAMA, as águas expostas a pirita apresentam-se comprometidas. A pirita provocou significativa fitotoxicidade em Allium cepa L. Dessa forma, a pirita pode ser considerada perigosa no ponto de vista ambiental decorrente da composição por metais pesados.

Artigo Completo:

Palavras-chave: pirita,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeqic2017-400

Referências bibliográficas
  • [1] CREPALDI, M. Degradação ambiental pela extração do carvão em Siderópolis, SC que pensam os alunos. Criciúma, SC: FUCRI, 1992. 42 p.
  • [2] CONAMA. Conselho Nacional do Meio Ambiente. Resolução CONAMA n. 357, de 17 de março de 2005. Dispõe sobre a classificação dos corpos de água e diretrizes ambientais para o seu enquadramento, bem como estabelece as condições e padrões de lançamento de efluentes, e dá outras providências. Ministério do Meio Ambiente. Brasília, 2005.
  • [3] FISKESJÖ, G. The Allium test – an alternative in environmental studies: the relative toxicity of metal ions. Mutation Research, v.197, n.2, p.243 – 260, 1988.
  • [4] GEREMIAS, R. Utilização de rejeito de mineração de carvão como adsorvente para redução da acidez e remoção de íons de metais em drenagem ácida de mina de carvão. 2009, 121 p. Tese (Doutorado em Química), Programa de Pós Graduação em Química da Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis.
  • [5] INAMPS - Instituto Nacional de Previdência Social. Impacto do processo produtivo da extração do carvão mineral na saúde humana e ambiental no município de Criciúma. Criciúma, SC: 1988. 158 p. LEME, D.M.; MARIN-MORALES, M.A. Allium cepa test in environmental monitoring: A review on its application. Mutation Research, Amsterdam, v. 682, n. 1, p. 71-81, 2009.
  • [6] PETERSON, M. Produção de sulfato ferroso a partir da pirita: desenvolvimento sustentável. 2008. 127 f. Tese (Pós-Graduação em Engenharia Química). Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis.
Como citar:

NUERNBERG, J. B.; MADEIRA, K.; ALANO, M. L.; PETERSON, M.; MARTINS, M. da C.; "CARACTERIZAÇÃO DA PIRITA QUANTO A DANOS AMBIENTAIS, UTILIZANDO PARÂMETROS FÍSICO-QUÍMICOS E BIOENSAIO", p. 2693-2697 . In: Anais do XII Congresso Brasileiro de Engenharia Química em Iniciação Científica [=Blucher Chemical Engineering Proceedings, v. 1, n.4]. ISSN Impresso: 2446-8711. São Paulo: Blucher, 2017.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeqic2017-400

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações