Setembro 2018 vol. 1 num. 5 - XXII Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Pôster - Open Access.

Idioma principal

AVALIAÇÃO REOLÓGICA DE TINTAS ACRÍLICAS ADITIVADAS COM CARGA CONDUTORA.

MOURA, R. A; MORAES, A. M; DOMINGUES, A; ALCÂNTARA, S. P; NACCACHE, M. F; SIRQUEIRA, A. S;

Pôster:

A tinta acrílica comercial é uma emulsão polimérica a base de água,versátil e amplamente utilizada na indústria civil. O uso de carga condutora em tintasacrílica visa à obtenção de um material capaz de conduzir eletricidade, mantendo ascaracterísticas da tinta. Neste trabalho, duas metodologias de dispersão do negro defumo foram avaliadas. As concentrações estudadas foram 2,5, 5 e 7,5 % em relação atinta pura. As caracterizações reológicas foram avaliadas por varredura de tensão etixotropia. O modelo da lei das potências foi utilizado na caracterização do material.Notou-se aumento do índice de consistência para todas as amostras aditivadas, poréma maior variação encontrada foi com 2,5 %. As amostras aditivadas com 5 e 7,5 % nãoapresentaram yield stress na faixa estudada. A formulação que apresentou os melhoresresultados com pouca alteração nas características iniciais da tinta, foi a formulaçãocom 2,5 % de negro de fumo, utilizando a metodologia 2. 

Pôster:

Palavras-chave: ,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/cobeq2018-PT.0273

Referências bibliográficas
  • [1] MACHADO JCV, Reologia e escoamento de fluidos – ênfase na indústria do petróleo. Rio de Janeiro: Editora Interciência, 2002. BARNES HA, WALTERS K, The yield stress myth. Rheol. Acta, v.24, p. 323-326, 1985. SIRQUEIRA AS, NASCIMENTO ZN, PINTO PR, Rheological studies of conducting acrylic paint. Acta Scien, Tech. v. 2, p. 29-33, 2014. GUIDICIE FD, SHEN AQ, Shear rheology of graphene oxide dispersions. Current Op, Chem. Eng.,v. 16, p. 23-30, 2017.
Como citar:

MOURA, R. A; MORAES, A. M; DOMINGUES, A; ALCÂNTARA, S. P; NACCACHE, M. F; SIRQUEIRA, A. S; "AVALIAÇÃO REOLÓGICA DE TINTAS ACRÍLICAS ADITIVADAS COM CARGA CONDUTORA.", p. 1002-1005 . In: . São Paulo: Blucher, 2018.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/cobeq2018-PT.0273

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações