Artigo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

BARREIRAS A INOVAÇÃO EM NEGÓCIOS CIRCULARES QUE COMBATEM A PERDA E O DESPERDÍCIO DE ALIMENTOS NO BRASIL

BARREIRAS A INOVAÇÃO EM NEGÓCIOS CIRCULARES QUE COMBATEM A PERDA E O DESPERDÍCIO DE ALIMENTOS NO BRASIL

Freitas, Maristela Duarte Fujimoto; Oroski, Fabio de Almeida;

Artigo:

Segundo a Food and Agriculture Organization (FAO), cerca de 1/3 de tudo que é produzido no mundo, é perdido ou desperdiçado ao longo dos estágios das cadeias produtivas. Trata-se de um problema de natureza social, econômica e social. Nesse contexto, têm surgido soluções inovadoras que promovem a circularidade na cadeia de alimentos e buscam soluções para as perdas e desperdício de alimentos. Dentre essas, as plataformas digitais que promovem inovações no sistema alimentar em sua transição do modelo linear para o circular. Todavia, o sucesso dessas plataformas depende da superação de múltiplas barreiras. Nesse contexto, este estudo teve como objetivo explorar as principais barreiras à circularidade no combate ao excedente, perda e desperdício de alimentos no cenário brasileiro. Foram elaborados cinco estudos de caso a partir de entrevistas realizadas com os fundadores das plataformas digitais. O estudo identificou que as barreiras apontadas nas entrevistas são de natureza diversa, além das barreiras tecnológicas, e para o caso brasileiro, a ausência de uma política pública específica para o caso do desperdício de alimentos, dificulta o desenvolvimento desses negócios.

Artigo:

Segundo a Food and Agriculture Organization (FAO), cerca de 1/3 de tudo que é produzido no mundo, é perdido ou desperdiçado ao longo dos estágios das cadeias produtivas. Trata-se de um problema de natureza social, econômica e social. Nesse contexto, têm surgido soluções inovadoras que promovem a circularidade na cadeia de alimentos e buscam soluções para as perdas e desperdício de alimentos. Dentre essas, as plataformas digitais que promovem inovações no sistema alimentar em sua transição do modelo linear para o circular. Todavia, o sucesso dessas plataformas depende da superação de múltiplas barreiras. Nesse contexto, este estudo teve como objetivo explorar as principais barreiras à circularidade no combate ao excedente, perda e desperdício de alimentos no cenário brasileiro. Foram elaborados cinco estudos de caso a partir de entrevistas realizadas com os fundadores das plataformas digitais. O estudo identificou que as barreiras apontadas nas entrevistas são de natureza diversa, além das barreiras tecnológicas, e para o caso brasileiro, a ausência de uma política pública específica para o caso do desperdício de alimentos, dificulta o desenvolvimento desses negócios.

Palavras-chave: perda e desperdício de alimentos; plataformas digitais; economia circular, modelo de negócio circular,

Palavras-chave: perda e desperdício de alimentos; plataformas digitais; economia circular, modelo de negócio circular,

DOI: 10.5151/cbgdp2021-3112

Referências bibliográficas
  • [1] .
Como citar:

Freitas, Maristela Duarte Fujimoto; Oroski, Fabio de Almeida; "BARREIRAS A INOVAÇÃO EM NEGÓCIOS CIRCULARES QUE COMBATEM A PERDA E O DESPERDÍCIO DE ALIMENTOS NO BRASIL", p. 388-401 . In: Anais do 13º Congresso Brasileiro de Inovação e Gestão de Desenvolvimento do Produto. São Paulo: Blucher, 2021.
ISSN 2357-7592, DOI 10.5151/cbgdp2021-3112

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações